Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Transporte e Trânsito

Motoristas enfrentam filas para abastecer veículos

Por | 6/03/2012

posto2

Karen SantiagoPosto na Av. Cid Nelson Jordano, alto posto vila 35, no bairro São Judas, em Taboão estava com filas que atingiam até a rua

Os motoristas enfrentam filas gigantescas para encher os tanques de seus veículos. O acumulo de veículos nos postos de combustíveis das cidades de Itapecerica, Embu das Artes e Taboão da Serra, além de toda Grande São Paulo, começou na noite desta terça-feira, dia 6 e já atinge ruas dos municípios.

Motoristas tentam se precaver, por não saber quanto tempo a paralisação vai permanecer e, já procuram outras alternativas para abastecer seus veículos. Eles precisam ainda ter muita paciência para enfrentar as filas gigantescas e, por fim, encher o tanque. “Acho que todo mundo está pensando igual, com medo de ficar com tanque vazio. E vieram todos para o posto no mesmo dia”, comentou Carlos.

Desde as 14h, diversos postos já não contavam mais com etanol e gasolina, tudo isso porque, os motoristas de caminhões-tanque estão paralisados e deixaram de abastecer os postos desde a última segunda-feira (5). Eles protestam contra as restrições de circulação na Marginal Tietê que começou a valer no dia em que decidiram cruzar os braços.

Em entrevista ao Jornal da Tarde, o presidente do Sindicam-SP (Sindicato dos Transportadores Rodoviários de Bens do Estado de São Paulo), a categoria não está em greve, apenas decidiu não trabalhar, para se manifestar contra a restrição que começou a ser multada ontem pela Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) na Marginal do Tietê.

“A categoria cruzou os braços com os próprios caminhões. Ninguém pode obrigar, não sou empregado de ninguém. Estamos fazendo isso porque não temos condições de trabalhar com essa restrição.”

Segundo informações de moradores e leitores do Jornal na Net, caminhões-tanque realizaram, no final da tarde, o abastecimento em postos de combustíveis nos municípios da região.

Aumento do combustível

Se caso, os postos de combustíveis elevem o valor da gasolina e do álcool nos próximos dias, devido a paralisação dos caminhoneiros, o Procon orienta que os clientes denunciem através do telefone 151, na capital paulista. E alerta que elevar os preços de produtos e serviço é considerado prática abusiva.

O Procon também aconselha que o consumidor exija a nota fiscal em todos os momentos, uma vez, que com este documento as pessoas podem provar o aumento abusivo. E afirma, que se confirmada a conduta uma multa com valor que variam entre R$ 400 a R$ 6 milhões pode ser aplicada no posto. Confira matéria completa na Folha.com

Prefeitura entra com ação

A Justiça de São Paulo determinou na noite desta terça-feira (6) a retomada da distribuição dos combustíveis em São Paulo, prejudicada por causa da paralisação de motoristas de caminhões que protestam contra a restrição ao tráfego de veículos pesados na Marginal Tietê. Se a ordem não for cumprida, cada sindicato terá que pagar multa de R$ 1 milhão por dia.

O juiz Emilio Migliano Neto, da 7ª Vara da Fazenda Pública, concedeu medida liminar determinando que os sindicatos suspeitos de promover ações com o objetivo de impedir a distribuição de combustível em postos de gasolina da capital paulista retomem a normalidade dos serviços. Trecho extraído da Globo.com

Confira outra matéria sobre o assunto aqui.

17/11/2017

Licenciamento: novembro é o mês de veículos com final 9

Os proprietários de veículos com placa final 9 já podem fazer o licenciamento. Já os donos de...

13/11/2017

Congonhas reabre após ter 34 voos desviados por causa de drone

O Aeroporto de Congonhas, na zona sul de São Paulo, reabriu hoje (13) normalmente, após ter 34...

13/11/2017

Em sua 1ª edição, POP Run reúne mais de 600 corredores nas ruas de Taboão

Mais de 600 corredores profissionais e amadores participaram na manhã deste domingo (12) da 1ª...

13/11/2017

Moradores se unem e deputada Analice consegue reverter paralização da linha 029

A máxima de que o povo unido jamais será vencido virou realidade na última sexta-feira, 10,...

12/11/2017

Moradores do Jardim Clementino, Guaciara e Roberto em Taboão reclamam de buracos

A população de Taboão da Serra, entre os bairros do Jardim Clementino, Jardim Guaciara e Jardim...

11/11/2017

Comissão de Transporte Público debate sobre a renovação da frota de ônibus

A audiência para debater o transporte público, realizada na última segunda-feira, dia 6, na...

10/11/2017

Após pressão popular EMTU suspende paralisação da linha 029 Taboão - Pinheiros

Após a forte pressão popular e a divulgação das manifestações contrárias dos usuários a Empresa...

09/11/2017

Moradores de Taboão fazem abaixo assinado contra retirada da Linha 029

Usuários do ônibus 029 que faz a linha Taboão - Pinheiros estão realizando um baixo assinado...

08/11/2017

Audiência Pública de Transporte revela impasse entre administração e Pirajuçara

A audiência pública da Comissão de Transportes na Câmara de Taboão da Serra ocorrida na...

06/11/2017

Feriado prolongado registrou 108 acidentes e 2 mortes em acidente de trânsito

As concessionárias responsáveis pelas principais rodovias do Estado divulgaram o balanço parcial...

20/11/2017

Taboão terá caminhada pela paz e contra violência às mulheres dia 25 de novembro

O lançamento de uma ampla mobilização para uma caminhada histórica pelo fim da violência contra...

20/11/2017

Consciência não tem cor, mas a minha é negra e me ensinou desde cedo a lutar

Consciência não tem cor. Mas, a verdade é que se você ainda não tomou consciência de que a vida...

19/11/2017

Famílias do Pirajuçara aderem ao Programa Criança Feliz

A Secretaria de Assistência Social e Cidadania de Taboão da Serra segue com a divulgação e...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.