Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Transporte e Trânsito

Secretário promete metrô para Taboão em 2017

Por Sandra Pereira | 3/05/2012

metro

Sandra PereiraJurandir Fernandes diz que governo tem vontade política para executar a obra

Prometido inicialmente para 2015, o metrô deverá chegar à Taboão da Serra em 2017.  O local ainda não está definido, mas a previsão inicial é de que seja nas imediações da praça Nicola Vivilechio. A garantia é do secretário estadual de Transportes Metropolitanos, Jurandir Fernandes e foi dada numa reunião com quase 100 pessoas na nesta quinta-feira, dia 3, no pátio de manobras da Vila Sônia. Entre os participantes estavam o ex-prefeito e pré-candidato pelo PSDB a sucessão municipal de Taboão, Fernando Fernandes, a deputada Analice Fernandes, os vereadores Olívio Nóbrega, Cido e vários pré-candidatos a vereador na cidade. 

O secretário disse que os estudos preliminares para a instalação do metrô já foram realizados. Ele explicou que o projeto funcional já está em fase de elaboração e deve ser concluído em até seis meses. Jurandir Fernandes garantiu haver disposição política para realizar a obra e criticou quem não acredita na disposição do governo de melhorar o transporte.

Otimista o secretário garantiu que o sonho do metrô chegar à cidade está mais perto de virar realidade. Ele antecipou que não haverá problemas com licenças ambientais e nem falta de recursos já que o governador Geraldo Alckimin já se alocou a verba necessária para a expansão do metrô até Taboão. Para Jurandir Fernandes somente se houver impasse nas desapropriações é que a obra pode sofrer atrasos. 

“Já passamos do sonho para o planejamento. Eu diria,  para não me chamarem de mentiroso, que é melhor falar em 2017, no primeiro semestre. Até dá para ser em 2016, se a gente conseguir os contratos rápidos, mas 2017 é certeza”, garante Jurandir Fernandes.

metro1

Dezenas de lideranças da região participaram da reunião 


O secretário disse que a estação Vila Sônia que vai chegar até a cidade,  dentre as que estão sendo construídas atualmente,  é  a única que sofre o risco de não ser finalizada em 2014. Segundo ele, do atual pátio até Taboão da Serra são apenas 3,5 km.

Jurandir Fernandes relatou que cada km construído de metrô custa R$ 350 milhões. Ele observa que até 2015 o governo estadual pretende investir na construção de metrôs R$ 30 bilhões. 

Durante a reunião Fernando Fernandes afirmou que ele vem discutindo outros projetos na área de transporte público na secretaria, inclusive a implantação de um VLT córrego Pirajuçara.

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.