Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Cotidiano

O amor usa os recursos que tem!

Por Sandra Pereira | 12/06/2012

namorados

Sandra PereiraDivaci e Daniel iniciaram romance em Igaci, no ano de 1975, agora vivem em Rio das Pedras

Num pote. Usando a desculpa de buscar água no açude. Foi assim que Divaci, 59 anos, levou as coisas pessoais durante a fuga para os braços do seu amor em 1975, no interior de Alagoas. O casal apaixonado, impedido de casar pelo pai dela, contou com a ajuda de dois cumplices. Uma irmã ajudou a construir o plano e outra operacionalizou a fuga com ares de filme romântico. 

Passados 37 anos e com cinco filhos criados o casal protagoniza bem a plenitude das histórias de amor espalhadas mundo afora nesse Dia dos Namorados.

Os dois casaram quatro dias depois da fuga cinematográfica, sem a presença da família da noiva. O pedido oficial de casamento foi feito um ano antes.  Mas o pai dela recusou. Marcou uma data distante acreditando que assim afastaria o indesejado genro. Somente quatro meses depois de casados eles voltaram à casa dos pais da noiva. 

O cenário para o romance não poderia ser mais inusitado. Cravado no sertão do interior de Alagoas. Num pequeno povoado chamado Lagoa do Curral. O casal se viu a primeira vez em Igaci, cidade do interior alagoano. 

“Quando a vi pela primeira vez numa festa passei perto dela e senti uma coisa diferente. Eu ia toda terça-feira na rua para vê-la. Ficava sem dormir”, conta Daniel.

Com aflição peculiar aos corações envolvidos pelo amor os dois oscilavam entre certezas e dúvidas. Será que vai acontecer? Vai dar certo?  “Não foi fácil. Passei muito tempo para conseguir ficar com ela. Não é como hoje que as pessoas ficam juntas tão rápido e também se separam com a mesma velocidade”, compara.

As datas dos encontros de ambos estão até hoje na memória dos dois. Ela ainda lembra as palavras que usou para descrevê-lo a uma amiga. “Até aquele dia nunca tinha sentido uma coisa assim. Quando eu olhei pra ele meu coração bateu de um jeito diferente”, lembra.

E como não há método eficaz para segurar correnteza rio abaixo o amor prevalece. Em algum momento do percurso pode ser suave como o rio manso.  Em outro pode ser selvagem como enchente. Mas amor que é verdadeiro sobrevive. Fica ali quieto esperando a hora até brotar cada vez maior.

É assim desde os primórdios da humanidade. O amor utiliza os recursos de que dispõe para prevalecer e apressar os batimentos dos corações que aprisiona. O amor encontra seu próprio rumo, define seus caminhos, encontra os meios e se estabelece. Não há como deter corações apaixonados. Essa é a lição que a vida ensina a quem está disposto a aprender. Feliz Dia dos Namorados!


21/06/2018

Corpo aguarda identificação no IML para não ser sepultado como indigente

O corpo de um homem que foi assassinado na última sexta-feira (15) em Juquitiba está sem...

18/06/2018

Itapecerica é apontada como o 2º município mais violento do estado de São Paulo

A cidade de Itapecerica da Serra foi apontada como o segundo município mais violento do estado...

15/06/2018

Petrobras anuncia queda no preço da gasolina nas refinarias

A Petrobras anunciou hoje (15) uma queda de 0,89% no preço da gasolina comercializada em suas...

15/06/2018

Etanol está quase mais caro, mesmo com produção maior

 

 

Alternativa mais barata à gasolina, o etanol também está pesando mais no bolso na hora de...

13/06/2018

Greve dos caminhoneiros custará R$ 15 bilhões para a economia

Os dez dias de greve dos caminhoneiros custarão R$ 15 bilhões para a economia, o equivalente a...

05/06/2018

Homicídios atingem 62,5 mil casos e têm maior nível em 10 anos no país

O índice de homicídios no Brasil em 2016 atingiu a marca de 30,3 para cada 100 mil habitantes,...

24/05/2018

Procon de Itapecerica multou posto acusado de vender combustíveis com preços abu

O Procon de Itapecerica da Serra multou o posto de gasolina que estava vendendo gasolina a R$...

24/05/2018

Em Taboão, Café Sensorial promove protagonismo de pessoas com deficiência

O Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência (CMPD), ligado à Secretaria de Assistência Social...

21/06/2018

Corpo aguarda identificação no IML para não ser sepultado como indigente

O corpo de um homem que foi assassinado na última sexta-feira (15) em Juquitiba está sem...

21/06/2018

Educadores participam de reunião pedagógica do Projeto Escola Arteris

O Projeto Escola e o Programa Viva Meio Ambiente, desenvolvidos pela Arteris Régis...

21/06/2018

Homem é preso após efetuar disparos para o alto em Taboão da Serra

Um homem foi preso em flagrante no último domingo (17), após efetuar disparos para o alto na...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.