Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Polícia

Briga de casal gay deixa dois esfaqueados em Taboão

Por Edimon Teixeira | 23/04/2012

faca1

DivulgaçãoSomente uma faca com muito sangue foi encontrada no local do crime

Dois homens ficaram feridos após se agredirem mutuamente com faca, na manhã deste domingo, 22/04, na rua Francisco Honorato, no bairro Parque Pinheiros em Taboão da Serra. A tentativa de homicídio aconteceu quando namorados Denis Rogério Laco da Silva, 30 e  Carlos Eduardo Pereira, 29 se desentenderem enquanto"discutiam a relação".

Fato aconteceu por volta das 11h30, quando vizinhos preocupados com o estado dos dois acionaram a ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e os feridos foram encaminhados ao Pronto Socorro Municipal (PSM). Denis com ferimentos mais leves foi atendido e liberado, enquanto Eduardo precisou ficar em observação.

No entanto, a confusão ainda não havia acabado. Mesmo feridos e debilitados, o casal continuou a se agredir física e verbalmente, com palavras de baixo calão, atrapalhando o atendimento no posto, quando a direção do PSM decidiu acionar a Guarda Civil Municipal (GCM) para contê-los. Atenderam à ocorrência os GCM's Andrade e Baracy.

Questionados sobre a origem dos ferimentos, o casal culpou um ao outro. "Ele invadiu a janela de minha casa e discutimos quando ele me esfaqueou", relatou o o balconista Carlos Eduardo, que teve ferimentos na cabeça e nos braços.  Já o operador de telemarketing Dênis Rogério assegurou que a agressão partiu do companheiro.

Diante do impasse, os guardas levaram o caso ao conhecimento do delegado de plantão no 1º DP, no centro da cidade, que determinou perícia onde aconteceu a briga. Apesar de a dupla haver relatado agressão mútua, no local a polícia encontrou apenas uma faca suja de sangue, supostamente usada durante a agressão, apreendida para análise.

De acordo com pesquisa nos dados da polícia, um dos envolvidos já tem passagens pela polícia, algumas delas, por agressão. Foi solicitado exame de corpo de delito para os dois. A ocorrência foi registrada como tentativa de homicídio simples, que é cometido buscando o resultado morte, mas sem qualquer agravante no crime. Como não havia testemunha dos fatos, ambos foram liberados.

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.