Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Cultura

Festa do Preto Velho celebra cultura afro em Taboão

Por Edimon Teixeira | 23/05/2012

pretos_velhos1

Edimon TeixeiraCultura afro foi comemorada em Taboão, no último domingo, dia 20

No mês em que se comemora 124 anos da assinatura da Lei Áurea, que aboliu a escravidão do Brasil, religião, a culinária,  o folclore, dentre outras manifestações culturais afro-brasileiras, fizeram parte da 14ª edição da Festa dos Pretos Velhos de Taboão da Serra, realizada neste domingo, 20, no Cemur, no centro da cidade.

Com o objetivo de homenagear a nação negra, o evento que começou por volta das 11h, reafirmou a união da Umbanda e o Candomblé no município e fortaleceu os laços religiosos da doutrina que cresce a cada ano no País. “Todo ano é a realização de um sonho pessoal”, disse Mãe Nena D´Ogun, responsável pela organização do evento.

Os Pretos Velhos são entidades cultuadas pelas religiões afro-brasileiras, em especial a Umbanda. Sua forma idosa representa a sabedoria, o conhecimento, a fé. A sua característica de ex-escravo passa a simplicidade, humildade, a benevolência e a crença no “poder maior”, no Divino. O branco típico do Candomblé tomou conta do Cemur.

O altar fora improvisado na base do palco do auditório, e, além das imagens dos lendários Preto Velhos, oferendas, ervas, adereços diversos, dentre outros objetos típicos da cultura africana enfeitavam o templo improvisado. Uma das mais conhecidas heranças gastronômicas do povo africano, a feijoada, pôde ser degustada a preço acessível.

Elevado a Patrimônio Nacional, o “Ofício da baiana do acarajé”, seguiu por todo o evento. A iguaria à base da massa de feijão fradinho, cebola e sal, frita no azeite-de-dendê tinha vários recheios à disposição e foi a comida típica mais procurada, segundo dona Ana, que ajuda “de boa vontade” na preparação dos pratos desde a 1ª edição da festa.

Para Leila Dias, coordenadora da Coordenadoria da Igualdade Racial em Taboão da Serra, o evento foi um sucesso. “Apesar das dificuldades para sua realização, conseguimos levar adiante de modo a celebrar a cultura africana no município”, disse a militante que afirmou encontrar resistência na defesa dos princípios da etnia na cidade.

“A população e as autoridades precisam olhar com mais sensibilidade a causa negra em Taboão da Serra”, alerta a coordenadora que diz lutar neste momento pela inclusão do Dia dos Pretos Velhos no Calendário Cultural Oficial de Taboão da Serra. “Se a Mãe África é o berço da civilização, então somos todos afro-descendentes”, completa.

Apesar do governo de Taboão defender o sincretismo religioso, poucas autoridades políticas prestigiaram a festa. A vice-prefeita Márcia Regina esteve no evento, assim como o pré-candidato a vereador, Wanderely Bressan. Em clima de muito axé (palavra Yorubá que significa paz, harmonia, alegria, força), o evento findou por volta das 19h.

Diferença histórica

De acordo com os últimos dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), se comparada às cidades de Itapecerica da Serra de Embu das Artes, Taboão ocupa lugar de destaque dentre os municípios com maior população negra e lidera o ranking com 22.587 pessoas que se declararam negras no último levantamento.

Dados no município refletem a média nacional do Censo 2010, quando revelou a maioria da população ter se declarado como preta ou parda (50,7%), 6% a mais que em 2000. Apesar do crescimento da identidade negra no País, estigmas resultantes da história colonial do Brasil reafirmam o abismo social entre brancos e negros no Brasil.

Segundo os dados, a taxa de analfabetismo entre pessoas pretas ou pardas de 15 ou mais anos de idade era de 14,4% e 13,0%, respectivamente, contra 5,9% dos brancos. Essa diferença se acentua em municípios de menor porte. O analfabetismo na população preta de 15 anos ou mais chega a 27,1% nos municípios com até 5.000 habitantes.

Para o IBGE isso está ligado às diferenças de condições de vida, acesso a cuidados de saúde, à participação desigual na distribuição de rendimentos. Os rendimentos médios mensais dos brancos (R$ 1.538) e amarelos (R$ 1.574) se aproximam do dobro do valor relativo aos grupos de pretos (R$ 834), pardos (R$ 845) ou indígenas (R$ 735).

Elizabeth

Mãe Nena as festas que vossa senhoria Promove sempre foi motivo de alegria para todos. muita luz e saúde que todas as benças do céu estejam para senhora e seus filhos

Suely D'El Rey

Muito Axé , Mãe Nena. Que Deus abençoa seus passos e que Osu, deramae suas aguas sobre seus caminhos. Muito obrigado por ter atendido a todos com humildade e amor. Bjos no seu coração Suely

13/07/2017

Mostra Cultural do Projeto Aparecendo aconteceu domingo no Cemur

O projeto Aparecendo, que conta com o apoio do vereador Cido, foi realizado no  domingo, dia 8,...

12/07/2017

Corra e compre já seu ingresso para o rodeio de Itapecerica

Quem quiser aproveitar os shows do último final de semana da 39° edição da Festa do Peão de...

07/07/2017

Fim de semana tem rodeio em Itapecerica e quentão em Taboão

Neste fim de semana, Taboão, Embu e Itapecerica da Serra possuem diversas atrações que prometem...

03/06/2017

Fim de semana no Embu tem cultura no bairro, maracatu, dança, música e futebol

Fique por dentro das atrações culturais e esportivas promovidas pela Prefeitura de Embu das...

29/05/2017

Taboão teve duas mulheres palestrantes na 1ª Virada Feminina de São Paulo

Taboão da Serra teve duas representantes entre as palestrantes da 1ª Virada Feminina ocorrida...

26/05/2017

1º Fórum de Cultura & Arte de Embu das Artes acontece neste sábado (27)

A Secretária Municipal de Cultura irá realizar no próximo sábado (27), O primeiro Fórum...

25/05/2017

Abolição da escravatura é comemorada com atividades culturais em Taboão

Dia 13 de maio é comemorado a Abolição da Escravatura. A data homenageia a Lei Áurea, sancionada...

22/05/2017

Seminário com autoridades debate racismo em Itapecerica

Raças, credos e gêneros, todos juntos discutindo uma sociedade sem discriminação, mais...

10/05/2017

Festa de Santa Cruz anima público com diversidade de cultura popular

As secretarias de Cultura e a de Turismo da Prefeitura de Embu das Artes realizaram nos dias 5,...

05/05/2017

Ricardo Ozcar lança segundo CD no Pé da Serra em Embu

Explodiu! Na véspera de feriado, 30/04, a Casa de Shows Pé da Serra, em Embu das Artes, foi o...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.