Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

Disputa enfraquece movimento contra o aumento do IPTU no Taboão

Por Sandra Pereira | 11/03/2010

IPTU_1.jpg

Mobilização liderada por Emaq em 18 de dezembro

O movimento contrário ao aumento do IPTU em Taboão da Serra rachou. O empresário Edson Emaq, que iniciou a mobilização popular contra o aumento do imposto, não vem poupando críticas às últimas ações adotadas no seio do movimento que ele criou em dezembro, mas no final de janeiro acabou sendo “puxado” por outras líderes como o professor Narciso, a advogada Julia Collet e lideranças políticas que fazem oposição a administração municipal de Taboão da Serra.

“O movimento teve uma divisão grande. Tem gente se sentindo dono de tudo. Na verdade querem é tirar proveito político. Essa não era a idéia inicial”, provoca Emaq.

O racha interno vivido pelo movimento tornou-se público nesta terça-feira durante a sessão da Câmara Municipal, quando Edson Emaq usou a Tribuna para criticar o protesto realizado durante a entrega da Medalha 19 de fevereiro, nas comemorações relativas ao aniversário da cidade e reclamar do professor Narciso.

Depois da confusão Emaq precisou deixar a Casa Legislativa pelos fundos,   enquanto os vereadores discursavam pedindo que o movimento não perdesse o foco da reivindicação para adotar a prática da violência.

Mas, essa não foi a primeira vez que os integrantes do movimento “se estranharam”. Na Sessão Solene onde foi realizada a entrega da medalha 19 de fevereiro o próprio professor Narciso criticava abertamente a participação de pessoas ligadas à deputada Analice Fernandes no movimento.

Na prática, os conflitos internos enfraquecem ainda mais o movimento que já vem sendo esvaziado pelo desconto de 50% e 30% concedido pela prefeitura e pelo resultado dos pedidos de revisão, que em muitos casos deixam o IPTU abaixo do valor cobrado em 2009. Além disso, o valor do reajuste nas áreas da periferia não teve o mesmo impacto  que na região central.

Outro fator importante é que o movimento está perdendo aos poucos as características que o tornaram singular no seu surgimento: a participação de moradores, idosos, estudantes, pessoas simples, que estavam movidas pelo interesse social de reduzir o valor do imposto. Agora, ao que tudo indica a manifestação começa a ganhar corpo político e corre o risco de perder o foco,  como afirma Edson Emaq.

18/10/2017

Taboão teve sessão histórica para as mulheres e com aprovação de leis

O grito silencioso das mulheres vítimas de violência ecoou com força e fez da sessão desta...

17/10/2017

Reforma eleitoral abre espaço para propaganda paga em sites

A reforma eleitoral, aprovada no Congresso Nacional e sancionada recentemente pelo presidente...

15/10/2017

Ney Santos fará reforma no governo de Embu, João Ramos deixará prefeitura

O prefeito de Embu das Artes, Ney Santos (PRB) vai anunciar nos próximos dias uma reforma...

13/10/2017

Câmara Municipal aprova reajuste de abono para servidores

Os vereadores de Taboão da Serra aprovaram na última terça-feira, dia 10, por unanimidade, um...

11/10/2017

Convenção realizada no domingo elegeu novo diretório do PSDB de Itapecerica

O diretório municipal do PSDB de Itapecerica da Serra realizou, no último domingo (8 de...

11/10/2017

STF deve decidir hoje se Congresso pode rever medidas contra parlamentares

O Supremo Tribunal Federal (STF) deve decidir hoje (11) se parlamentares podem ser afastados do...

11/10/2017

Analice intercede por liberação de recursos para Embu das Artes

O prefeito de Embu das Artes, Ney Santos e a deputada estadual Analice Fernandes participaram de...

10/10/2017

Ney Santos lança Cartão Cidadão prometendo economia de recursos públicos

Anunciado como a maior ferramenta de gestão tecnológica de dados de toda a região, o Cartão...

18/10/2017

Taboão teve sessão histórica para as mulheres e com aprovação de leis

O grito silencioso das mulheres vítimas de violência ecoou com força e fez da sessão desta...

18/10/2017

Aneel autoriza reajuste nas contas de luz de consumidores do DF, GO e SP

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) autorizou hoje (17) reajustes nas contas de luz...

18/10/2017

MPF e MPT recomendam revogação de portaria que muda regras do trabalho escravo

O Ministério Público do Trabalho (MPT) e o Ministério Público Federal (MPF) recomendaram ao...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.