Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Cotidiano

MTST protesta na Câmara e pressiona por moradias dignas

Por Karen Santiago | 14/03/2012

mtst_1

Karen SantiagoIntegrantes do MTST tomaram rua da Câmara e lotaram o plenário

Integrantes do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto realizaram mais uma manifestação em Embu das Artes. Desta vez, mais de 2.300 famílias, partiram rumo a Câmara Municipal. Eles tomaram a rua Marcelino Pinto Teixeira e lotaram o plenário na sessão desta quarta-feira, dia 14.

Carregados de faixas com frases de protestos, alto falante e gritos de guerras, como “MTST a luta é pra valer”, eles fizeram barulho com objetivo de pressionar os vereadores a reafirmarem a destinação mista da área ocupada desde o dia 2 deste mês, antigo terreno “Roque Valente”. Isso significa a construção de moradias dignas aos integrantes do movimento.

Eles alegam que está previsto na Lei Municipal (número 2024/2002), moradia digna para a população, além de um local de lazer, em uma Área de Proteção Ambiental (APA). Em discurso na tribuna, um dos lideres do movimento, Guilherme também protestou contra a ordem de desocupação da área dada pela justiça e pediu revogação da decisão.

Guilherme afirmou ainda que já é uma grande vitória do movimento ter conseguido uma moção de apoio assinada pelos vereadores para negociação de moradias dignas. “A vitória se deu porque viemos aqui hoje. Esperamos uma solução pacífica e negociada para os Novos Pinheirinhos de Embu e também Santo André, que não querem ser palcos de tragédias tal como a que ocorreu recentemente em São José dos Campos”, frisou.

mtst1

                                            MTST lotou plenário na sessão desta quarta-feira

A Prefeitura de Embu das Artes conciliou uma reunião entre CDHU - Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano do Estado de São Paulo e membros do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) na tentativa de encontrar um consenso sobre o impasse do terreno da Mata do Roque Valente, confira conteúdo do encontro aqui.

O outro lado da manifestação

Vias paradas, transportes coletivos invadidos e muito policiamento marcaram a outra parte da manifestação do MTST na noite desta quarta. De forma pacífica eles ocuparam a rua da câmara e com um grande aparato policial não obstruíram as vias.

Mesmo assim, o trânsito ficou todo parado. Os motoristas que precisaram passar pelo local (nas ruas ao entorno da Câmara), precisaram de muita paciência e cautela para não atropelar alguns integrantes do movimento, que insistiam em ficar na rua.

No final da sessão, no momento de retornarem para a ocupação, alguns integrantes, fizeram uma fila de isolamento para os carros passarem e de forma, não muito gentil, gritavam com os motoristas, que tentavam passar entre eles.

Os coletivos (ônibus e peruas) enfrentaram dificuldade para transportar os passageiros no ponto próximo à Câmara. A reportagem flagrou alguns integrantes do movimento, invadindo os coletivos, principalmente os ônibus para voltarem para o terreno, mas sem pagar condução. Eles se penduravam até nas janelas dos ônibus para conseguir uma “carona”.

Sem escolhas e com receio, os motoristas dos coletivos (ônibus) acatavam a invasão. Já os das peruas (vans), que ganham por passagem, encaravam alguns dos integrantes do movimento e não permitiam que eles entrassem dentro dos coletivos.

Angélica

Ao senhor Rodrigo...em relação ao seu recado OS ZÉ 'POVINHO' QUE TORCE CONTRA NÓS" e a senhora Norma que disse para que eu fosse me informar, sinceramente eu não sou a favor, mas também não sou contra as pessoas se manifestarem o problema é toda a confusão causada e o pessoal que gosta de fazer baderna e aproveita a 'vossa manifestação' para fazer vandalismo. Eu passo sim em frente ao terreno "invadido" e o que vejo são poucas pessoas "realmente' por lá, além dos que ficam tomando conta do acampamento, porque com certeza as mais de 2 mil famílias que fazem parte do movimento 'não estão morando naquelas barracas improvisadas de plastico e fita' que foram levantadas apenas para marcar terreno. Eu pago aluguel e sei que não é fácil. Foi dito que 90% das pessoas são de Embu, então essas familias de Embu estavam no acampamento de São José dos Campos? Ah, outra coisa, arrumem outro nome porque já existe um Jardim Pinheirinho no nosso municipio.

