Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Cotidiano

Moradores criticam queda constante de energia elétrica

Por Sandra Pereira | 13/06/2012

energia

Sandra PereiraEquipes da AES Eletropaulo fazem reparos na rede, mas falta investimentos em infraestrutura

Um pouco de chuva ou ventania é suficiente para interromper o fornecimento de energia elétrica nas cidades da região. A explicação para o problema, de acordo com a AES Eletropaulo, comumente é a queda de árvores. Mas, os moradores atingidos frequentemente pelo problema reclamam que a queda do fornecimento deve-se à falta de investimento em infraestrutura.

“Toda vez que chove acaba a luz. Já perdemos vários eletrodomésticos em casa. É inaceitável uma empresa prestar um serviço com tão pouca qualidade”, reclama Simone Santiago, moradora de Embu das Artes.

A queixa da moradora de Embu se repete em vários bairros de Taboão da Serra onde as quedas de luz em períodos de chuva ou quando ocorre ventania. Os moradores afirmam não entender a razão pela qual as quedas de energia são constantes.

 “Tem dias que a energia cai sucessivas vezes. Parece criança brincando de acender a apagar a luz”, critica a professora Ana Costa.

Quem também não suporta mais as quedas constantes de energia é a dentista Cristina Rodrigues. Ela diz que dezenas de vezes precisou interromper o atendimento aos pacientes por falta de luz. Quando as quedas são constantes o risco de danificar os equipamentos é alto.

“Já tive muito prejuízo com falta de luz. É inadmissível uma empresa prestar um serviço caro e tão ruim como faz a Eletropaulo”, critica.

A AES Eletropaulo informou à Folha de Embu que mais de 50% das interrupções de energia são causadas por queda de galhos e de árvores na rede. A concessionária esclarece ainda que investiu R$ 740 milhões em manutenção e expansão na rede no ano passado. Em 2012, a distribuidora prevê R$ 841 milhões em investimentos.

A Eletropaulo explica  que os pedidos de indenização por danos elétricos (PID) são regulados pela Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) e seguem algumas normas entre as quais estão a obrigatoriedade de preenchimento de o formulário para solicitar o PID no site da concessionária (www.aeseletropaulo.com.br) e nas lojas ou rede conveniada de atendimento (o endereço do local mais próximo da residência do cliente está impresso na fatura de energia). Os pedidos devem ser feitos no prazo de até 90 dias corridos, após o aparelho ter sofrido dano elétrico.

No documento  devem constar a data e horário provável da ocorrência do dano, a confirmação que o solicitante é o titular da unidade consumidora. Casos em que outra pessoa for a uma loja ou posto representando o cliente cadastrado será necessária uma procuração sem firma reconhecida, o relato do problema apresentado pelo equipamento elétrico, descrição e características gerais do equipamento danificado, tais como: marca, modelo e tensão.

“A indenização ocorrerá após a análise técnica e a confirmação de que o dano ao aparelho foi causado pela rede elétrica”, afirma a empresa.

10/12/2017

Multidão lota Ginásio Ayrton Senna para acompanhar o Natal Nota 10

Mais uma vez uma multidão de pais e familiares de alunos compareceu ao Ginásio de Esportes...

08/12/2017

Jorge Costa inaugura Unidade de Saúde da Família no Jardim Montezano

O prefeito de Itapecerica da Serra, Jorge Costa, inaugurou na manhã dessa quinta-feira (30) a...

05/12/2017

Justiça autoriza prefeitura de Embu a voltar a cobrar taxa do lixo

Suspensa após liminar a taxa de lixo da cidade de Embu das Artes, volta a ser cobrada. A decisão...

04/12/2017

Aprovado Voto de Louvor à caminhada histórica pelo fim da violência à mulher

A Câmara Municipal de Itapecerica da Serra aprovou por unanimidade na sessão do dia 28,...

03/12/2017

Adolescente que pilotava moto e bateu em ônibus será sepultado na Saudade

O adolescente de 14 anos, conhecido como Tete, que morreu depois de bater na lateral esquerda de...

02/12/2017

Montagem da super estrutura do Embu Summer Fest começou

Texto e fotos: Assessoria de Imprensa do evento

Nesta semana, a A Luz Eventos deu início a...

01/12/2017

Família pede liberdade do carteiro de Embu preso em audiência onde testemunhava

Funcionário dos Correios de Embu das Artes há mais de 20 anos o carteiro Denivaldo Jesus de...

30/11/2017

Caminhada entra na história de Taboão como maior ato contra violência à mulher

Uma multidão de crianças, jovens, adultos e idosos caminhou em Taboão da Serra, vestida de...

30/11/2017

Embu recebe primeira edição do festival Embu Summer Fest em dezembro

De 13 a 17 de dezembro, a A Luz Eventos realiza a primeira edição do Embu Summer Fest, festival...

10/12/2017

Delegados são promovidos a 1º classe na carreira de Delegado de Polícia

O delegado titular do DP de Taboão Da Serra Dr. José Altamiro Nunes da Silva e sua irmã a Drª...

10/12/2017

Multidão lota Ginásio Ayrton Senna para acompanhar o Natal Nota 10

Mais uma vez uma multidão de pais e familiares de alunos compareceu ao Ginásio de Esportes...

10/12/2017

Fernando Fernandes renova convênio com o Programa Cidade Legal

O prefeito de Taboão da Serra, Fernando Fernandes, esteve no gabinete da Secretaria de Habitação...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.