Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Educação

Diretora de Taboão da Serra participa de encontro com Hillary Clinton

Por Prefeitura Municipal de Taboão da Serra | 13/03/2010

encontro350.JPG

 Diretora Leni: ações educativas contra a discriminação

A diretora da escola EE. Professora Julieta Caldas Ferraz, Leni de Cássia Hayashida, participou, na semana passada, do encontro com a secretária do Departamento de Estado americano, Hillary Clinton, na Faculdade Zumbi dos Palmares, em São Paulo. Leni foi convidada pela Embaixada Americana para participar do evento por ter conquistado o prêmio Referência Nacional em Gestão Escolar, em 2009.

No encontro com estudantes, empresários e instituições do terceiro setor, Hillary respondeu algumas perguntas dos alunos relativas à educação, diversidade, inclusão racial, entre outras. O evento marcou a implementação do Plano de Ação Brasil-Estados Unidos pela Eliminação do Racismo, elaborado pelos governos dos dois países. A visita foi a única atividade não governamental realizada pela secretária em sua passagem pelo Brasil.  Criada em 2003, a Faculdade Zumbi dos Palmares tem atuado na luta pela inclusão da população negra brasileira no ensino superior. Já formou mais de 600 alunos e conta hoje com 1.600.

“Foi uma honra participar do debate entre Hillary Clinton e os estudantes. Vários empresários de companhias americanas, que apóiam o projeto da Faculdade Zumbi dos Palmares também estavam lá e se reuniram com ela. Foi a própria ministra que escolheu o local, porque queria um lugar que fosse símbolo do esforço dos brasileiros, com apoio das empresas americanas, de inclusão e construção da diversidade”, contou Leni

A diretora de Taboão da Serra também foi convidada para ministrar uma palestra inaugural do curso de pedagogia do Mackenzie e no Congresso de Funcionários de Escolas Públicas.

Coordenadoria da Igualdade Racial prestigia encontro
A Coordenadora da Igualdade Racial, Leila Diniz, também esteve no encontro representando Taboão da Serra. Leila contou que Hillary parabenizou o reitor da Faculdade Zumbi dos Palmares, José Vicente, pela iniciativa e afirmou que nos Estados Unidos existem muitas universidades para afro-descendentes, mas que não são usadas mais com frequência por já terem chegado a um estado de igualdade satisfatório.

Hillary afirmou ainda, que em visita a algumas empresas americanas instaladas no Brasil, sugeriu a implantação de ações afirmativas, cotas para a contratação de negros e capacitação profissional para os funcionários. Para a Leila, a visita de Hillary à Zumbi foi um momento histórico. “Entre tantas, elas escolheu a Faculdade Zumbi dos Palmares, isso mostra que o Brasil os brasileiros devem avançar muito ainda neste debate racial. Como a própria Hillary disse , é muito boa a iniciativa da Zumbi, mas ainda temos muito a fazer”.


 Diretora Leni: ações educativas contra a discriminação

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.