Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Polícia

Homem é espancado no centro de Embu das Artes

Por | 19/03/2012

agressao

Divulgação - TV BadeirantesAgressões foram gravadas pelo videomonitoramento da cidade

Um homem enquanto passeava com sua namorada, na noite do último sábado, dia 17, foi brutalmente espancado na praça central (turística) de Embu das Artes. Dois rapazes de classe média, acusados de agredir o jovem, foram presos logo após espancarem a vítima. O motivo tudo indica que é racismo.

As imagens do jovem sendo espancado foram gravadas pelo circuito de câmeras de videomonitoramento da cidade de Embu das Artes. A vítima de 43 anos, teria sido abordada pelos dois rapazes com chutes e socos.

As imagens mostram a vítima tentando fugir, por aproximadamente 100 metros, mas é alcançada e jogada ao chão pelos dois agressores. A partir deste momento o espancamento é maior e após diversos chutes no rosto, no peito e na cabeça, a vítima desmaia, mesmo assim continua apanhando em quase 5 minutos de violência.

Os jovens, após as agressões, saíram do local, como se nada tivesse acontecido, segundo consta nas imagens de videomonitoramento. A namorada do homem acionou a polícia militar que conseguiu prender os acusados, um pouco depois do local do crime.

Na Delegacia, o homem contou em entrevista ao Brasil Urgente da TV Bandeirante, que a todo o momento, durante a agressão, os agressores o chamaram de folgado, vagabundo, maloqueiro e preto amaldiçoado.

Os dois jovens resistiram à prisão e agrediram também policiais e guardas municipais porque não queriam ser algemados. Os dois foram presos em flagrante por tentativa de homicídio e se condenados podem pegar de seis a vinte anos de cadeia. A ocorrência foi registrada no Distrito Policial de Embu das Artes.

Informações extraída do vídeo do Brasil Urgente

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.