Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Polícia

Nova diretoria assume o Conseg de Itapecerica

Por | 15/05/2012

conseg

Karen SantiagoNova chapa e autoridades policiais participam da posse

A nova diretoria do Conselho Municipal de Segurança (Conseg) de Itapecerica da Serra tomou posse nesta segunda-feira, dia 14, no auditório do antigo prédio da Câmara da cidade. A nova diretoria ficará a frente do conselho no decorrer do biênio 2012 – 2015.

Os eleitos aos cargos de diretores e conselheiros são: Presidente: José Carlos, Vice-Presidente: Edson Luiz, 1º Secretário: Gilberto Moraes, 2º Secretário: Doutor Reinaldo Florêncio, Diretores de Comissão de Ética: Antônio Carlos e José Teixeira e Diretor de Comunicação: Geraldo, conhecido como Gegê.

O ex-presidente do Conselho que agora ocupa o cargo de 2º secretário, doutor Reinaldo frisou que o mais importante é a união, sem quaisquer vaidades.

A cerimônia reuniu cerca de 20 pessoas e contou com a presença do coronel do 25º Batalhão, Dimitrius, o tenente D’ Ávila, delegado titular, Marcelo Silva e guardas municipais.

Reunião

Antes mesmo da posse, moradores relataram casos de violência, pediram mais policiamento preventivo, questionaram a redução de policiais nas ruas da cidade, devido à quebra de viaturas e denunciaram locais em que o tráfico e som alto são constantes.

O coronel Dimitrius afirmou que a grande parte da culpa pela quebra das viaturas, partiram dos próprios policiais do Batalhão, uma vez, que a média no Estado de São Paulo da frota quebrada chega a 10%, já em Itapecerica 30%. “Eles arriscam as suas próprias vidas e as dos moradores. Uma auditória para investigar as quebras será feita”, disse.

Dimitrius ressaltou ainda que o problema da falta de viaturas (quebradas e que estão no conserto) será totalmente normalizado no final desta semana. “Uma viatura chegou hoje – segunda e outras vão chegar amanhã. Situação foi pontual”, pontuou.

Ele lembrou também, assim como em entrevista ao Jornal na Net, na semana passada, relembre aqui, das novas viaturas que estão previstas para compor a frota do município. “Mais uma base comunitária vai chegar à cidade e outras viaturas”, frisou.

O delegado Doutor Marcelo lembrou da importância do registro do Boletim de Ocorrência e a finalidade do disque-denúncia (181). “É por meio dele, que crimes são esclarecidos e resguarda o sigilo do morador que denunciou – sigilo absoluto”, garante ele.

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.