Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Polícia

Professora é acusada de agredir criança em Embu

Por Karen Santiago | 25/06/2012

crianca

DivulgaçãoCriança ficou com o pescoço roxo e cheio de unhadas

Uma professora da Escola Municipal Jardim Marajoara, na cidade de Embu das Artes, é acusada de ter agredido, enquanto três crianças brincavam de luta, na última quinta-feira (21), uma criança de apenas sete anos. Com o pescoço todo roxo e marcas de unha, a criança contou à mãe sobre a possível agressão e uma ocorrência foi registrada no dia seguinte na Delegacia da cidade.

Depois da agressão, a mãe da criança conta que foi até a escola e a professora assumiu que agrediu a criança, por acidente. Mas, quando a policia militar foi chamada pela mãe, a professora de nome Fátima, negou a agressão. Ela acusa também a diretora da escola, Célia de ter a mal tratado e decidiu que vai entrar na justiça contra a professora e a diretora.

“A diretora disse que meu filho já chegou lá na quinta-feira com o arranhão no pescoço”, afirmou. E completou – “Tenho certeza absoluta que foi na escola, porque sou eu quem coloco a roupa no meu filho quando ele vai para a escola. Se depender de mim, ela não vai mais fazer isso com ninguém”, frisou Mari, a mãe da criança.

O menino foi submetido a exame de corpo delito e não foi à escola desde o ocorrido. A possível agressão ganhou grande proporção na rede social Facebook. Conhecidos da mãe da criança expressaram por meio de mensagens e comentários, a indignação e apóiam Mari, a procurar a justiça, para que a professora, não haja novamente dessa maneira, com outras crianças.

A reportagem do Jornal na Net entrou em contato com a escola e foi informada que o ocorrido está sendo apurado administrativamente. “A mãe do aluno vai responder por denúncias falsas”, frisou de forma ríspida, a diretora da escola, Célia.

Depois de afirmar que a mãe vai responder pela denúncia e ser questionada sobre o seu nome completo, a diretora Célia, comunicou que não iria se manifestar sobre o assunto. E que cabe a Secretaria de Educação, se defender das denúncias.

De acordo com a comunicação, por meio do Facebook, uma sindicância foi aberta para apurar a possível agressão.

14º

dariana e maiara

a professora fatima não faria nada disse esse menino deve que estava mito nervoso e quis defender seu amigo e acusar a professora

13º

Victoria

Eu, tenho certeza que a professora Fátima não agrediu nenhum aluno pois ela sempre foi uma professora muito carinhosa com todos os alunos e eu não acredito que ela seja capaz de agredir uma criança.

12º

Luciana

SOU MÃE DE EX ALUNO DA PROFESSORA fÁTIMA, MEU FILHO ERA UM "ANJINHO" E MESMO ASSIM SEMPRE FOI UM ALUNO QUERIDO PELA PROFESSORA, DE MANEIRA NEHUMA ACREDITO QUE ELA TENHA FEITO ISSO POIS, ALÉM DE SER MUITO COMPETENTE É EXTREMAMENTE CARINHOSA COM SEUS ALUNOS. DEVEMOS SER CAUTELOSOS EM NOSSAS OPINIÕES PARA NÃO SERMOS INJUSTOS COM NEHUMA DAS PARTES.

11º

eu

Antes de qualquer julgamento é necessário levantar todas as informações e provas. Vejo que é muito fácil julgar ... acontecem muitas coisas em escolas e em geral todos NÓS podemos ver claramente que as famílias estão muito ausentes ... e tudo é culpa da escola ou especificamente do professor. Fica difícil trabalhar desta forma !!

10º

Marinho

Esse menino deve ser um anjinho, deve estudar prá caramba, ser bem educado, acho que ele obedece os professores, não escuta funk na sala de aula, faz todas as lições, fica sentado quietinho em sala de aula, não agride os colegas, tadinho ele não merecia isso.Os professores é que são maus. Os alunos sempre serão anjinhos...corta essa pô.

