Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Educação

Professores da Rede estadual de ensino decidem continuar em greve

Por Sandra Pereira e Karen Santiago | 16/03/2010

greve.jpg

Por volta de 12 mil manifestantes bloquearam as duas pistas da Avenida Paulista

Professores da rede estadual de ensino, em greve desde a segunda-feira, 8, decidiram manter a paralisação. A decisão foi tomada em uma longa assembléia realizada na Avenida Paulista, durante toda à tarde, desta sexta-feira, 12.

Os professores reivindicavam reajuste salarial de 34,3% e afirmam que estão com os salários congelados há cinco anos. Segundo eles, se houve aumento salarial durante esses anos, estariam recebendo por volta de R$ 11 por aula, o atual valor de hora aula é R$ 7,00 segundo eles.  

O sindicato dos professores disse que 80% da categoria aderirão a paralisação, mas segundo a assessoria de imprensa da Secretária de Estado da Educação o percentual é de 1%.
Por volta de 12 mil manifestantes bloquearam as duas pistas da Avenida Paulista, na altura do Museu de Arte de São Paulo (Masp). O trânsito ficou lento e bem complicado na região. Depois eles seguiram em passeata até a praça da República.

A assessoria de imprensa divulgou em nota, que não há como negociar o percentual reivindicado pelo sindicato da categoria, por que a pasta diz que isso significaria um custo de R$ 3,5 bilhões para o Estado. Em nota a assessoria também afirmou que os grevistas estão com o ponto cortado, ou seja, “terão desconto salarial relativo às faltas, e estão perdendo condição de participar do Bônus por Resultados de 2010, que paga anualmente até 2,9 salários para as equipes escolares que superarem suas metas, e também do Programa de Valorização pelo Mérito, que permite aumentos salariais de 25%. Os dois programas têm como regra a regularidade da presença dos professores nas escolas”, concluiu.

15º

nadabia

Eu concordo sim com as greves, concordo que os salários dos professores são uma porcaria, porque tenho visto isso, eles pagaram caro para se formar e agora tem que recebem uma micharia, esse país é uma bosta, e graças a pessoa que pensam que greves não vale a pena,mas esse é o único modo de um cidadão pra lutar pelos seus direitos. Sou aluna de uma rede estadual de ensino, e concordo que as greves prejudicam muito a gente, mas é benéfico para os professores, eu não vou pagar esse período sem aula, indo nos sábados de jeito nenhum, prq não foi eu quem quis entrar de greve, mas apoio, não pelo fato de que quero ficar sem aula, isso me prejudica, mas pelo fato de que gosto de coisas justas. A justiça está aí,pra ser justa, e não é o que vemos, isso precisa mudar. Abraços!!!

14º

adriana rocha

Meu comentário é o seguinte ; sou professora e o que digo é pena que não são todos que aderem uma greve desta , justa , aqueles que são contra digo que deveriam tentar sobreviver com essa merreca de salário e aos alunos que são contra a greve que aprendam a lutar pelos ideais e dêem mais valor aos professores.Para o Serra espero a eleição!Aos professores que não aderiram a greve, COVARDES!

13º

Dora

Júnior, Pode parecer besteira, porém se faz necessário essa greve, pois os professores estão desvalorizados perante a sociedade. Os políticos vem fazendo uma política de atraso na vida escolar dos alunos, a tal da progressão continuada, que nós pais tanto reclamam e os professores que levam a pior. Eles tem mais é que continuar em greve...

12º

junior meira

eu acho uma palhaçada isso q os profesores estão fazendo eu estou no 3° anos do ensino médio escola poblica e só nos alunos q vamos ser prejudica com essa besteira q esses professores estão fazendo vai fazer duas semana q nos ñ temos aulas vamos para com esse grande besteira q é a greve desses profesores.........

11º

Pedro P.S Silva

100 mil professores na Paulista, dia 19.Vamos lá!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

10º

igor

eu n concordo com a greve pq depois quem vai ter que repor as aulas somos nós alunos

Renata Uyeda

Estou no 2º ano do Ensino Médio e sei que hoje em dia depender de escola é perda de tempo. OS alunos poderiam fazer uma passeata ou parar a cidade em relação a paralização, e ir atrás dos nossos direitos. Mas eu digo, os alunos estão aí com alguma coisa? Uma minoria está! E eu acho que devíamos começar a nos mexer e ir atrás do q somos dignimos. ACORDA BRASIL!Vamos atrás do q temos direito!

Camila Carolina Bomfim

Sou Estudante. Apoio total a greve dos professores que tanto quanto os estudantes vêem sofrendo com o descaso e a destruição da nossa educação paulista pelo governador Jose Sera e seu secretario Paulo Renato, que tem a cara de dizer que eram apenas 12mil professores quando quem esteve lá viu mais de 40mil, talvez se eles não tivessem restringido o espaço aéreo teríamos imagens de avião. Sou Estudante e O PROFESSOR É MEU AMIGO MEXEU COM ELE MEXEU COMIGO!!!

