Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

Carlos Andrade tem pedido de Hábeas Corpus negado pelo STF

Por Karen Santiago | 3/04/2012

arquivo1

Arquivo Jornal na NetMais um Hábeas Corpus é negado para o vereador que continua afastado do cargo

O ministro Marco Aurélio do Supremo Tribunal Federal negou o pedido de liminar em Hábeas Corpus do vereador de Taboão da Serra, Carlos Andrade (PV). O mérito ainda está em julgamento. Essa é a segunda negativa de liminar contra o vereador. A outra foi decidida pelo Supremo Tribunal de Justiça.

Na decisão o ministro afirmou: "observem que o Tribunal de Justiça, ao proceder à substituição da medida mais gravosa — perda da liberdade de ir e vir — por cautelares, apontou a necessidade de coibir a continuação da prática delitiva. Então, aludindo às condutas e aos crimes imputados, impôs a fiança e as providências previstas nos incisos IV, V e VI do artigo 319 Código de Processo Penal. Tenho como ausente à relevância do pedido de concessão de liminar”.

Marco Aurélio lembra que “a existência deste Habeas Corpus não prejudica aquele em curso no Superior Tribunal de Justiça”. O ministro se refere ao HC 231.817, que teve, como relator de decisão de pedido de liminar, o ministro Vasco Della Giustina, desembargador convocado do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul.

Carlos Andrade é acusado de envolvimento em uma organização criminosa que causou aos cofres públicos municipais de Taboão da Serra, um rombo, segundo a polícia civil, para ele e mais 25 pessoas, foram atribuídos crimes contra a Administração Pública, peculato e inserção de dados falsos nos sistemas de informações tributários da Prefeitura da cidade.

O vereador foi preso temporariamente em março de 2011 junto com outras 25 pessoas, por determinação da Justiça. Além da prisão, ele não pode mais exercer função pública.

Em julho de 2011, um dos réus conseguiu, na 15ª Câmara de Direito Criminal do Tribunal de Justiça de São Paulo, liberdade provisória, acórdão que foi estendido a todos os outros 25 acusados, incluindo o vereador. Entretanto, a Câmara impôs a todos eles medidas cautelares assecuratórias, e entre elas foi incluída a suspensão do exercício de função pública ao vereador, que não havia sido imposta pelo juiz de primeiro grau.

A defesa de Andrade entrou então, no STJ, com pedido de HC contra essas medidas, o que foi negado. Segundo o tribunal, não houve “ocorrência de manifesta ilegalidade que pudesse ensejar a concessão da liminar pleiteada”, derrubando a justificativa da defesa, que alegou “constrangimento ilegal, pois as medidas restritivas de liberdade e de direitos não estariam devidamente fundamentadas”.

Com informações da Assessoria de Imprensa do STF e site conjur.com.br

MARCELO

pena que o Louco ladifundiario paulo Felix não foi preso , mas a sorte nossa é que essa não mais vai ser nada em taboão da Serra. Ah nãoser que o prefeito eleito seja mais um integrandeda dessa corja de politicos corruptos

tereza

graças a deus não vou ouvir aquela musiquinha chata 43,123 ninguem merece ,sangue de cristo,tem poder aleluia

Gomes

Parabéns a todos os policiais, Promotores e a Juiza Dra Flávia pelo ótimo trabalho que foi realizado, pois, se não houvesse fundamentos e culpa, ninguém teria ficado PRESO por 90 dias num CDP. Parabéns ao STF.

laercio

mais é muito cara de pau mesmo, ele quer um habeas corpus pra tentar voltar ao cargo de vereador e continuar... nossa cidade, vai ficar sem mandato,  afinal de contas sempre vemos casos de pobres indo em cana por roubar comida para matar a fome dos filhos!!

fabio

Pois é.. será que o Ivan está cooptando os ministros do STF tambem... ou será que toda ação da Policia, MP e Judiciario foi legal, e houve crime contra os cofres mesmo!!!

Antonio Pereira

Parabéns aos membros do Supremo Tribunal Federal.

20/06/2017

Vereadores de Taboão da Serra aprovam LDO em 1ª votação em sessão movimentada

Os vereadores de Taboão da Serra aprovaram em primeira votação nesta terça-feira, 20, a Lei de...

19/06/2017

Comissão de Finanças da Câmara de Taboão discute LDO 2018

A Comissão de Finanças e Orçamento da Câmara Municipal de Taboão da Serra realizou na...

18/06/2017

Câmara de Taboão realiza ato “Fora Temer e a favor das Diretas Já”

Na última quarta-feira (14), foi realizada na Câmara de Taboão da Serra, uma plenária a favor...

16/06/2017

Câmara de Taboão faz Campanha do Agasalho para doar ao Centro POP

O frio chegou com força nas últimas semanas e deve continuar intenso pelos próximos meses. Para...

13/06/2017

Taboão da Serra terá plenária pelas Diretas Já nesta quarta-feira 14

Na próxima quarta-feira (14), várias organizações sociais irão realizar na Câmara Municipal de...

13/06/2017

Municípios paulistas recebem R$ 443 milhões em repasses de ICMS

O governo do Estado de São Paulo deposita nesta terça-feira, 13/6, R$ 443,11 milhões em repasses...

12/06/2017

Ney rebate críticas de Geraldo e diz que ele perderá eleição de deputado

O prefeito de Embu das Artes, Ney Santos (PRB) rebateu em entrevista ao Jornal na Net as...

11/06/2017

Secretário de Transporte e Dr. André Egydio apresentam propostas de mudanças

O vereador Dr. André Egydio reuniu aproximadamente 25 comerciantes da rua Luiz Carlos Ventura,...

09/06/2017

Joice Silva é destaque em campanha de filiação do PTB Nacional na TV

A presidente da Câmara Municipal de Taboão da Serra, vereadora Joice Silva (PTB), foi destaque...

09/06/2017

Câmara Municipal realiza audiência pública de saúde no dia 14

A Comissão Permanente de Saúde da Câmara Municipal de Taboão da Serra realiza na próxima...

22/06/2017

Dois homens são presos por transportar ilegalmente 140 pássaros silvestres

Na noite da última quarta-feira (21), durante fiscalização de combate da Polícia Rodoviária...

22/06/2017

Greve de professores da rede municipal de ensino já ultrapassa 50 dias

Professores da rede municipal de ensino ainda não entraram em acordo com a prefeitura e...

22/06/2017

Venda de terrenos irregulares acontece em Embu das Artes

No extremo oeste de Embu das Artes, município da Região Metropolitana de São Paulo, o bairro...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.