Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Saúde

Médicos rejeitam salário de R$ 10 mil em Taboão

Por Edimon Teixeira | 14/05/2012

medicos1

DivulgaçãoDas 62 vagas, somente 22 profissionais de medicina se inscreveram em concurso

Nem mesmo o salário de até R$ 10 mil por mês, para jornada de trabalho que varia de 12 a 40 horas semanais, foi suficiente para atrair candidatos às vagas disponíveis para médicos de sete especialidades, para atenderem nas unidades de saúde de Taboão da Serra.

Das 62 oportunidades do edital 03/2012, publicado em março, que incluem 55 chances para preenchimento imediato e sete para cadastro reserva, apenas 22 profissionais constavam na relação de candidatos a realizarem a prova objetiva neste domingo, 13/05.

As informações constam da edição 413 da Imprensa Oficial do Município, conforme edital de convocação, também disponível no site da organizadora do certame. Para a especialidade de Médico Neurologista, para a qual havia três vagas, não houve nenhum candidato inscrito.  Das 21 vagas para Médico Clínico Geral, dez se inscreveram.

Já para Médico da Família com sete vagas, três se candidataram. Por sua vez, para Médico Ginecologista, com seis postos três fariam a avaliação.  Já para as especialidades de Médico Pediatra e Médico Psiquiatra, cada uma com 11opotunidades, três e duas inscrições respectivamente, e Médico Urologista com três vagas, um inscrito.

Má distribuição

O fato de não haver candidatos para preencherem as vagas de médicos em concurso para a prefeitura de Taboão da Serra não significa, necessariamente, a falta de profissionais no país. A explicação para o déficit de médicos no município pode estar relacionada, dentre outros motivos, pela má distribuição destes especialistas.

É o que aponta o levantamento inédito feito recentemente pelo Conselho Federal de Medicina (CFM) sobre a concentração de médicos no território nacional.  O levantamento mostra que o número de profissionais aptos a atuar cresce em ritmo mais acelerado do que o da população, mas a distribuição está longe de ser uniforme.

Entre 2000 e 2009, a quantidade de médicos cresceu 27% - de 260.216 para 330.825. No período, a população brasileira cresceu aproximadamente 12% - de 171.279.882 para 191.480.630, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Em 2000, havia no país um médico 658 habitantes; em 2009, um médico para 578.

Para Desiré Callegari, 1º secretário do CFM e responsável pela coleta das informações, o médico não precisa "ganhar muito, precisa ser valorizado e ter condições de trabalho". Para isso, defende como política de interiorização eficaz a criação de uma carreira de Estado para os médicos e a implantação de planos de cargos, carreiras e vencimentos.

O CFM também considera fundamental que a estrutura e os recursos tecnológicos da saúde sejam aperfeiçoados, principalmente no interior dos estados. "Não dá para fazer medicina sem investimento. O médico precisa ao menos de uma estrutura básica para atender adequadamente a população", ressaltou Desiré.

Reajuste salarial

O governador Geraldo Alckmin encaminhou à Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo Projeto de Lei que promove aumento de até 71,3% no valor dos plantões pagos aos médicos e cirurgiões dentistas que trabalham em unidades da rede estadual. Hoje, a Secretaria de Estado da Saúde paga R$ 660 por plantão, além do salário mensal dos médicos

Foram estabelecidas três faixas de valor: R$ 1.130,71 por plantão para serviços de saúde localizados em áreas de difícil fixação de profissionais. Já em unidades com assistência de média complexidade situadas em áreas com excesso de demanda por atendimento em saúde ou em regiões carentes, o valor será de R$ 942,48 por plantão.

Agora o governo paulista trabalha para aprovar um novo plano de carreira específico para os médicos da rede estadual, visando promover significativo aumento na remuneração mensal paga à categoria. A proposta está sendo finalizada e o projeto também deverá ser encaminhado para aprovação da Assembleia Legislativa do Estado.

Aline

Acho ridícula a ideia de alguns médicos de quererem se comparar ou receber salários como os de juízes... Primeiro porque pra ser juiz, o candidato deve ter, no mínimo, 3 anos atividades jurídicas depois de formado (e MUITOS anos de estudo pra conseguir passar num concurso), portanto ninguém sai da faculdade ganhando 26.000 de salário... Segundo porque Juiz é membro de um dos Poderes da República, é um AGENTE POLÍTICO, dotado de poder de decisão! Os médicos são servidores públicos, vinculados ao Poder Executivo, cujo teto salarial é o do seu Chefe (governador na esfera estadual e prefeito na esfera municipal)... Não que tenham que ganhar mal, mas querer ganhar como os juízes não tem o menor cabimento, além de ser inviável jurídica e economicamente... Acho que tá na hora de sair do mundo da lua e voltar pra realidade. Um pouquinho de humildade não faz mal pra ninguém!

jeferson

Esse tipo de artigo ignorante tem a intenção de por a população contra os médicos. Alguém que coloca de 10 a 12 anos da sua vida em uma faculdade em período integral, realmente deve receber muito mais que 10 mil reais, e deve ter principalmente condições de trabalhar, cansei de ver médicos que fazem craniotomias com aparelhos arcaicos. Um formando em direito cursa 5 anos, em período parcial e ganha de sala´rio inicial como juiz cerca de 26,000 reais, a cara horária de um medico especializado daria para se formar em direito no minimo 5x, e se ganha cerca de 6.000 reais.

