Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Transporte e Trânsito

Chuvisco e Zé de Moraes vão à OHL por melhorias para a BR-116

Por Outro autor | 4/03/2012

visita1

DivulgaçãoVisita se deu por melhorias na BR-116 na cidade de Itapecerica

Representantes do poder público de Itapecerica da Serra estiveram na sede da empresa OHL, concessionária que administra o trecho da BR-116 entre São Paulo e Curitiba, no último dia 14 de fevereiro, na cidade de Registro, para tratar de melhorias na via. O presidente da Câmara Municipal, Amarildo Gonçalves – Chuvisco, o vereador José de Moraes e o arquiteto da Prefeitura Sérgio Gazal foram recebidos pelo coordenador de engenharia Assis e pelo diretor executivo Nelson.

O resultado do encontro foi extremamente positivo, uma vez que foram garantidas diversas melhorias para o trecho da rodovia que corta o município. Os vereadores acompanham de perto as ações da empresa e demonstraram satisfação com a receptividade da OHL.

“Como vereadores, temos a obrigação de apresentar as reivindicações da nossa população para a empresa responsável por administrar essa importante via que corta nosso município”, declarou o presidente Chuvisco. Nos mais de 15 anos como representante do povo no Poder Legislativo, o vereador nunca deixou de trabalhar com afinco para atender aos anseios da população.

Uma das principais obras tratadas na reunião foi a construção de dispositivo de acesso (trevo) no km 288 da Régis Bittencourt, altura do Rampas Chopp & Show, que deve ter início até dezembro deste ano. Assim que concretizada, a obra será muito importante para aliviar o trânsito no corredor da avenida XV de Novembro para quem chega a Itapecerica.

No km 297,6, bairro da Aldeinha, será construído outro dispositivo de acesso, este sub-rodovia.  Já o acesso entre o Jardim Pinheirinho e o Branca Flor, no km 285, sofrerá mudanças para evitar colisões frontais de veículos, que tem acontecido com freqüência no local.

Solicitada em março do ano passado, também por Chuvisco e José de Moraes, a construção de uma passarela para pedestres entre os Jardins Santa Amélia e Santa Adélia foi garantida pela OHL. Um estudo sobre o número de moradores que transitam pelo local constatou a necessidade de mais essa melhoria.

Outro assunto tratado pelas autoridades municipais foi a viabilidade de instalar uma passarela no Km 295 e a permissão para instalar um ponto de ônibus no km 294, saída da empresa Refril, pois as margens da rodovia também são de responsabilidade da OHL. A Prefeitura recebeu a doação do ponto de ônibus e irá instalá-lo para facilitar o trânsito dos pedestres. Os responsáveis pela concessionária informaram que ao longo do trecho da BR existem cerca de 600 pontos de ônibus ilegais, e está em andamento projeto para regularizá-los.

O encaminhamento das reivindicações locais pelos vereadores aos responsáveis pela concessionária é de extrema importância, já que a OHL não conhece os problemas de cada município, pois o trecho que administra é muito extenso. De acordo com o contrato de concessão, parte da arrecadação da empresa é revertida para melhorias da rodovia, e somente o contato entre autoridades locais e representes da OHL garante benefícios reais à população.

Para Amarildo Gonçalves, a Rodovia Régis Bittencourt tem melhorado muito suas condições desde a concessão. “Até o momento já foram feito mais de 150 km de barreira de concreto, sendo que as melhorias na pista já reduziram 50% os acidentes de trânsito e as passarelas já instaladas reduziram em 15% os atropelamentos”, explicou o presidente da Câmara.

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.