Esdras

Olá, sou professor há quase quatro anos no ensino público do estado, fui e sou filho de uma escola pública de boa qualidade, onde se ensinava realmente, os professores eram respeitados, valorizados, enfim, hoje há uma série de fatores que precisam ser analisados com muita calma; tais como a indisciplina dos alunos, o desinteresse dos pais pela educação dos próprios filhos, a má administração das escolas, existem maus diretores também sim, a má administração do poder público, que governo quer que as pessoas se tornem críticas e ativas perante a sociedade, reivindicando, protestando? Somos herdeiros diretos de uma revolta que mudou o país lançando para os arcabouços da memória coletiva o governo ditatorial e nada fazemos para melhorar o que nos fora deixado como legado, ou pior, estão nos impondo novamente as rédeas para que não possamos nos manifestar, expressar nossas vontades, nossos anseios. A educação é de todos nós que fazemos parte desta grande sociedade que se diz humana, enquanto a sociedade não se conscientizar e ver que o que é ruim para um é ruim para todos, fazemos parte de um grande círculo, e uma vez rompido este círculo dificilmente se reatará novamente, haverá sempre um cisma, e é o que aconteceu, os professores estão tentando reatar, ligar novamente este elo, pois fora mui bem planejado e executado "Dividir para enfraquecer". Sou esperançoso no tocante as lutas de classe, ainda mais no que diz à luta dos meus companheiros de profissão. "É preciso explicar porque o mundo de hoje que é horrível, é apenas um momento no longo desenvolvimento histórico, e que a esperança sempre foi uma das forças dominantes das revoluções e das insurreições, e eu ainda sinto a esperança como minha concepção de futuro" (Jean Paul Sartre, Prefácio de Os Condenados da Terra de Frantz Fanon, 1963) Com isso encerro meus dizeres, liberdade e igualdade verdadeiramente.

ISABEL CRISTINA DO CARMO

então funcionários e professores, do estado de são paulo, tem tudo pra ser o melhor ´do Brasil, vamos mostrar pra esses politicos que somos capazes de escolher melhores e humanos, justos e eficientes, no dia da eleição vamos mostrar a nossa insatisfação a todos

Anna Cristina Brito

Com o descaso do governo perante os professores é correto sim eles aderirem a esta paralização, afinal os professores são afetados com péssimos salários e ainda tem que aturar alunos folgados.Enquanto políticos demagogos ficam roubando a população, escondendo dinheiro na meia,o povo brasileiro sofre com a pobreza, a falta de ensino qualificado.GREVE SIM!

Danielli Venâncio

é isso mesmo !!! na votação o povo tem q eleger aquele q dê um sálário digno para os professores... só nós alunos sabemos o esforço de cada professor. e nessa greve quem mais se prejudica somos nós mesmos ...os alunos.

Andressa da Silva Ferreira

Sou do 3°ano do ensino médio. Nós alunos que sofremos com tudo isso, principalmente quem está cursando o ultimo ano, que está na época de aprender matérias que vão cair no ENEM e vestibulares.

Nathália

Concordo com você Andressa, todos nós alunos do terceiro ano do ensino médio sofreremos as consequências, já que o ensino já é defasado por si só ,ainda mais sem aulas, nossa situação só piora.

EDENILSON DOS SANTOS RAPHAEL

quero aqui esternar minha indiguinação pelo fato dos professores do estado mais rico da federação ser tratado com descaso e desrespeito pelo governador do estado. Se esse age assim com a educação, deve ser lembrado nas eleições tanto para presidencia da republica como para governador do estado. Espero que retifique sua atuação e dê um sálario digno as professores e dê condinções de aula aos alunos.

25/06/2017

Educação de SP abre concurso para preencher 1.878 vagas de diretor

A Secretaria de Educação do Estado de São Paulo abriu concurso público para o  preenchimento de...

24/06/2017

Grevistas da educação de Taboão decidem voltar ao trabalho dia 3 de julho

 Depois de ficar em greve por quase dois meses os servidores da rede pública municipal de...

22/06/2017

Greve de professores da rede municipal de ensino já ultrapassa 50 dias

Professores da rede municipal de ensino ainda não entraram em acordo com a prefeitura e...

18/06/2017

Jornalista Gregório Bacic ministra palestra a professores do Nigro Gava

Professores da Escola Estadual Professora Maria Aparecida Nigro Gava, no Parque Pinheiros, em...

12/06/2017

Escolas da rede municipal de Taboão, Embu e Itapecerica realizam festa junina

Olha a chuva... É mentira! Olha a cobra... É mentira! O mês de junho é conhecido pela...

11/06/2017

Taboão da Serra ganha unidade do Centro Brasileiro de cursos (Cebrac)

Moradores de Taboão da Serra que buscam ingressar e ou conseguir cargos melhores no mercado de...

11/06/2017

Sistema EJA está com inscrições abertas para o segundo semestre

Os jovens e adultos que não terminaram os estudos e querem retornar às salas de aula já podem se...

11/06/2017

Mais de 7 mil professores aprovados em concurso são convocados em SP

Mais de 7 mil professores aprovados no maior concurso do magistério paulista poderão escolher as...

08/06/2017

Febre Amarela e Dengue são pautas para alunos da EMEF Rachel de Queiroz

A direção da EMEF Rachel de Queiroz criou um Jornal Escolar que tem como foco central o...

03/06/2017

Escolas Estaduais de Embu das Artes recebem programa de educação ambiental

Em parceria com a Diretoria de Ensino da Região de Taboão da Serra, a ONG Sociedade Ecológica...

27/06/2017

Quentão do Taboão começa na sexta e promete agitar finais de semana

A esperada Arena Multiuso de Taboão da Serra vai ser aberta ao público nesta sexta-feira, 30,...

27/06/2017

Região do INSS e AME Taboão ganha ponto de ônibus, pintura de faixas e semáforo

As imediações do prédio do AME e do INSS em Taboão da Serra, na Estrada de São Francisco,...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.