Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Educação

MP determina vaga para aluna em creche de Taboão

Por | 26/06/2012

creche2_interna

DivulgaçãoAlunos ainda aguardam vaga nas creches municipais

Faltando um mês para o início das férias letivas e também para o meio do ano, o déficit de vagas em creches ainda é realidade na cidade de Taboão da Serra. Depois de tanto tentar uma vaga, desde o final do ano passado, Patrícia Moraes, mãe de uma criança de apenas sete meses de idade, conseguiu garantir uma vaga nas creches municipais. Ela recorreu à justiça.

Por falta de uma creche, ela escolheu entre duas, para matricular a sua filha. A sobra de creches com vagas, na ocasião, se deu por meio de uma liminar do Ministério Público do município encaminhada a Secretaria de Educação.

Patrícia decidiu recorrer à justiça depois de diversas tentativas para conseguir matricular a filha, em maio e a resposta de que a vaga estava garantida, foi dada pela Secretaria de Educação, menos de uma depois. “Se eu deixasse a ordem natural, não conseguiria tão cedo à vaga. Diversas mães estavam na mesma situação que eu (aguardando por uma vaga)”, afirmou.

Apesar de ter a vaga garantida, a mãe esbarra na distância de sua casa às duas creches sugeridas. “Moro no Jardim Helena e me deram duas opções, uma no Jardim Clementino e outra no Guaianã. Fiquei feliz por ter conseguido uma creche de imediato, porém questionei a distância”, disse.

Patrícia contou que no momento elas argumentaram que o município tem o dever de garantir a vaga na creche para criança a partir dos quatro anos, “mas foi o juiz que garantiu a vaga, então temos o direito negado”, completou a mãe.

Os alunos das creches de Taboão da Serra ainda esperam ansiosamente por uma oportunidade de estudar. Enquanto a vaga não chega, o jeito é ficar o dia todo em casa, ou, no último caso, estudar em escola particular.

As mães destes alunos, por sua vez, aguardam mais uma, dentre tantas, conversas com a Assistente Social da Prefeitura, para definir de vez, se conseguem vaga ou não. Neste meio tempo, entre uma esperança e outra, as mães procuram maneiras de entreter seus filhos em casa, ou precisam contratar alguém para cuidar das crianças.

Em nota, a assessoria de imprensa da Prefeitura afirmou que está atendendo todas as determinações da Justiça quanto a oferecer vagas nas creches municipais. De acordo com eles, foram criadas mais de 5 mil vagas de creches para atender a demanda que não havia sido atendida até então e esse déficit era bem maior do que hoje se apresenta.

“Apesar deste avanço, estamos construindo 5 novas creches até dezembro de 2012, e mais 5 estarão em funcionamento no segundo semestre de 2012”, finaliza a nota.

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.