Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Saúde

Alckmin entrega AME e promete metrô e 2º DP

Por Sandra Pereira | 10/05/2012

ame

Sandra PereiraGovernador disse que meta do AME é oferecer atendimento em 21 especialidades

O Ambulatório Médico de Especialidades (AME) de Taboão da Serra, o 45º do estado, foi inaugurado nesta quinta-feira, 10, pelo governador Geraldo Alckmin e o secretário estadual de saúde, Giovanni Guido Cerri. O AME será referencia no atendimento de 11 especialidades médicas para todas as cidades da região que somam juntas mais de 700 mil habitantes. A meta do governador é que o número de especialidades chegue a 21 nos próximos meses.

Na vinda a Taboão da Serra o governador trouxe na bagagem uma série de boas novas para a cidade. Mas, levantou polêmica o fato das autoridades locais, incluindo prefeitos, secretários de saúde e vereadores da região não terem sido convidados a participar da inauguração do AME. Muitos se queixavam de terem recebidos telefonemas na última hora, outros desconheciam a inauguração. O governador disse à imprensa que o convite foi feito as autoridades locais.

Alckmin garantiu, novamente, a instalação do segundo Distrito Policial da cidade. Dessa vez disse que o governo já está procurando imóvel para adaptar e instalar o novo DP, além disso, anunciou a contratação de escrivães, delegados e investigadores para atuar na cidade. 

O governador confirmou a disposição política de trazer o metrô para Taboão da Serra e disse que já abriu licitação a fim de contratar o projeto funcional, que detalha a implantação do metrô na cidade. Ele garantiu que em 2016 Taboão terá o metrô moderno como o que atende o Butantã.

Alckmin descartou a possibilidade de ampliação do Hospital Geral do Pirajuçara e disse que o governo está ampliando os repasses para a instituição investir em equipamentos. De acordo com o governador, o AME vai atender a demanda da cidade na área da saúde e será gerenciado pela Escola Paulista de Medicina, a mesma que coordena o HGP a fim de facilitar a comunicação e o acesso. O atendimento está sendo feito com hora marcada desde o começo de abril.

“O AME vai ajudar e muito o HGP. Estamos ampliando o envio de recursos para a OSS (Organização Social de Saúde) que administra o hospital e vão operar o AME”, afirmou. “A lógica é prefeitura faz o atendimento básico. Precisou de especialista entra o AME, precisou operar entra o HGP”, explicou o governador.

Segundo o Governo do Estado foram investidos cerca de 5 milhões na compra de equipamentos, incluindo os de diagnósticos, instalados no AME para atender à população. O equipamento está instalado numa área de 1,9 mil m² Até dezembro a expectativa do governador é de que o AME realize mais de 30 mil consultas médicas.

Entre as especialidades médicas previstas para o AME estão alergologia, cardiologia, pequenas cirurgias, cirurgia vascular, dermatologia, endocrinologia adulto e infantil, gastroenterologia, ginecologia, hematologia, mastologia, nefrologia, neurologia adulto e infantil, oftalmologia, ortopedia, otorrinologia, pneumologia, reumatologia e urologia. O local também vai oferecer serviço de apoio diagnóstico.

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.