Eu

Ridiculo a acusação dessa mulher, nenhum professor passa 4 anos quadrando a bunda em uma universidade para depois simplesmente agredir um aluno que esta brincando de "lutinha" em sala de aula até mesmo porque um aluno não devia estar brincando de forma tão agressiva, e provavelmente a professora só queria separa-los, professores não foram feitos para educar seus alunos e sim dar formação, a educação vem dos pais, e acho justo investigar corretamente esse caso principalmente por ela ser uma ótima professora, eu já fui aluna dela, e essa acusação não procede. Acredito no caráter da professora Fátima

sueli lima pereira

sou amiga de mari e trabalhamos na feira de embu das artes . conheço muito bem a mari e sei como ela é cuidadosa com seus filhos , jamais faria uma coisa dessas . isso é uma forma que a diretora achou de ficar em puni mas isso não pode acontecer , ajustiça sera feita pois escola é lugar de ensino ,não lugar de agressão e uma criança não pode ser tratada dessa forma por ninguém mari estou com vc pro que der e vier DEUS LHE ABENÇOE . ACREDITA QUE JUSTIÇA SERA FEITA

Giselda

Conheço o trabalho dessa professora ha bastante tempo, e posso afirmar que é uma excelente profissional e jamais faria isso com qualquer criança. Concordo que deve ser investigado e exclarecido, mas ñunca julgado preciptadamente!!!!!

carla

ja fui aluna da prof fatima na escola jequitibar e acho impossivel isso ter acontecido.pois a mesma e muito boa. foi a melhor prof que tive

carla

acho impossivel isso ter acontecido pois ja fui aluna da prof fatima e a mesma e muito dedicada. e tem muito carinho pelo os alunos

João Evangelista de Souza

Esse fato precisa ser muito bem investigado. Não se pode acusar um professor com formação e muitos anos de carreira de algo tão sério, essa denuncia é totalmente duvidosa, visto que o fato dos alunos estarem brincando de luta já validaria a defesa da professora. Precisamos revisar essas situações para que profissionais competentes não sejam acusados injustamente e esqueçam de que a educação precisa ser respeitada neste País.

Ana Lucia

Não estou defendendo a professora e nem acusando a criança,mas tem que ir uma assistente social na casa da cç para ver como ela esta sendo educada, a professora,se ela tiver unha grande,e na hora de separar a briga vai arranhar qualquer lugar que ela pegar.Acredito que tem que ser investigado.

Diego - ONG Sementes do Amanhã - Taboão da Serra

Como pode uma professora agredir um aluno ? Este fato deve ser muito bem examinado e analisado com muita atenção porque fatos dessas negligências não podem ocorrer em uma instituição de ensino.

vanessa domingues

Sou irmã do garoto agredido ,e também estou revoltada com essa situação...Peço providências cabíveis a essa escola pois não é de hoje que essa escola age com negligência com os alunos

20/08/2017

Mulher morta e queimada no Laguna ainda está sem identificação no IML de Taboão

A mulher encontrada na noite da sexta-feira, 18, com o corpo em chamas após ser estuprada e...

19/08/2017

GCM apreende adolescente acusado de tráfico de drogas na Aldeinha

GCM efetuou apreensão de um adolescente na tarde desta sexta-feira (18), no bairro de Aldeinha...

16/08/2017

PM faz reintegração de posse no Jardim Mimás em Embu das Artes

O 36º Batalhão da Polícia Militar Metropolitana participou na manhã desta quarta-feira (16), da...

15/08/2017

Fio telefônico solto causa acidente e deixa motociclista ferida em Itapecerica

Uma motociclista ficou ferida após seu pescoço ficar preso em cabo de fio telefônico que estava...

15/08/2017

Alckmin autoriza Dejem que destinará 6 mil vagas para policiamento

O governador Geraldo Alckmin assinou nesta segunda-feira, 14, parceria entre a Secretaria da...

15/08/2017

Homem que esfaqueou ex-companheira e tentou suicídio morre em Pirajussara

O homem que tentou matar a ex-companheira no último domingo (13) a facadas num estacionamento de...

14/08/2017

GCM apreende acusado de assaltos em pontos de ônibus da Estrada de S. Francisco

Um jovem de 17 anos vinha atemorizando pedestres nos pontos de ônibus da Estrada de São...

14/08/2017

PRF apreende revólver com queixa de roubo na Régis

A PRF prendeu na tarde da última sexta-feira (11), um homem em posse de um revolver calibre 38,...

14/08/2017

Gerente do tráfico é preso com 10 kg de drogas em Embu das Artes

Um indivíduo foi detido nesta segunda-feira (14), acusado de tráfico de drogas, na Rua Poços de...

21/08/2017

UniVesp será inaugurada nesta quinta-feira em Embu das Artes

A UniVesp Embu das Artes será inaugurada na quinta-feira (24/8), às 19h, no Parque Francisco...

21/08/2017

Sabesp informa que voltará a atender no antigo endereço em Itapecerica da Serra

A partir do dia 28 de agosto, a Sabesp volta a atender no antigo endereço:
Rua São João nº 89 –...

21/08/2017

OAB Taboão promove palestra sobre perícia criminal nesta terça

Na próxima terça-feira, dia 26, às 19 horas, acontece no auditório da TaboãoPrev  - Taboão da...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.