Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Saúde

Ong Vida Feliz atende 600 pessoas no Jardim Fátima

Por Genildo Rocha | 27/05/2012

ong_1

Genildo RochaMoradores elogiaram qualidade do atendimento 

O projeto Saúde no seu bairro da Ong Vida Feliz em parceria com o empresário Ney Santos levou atendimento médico há 600 pessoas neste domingo, 27, no Jardim Fátima, em Embu das Artes. O número de atendimentos dobrou em relação ao primeiro final de semana de funcionamento da carreta do projeto Saúde no seu bairro realizado no jardim Pinheirinho. A meta da Ong Vida Feliz é percorrer todos os bairros de Embu ajudando a atender às necessidades dos moradores na área de saúde. 

As pessoas beneficiadas neste domigo se surpreenderam com a qualidade dos consultórios, equipamentos de última geração e a equipe médica que realizou os atendimentos. Várias delas elogiaram a descentralização dos serviços de saúde levados ao bairro - veja mais fotos aqui

A carreta da Ong Vida Feliz levou ao Fátima atendimento de dentista, clínica geral, ginecologia e oftalmologia. A população do bairro aprovou a qualidade e a agilidade dos atendimentos. Chegava a ser emocionante ver a alegria dos moradores com o atendimento recebido.

Ney Santos comemorou o sucesso da iniciativa e avaliou que todos os moradores foram atendidos com qualidade. Ele disse que a meta da Ong Vida Feliz é ampliar ainda mais a utilização da carreta. “Nosso desejo é fazer sempre o melhor para as pessoas”, salientou. 

Betânia Santos Sousa levou os dois filhos para receber atendimento odontológico e se surpreendeu com a qualidade. “Foi uma benção”.

Marcela Alves da Silva, 29 anos, elogiou a equipe médica que fez atendimento no bairro. Durante a consulta ela disse que tirou várias dúvidas com os médicos e criticou a demora de marcar consultas no posto de saúde no bairro. “Fui atendida igual nas clínicas e bem perto de casa”.

Moradora de Embu das Artes há 10 anos, dona Cícera Santos, 45 anos, afirma que os moradores da cidade precisam de mais investimentos na área da saúde, uma das mais carentes. “Esse trabalho é fundamental. Ainda sendo feito no final de semana porque a gente nem sempre tem condições de procurar atendimento na semana. Gostei e aprovei”, contou.

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.