norma

angelica nos lutamos pelo direitos de todos se voce não conhece o mtst procura conhecer primeiro antes de criticar pois criticar e facio para pessoas que não nos conhece

Rodrigo ferreira

para quem esta criticando.e fácil critica mais e dificio ser nos que estamos ali precisando de uma moradia.só queremos uma moradia para colocar a nossas família.quem não podei ajudar não fica criticando pq amanha pode ser você.G14 NÃO VAMOS A REDAR PÉ DALI.SÓ SAÍMOS PARA LEVANTAR CASA PARA TODO MUNDO FICA BEM CLARO PARA OS ZÉ POLVINHO QUE TORCE CONTRA NÓS.

Marco

... muitos deles tem audi a4 e querem terreno e casa para vender, somente uns 10% deles que nunca vão ganhar terra ou teto são realmente necessitados!

Morador

Prezados, Não seria bom pedir ajuda para a prefeitura de são paulo, será que nossa presidente já sabe disso.

Angélica

Eles "lutam" por seus direitos? E os direitos das outras pessoas onde fica?

21/09/2017

Corpo de Bombeiros conteve princípio de incêndio na cozinha da Sercom, em Taboão

Um foco de incêndio cuja causa ainda não foi identificada, na cozinha do refeitório da empresa...

19/09/2017

"Encontro" de motoqueiros tira a paz de moradores do Saint Morritz aos domingos

Faz três domingos consecutivos que os moradores do jardim Saint Morritz, em Taboão da Serra,...

18/09/2017

Boehringer Ingelheim abre vagas de estágio na unidade de Itapecerica da Serra

A Boehringer Ingelheim, empresa de origem alemã que está entre as principais farmacêuticas do...

17/09/2017

Pai da deputada Analice, seu Avenir Fernandes, morre aos 79 anos

O pai da deputada estadual e vice-presidente da Assembleia Legislativa de São Paulo, Analice...

17/09/2017

PhotoTruck da ImageMagica levou fotografia e reflexão a alunos de Embu

“Você pode ser fotógrafo em casa, precisa apenas de olhar”. É como Gabriel, aluno de Osasco...

15/09/2017

Prefeitura de Taboão e Sebrae oferecem palestras de empreendedorismo

Se você é empresário ou pretende abrir o próprio negócio, uma boa oportunidade é participar das...

14/09/2017

Incêndio destruiu Centro de Distribuição dos Correios de Itapecerica da Serra

A sede do Centro de Distribuição Domiciliar (CDD) dos Correios de Itapecerica da Serra, situada...

12/09/2017

Negar o próprio sofrimento é uma das razões que podem desencadear o suicídio

O suicídio é uma consequência extrema de questões não problematizadas. É desta maneira que o...

07/09/2017

Público lotou arena Multiuso no desfile de 7 de setembro em Taboão da Serra

Os alunos da rede pública de Ensino de Taboão da Serra fizeram bonito no tradicional desfile de...

05/09/2017

Itapecerica da Serra está de luto pela morte Maurício Rocha, da Defesa Civil

O Coordenador Municipal de Proteção e Defesa Civil da Prefeitura de Itapecerica da Serra,...

22/09/2017

Criação do Plano Municipal de Mobilidade Urbana avança em Taboão

A Secretaria de Transportes e Mobilidade Urbana de Taboão da Serra realizou na quinta-feira, 14...

21/09/2017

Rapaz confunde carro e é morto por agente penitenciário em Itapecerica da Serra

Um agente penitenciário pensou que seria vítima de um assalto, atirou em homem que estava...

21/09/2017

Corpo de Bombeiros conteve princípio de incêndio na cozinha da Sercom, em Taboão

Um foco de incêndio cuja causa ainda não foi identificada, na cozinha do refeitório da empresa...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.