Resposta:

Gomes

A saúde de TS é péssima, nem salários dignos os servidores recebem. Parece que o problema não é verba, pois, para pagar ótimos salários aos apadrinhados existe $$$. Um descaso completo com os moradores da cidade.

maria helena

olá, gostaria de saber por que os rendimentos p/ servidores da Prefeitura de Taboaõ da Serra saõ taõ diferenciados. ? Há algum tempo ví um edital de concursso público odne os salarios d ePsicólgos,Biólogos, Médicos ,Enfermeiros são diferentes e ainda, no caso de médicos,além de ser a jornada de 20hs ? A formaçaõ desses õtos de Nível e graduação;e no caso dos médicos,que em geral não tem Curso de Mestrado nem Doutorado, fazem a Reidência que equivale a Nível de Pós Graduação,e no mínimo 360hs. Vejam quem regulariza a situção Profissões? Grata

Fabio

A realidade não é essa que diz a prefeitura de TS. O tal salário de ¨até¨ R$ 10 mil nunca é esse valor. O profissional médico inicia suas funções na cidade e quando recebe o pagamento os valores são bem mais baixos e as condições de trabalho e a organização são péssimas. Quando os médicos percebem a arapuca que entraram vão embora sem pestanejar.

MAURICIO LOURENCO

O ORGANOGRAMA HIERARQUICO MOSTRA BALBURDIA ADMINISTRATIVA E DESCOMPROMISSO COM OS PROFISSIONAIS O QUE GERA PERSPECTIVA ZERO. O SALÁRIO PARECE ALTO MAIS NÃO É, O PISO DO MÉDICO É MAIS DE 11 MIL REAIS E, AQUI EM TABOÃO NÃO EXISTE NENHUM BENEFÍCIO OU PLANO DE CARREIRA, SÓ O SALÁRIO NÃO SEGURA MÉDICO!

18/06/2017

Profissões: no Icesp, equipe se especializa em tratar ‘dor da alma’

Dizem que na vida só há uma certeza: a de que todos somos finitos. Como lidar com essa verdade,...

13/06/2017

Excesso de peso matou 4 milhões de pessoas no mundo em apenas um ano

Estudo feito pela Universidade de Washington aponta a obesidade como uma crise de saúde pública...

09/06/2017

Simulado Start é aplicado para profissionais do SAMU de Taboão

Profissionais do SAMU de Taboão da Serra (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) participaram...

09/06/2017

Insônia pode ser intensificada com mudanças climáticas drásticas

A insônia pode aparecer por diversos motivos, como ansiedade, estresse ou depressão. Mas...

09/06/2017

Prefeitura de Taboão imuniza 54 pessoas em situação de rua contra a gripe

A Prefeitura de Taboão da Serra realizou na quinta-feira, 8 de junho, um mutirão de vacinação...

09/06/2017

Secretaria de Saúde de Taboão lança Programa Rede de Proteção ao Adolescente

O Programa Rede de Proteção ao Adolescente lançado em Taboão da Serra pela Secretaria de Saúde...

06/06/2017

Governo do Estado de São Paulo solicita 31 milhões de doses extras da vacina

Diante da recomendação feita na última sexta-feira, 2, pelo Ministério da Saúde em ampliar a...

04/06/2017

Vacina contra o vírus H1N1 é prorrogada até o próximo dia 09

O Ministério da Saúde prorrogou até o dia 09 de junho a campanha de vacinação contra o vírus...

03/06/2017

ANS determina suspensão da venda de 38 planos de saúde

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) determinou a suspensão da comercialização...

02/06/2017

Conheça o esporão e entenda como ele prejudica a saúde dos pés

A entesopatia de calcâneo, ou esporão de calcâneo, é uma doença que ocorre por conta da...

23/06/2017

Vereadores de Itapecerica pedem criação de 3º Companhia da PM

A segurança pública vem sendo tema frequente durante as sessões na Câmara Municipal de...

23/06/2017

Inverno chegou, vai fazer frio, mas temperaturas estarão na média

E o frio chegou, o inverno começou as 01h24 desta quarta-feira (21), para quem gosta de frio já...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.