Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Cotidiano

MTST ocupa terreno em Embu das Artes

Por Karen Santiago | 3/03/2012

ocupacao

Divulgação - Rede GloboOcupação começou na noite da última sexta-feira em terreno de Embu

Mais uma vez, o Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto (MTST) ocupou um terreno próximo a Avenida Rotary, na cidade de Embu das Artes, no final da noite da última sexta-feira, dia 2 de Março. Os manifestantes reivindicam moradias e uma vida mais digna.

De acordo com representantes do MTST, cerca de 800 famílias ocupam uma área de 433.800 m², localizada entre o Parque Pirajuçara e o Jardim Santa Tereza. Grande parte delas, são de Embu e Itapecerica. Não ocorreram confrontos entre policiais militares e manifestantes.

Segundo o MTST, o local foi escolhido há três meses, uma vez que no campo de futebol seriam construídas moradias (Conjunto Habitacional para famílias de baixa renda), o que não aconteceu devido a disputa judicial com ambientalistas.

No último domingo, dia 27/02, o MTST esteve em reunião no Centro de Taboão, na Praça Nicola Vivilechio. Guilherme, líder do movimento falava aos integrantes do movimento das ocupações que fariam.

Até o fechamento da matéria, a reportagem do Jornal na Net, não conseguiu contato com ele, mas a qualquer momento, informará mais informações sobre a invasão em Embu das Artes.

Outras ocupações, segundo o portal do movimento ocorreram simultaneamente e foi chamada pelo MTST de “Novo Pinheirinho”, em protesto à desocupação de Pinheirinho, em São José dos Campos, no Vale do Paraíba, interior do estado, no começo deste ano.

Cerca de 1.200 famílias ocuparam dois terrenos na Grande São Paulo, um deles em Embu e o outro em Santo André, no ABC. Lá cerca de 450 famílias invadiram um terreno no Jardim Santa Cristina.

MTST informa sobre ocupações

O MTST realizou na noite de sexta-feira, dia 2 de março de 2012, duas ocupações simultâneas, em diferentes regiões da Grande São Paulo: uma no município de Embu e outra no município de Santo André, no ABC. As ocupações, que levam o nome de “Novo Pinheirinho”, são uma resposta ao recente despejo violento da comunidade do Pinheirinho (São José dos Campos) e também uma ação necessária para a conquista de moradia por aqueles que há tempos vem lutando por uma vida mais digna.

Com informações do portal Globo.com

Adriano Cabral

é uma raça maldita esses movimento , pois niguem os querem por perto, essas ocupações só geram favelas imundas, campos minados de traficantes, o governo tem que ser mais duro com esses movimento 

Kiko

Muito engraçado isso!! Passei no loca e analisei a situação!! Varios carros 0KM, outros com rodas esportivas! As pessoas acham isso facil entrar e se apoderar do que não é deles! Se realmente não tivem nada é uma outra situação mesmo assim ainda não legal! Apoio a desapropiação! Tira todo mundo logo!! Olha esse depoimentos acima roubos e etc! Será que são pessoas de bem! Cuidado pessaol você pode sair de casa e quando voltar ter outra familia morando nela e usando até sua escova de dente!

idignação !!!

é um absurdo oque presenciamos aqui na minha rua. mtst??? é uma fraude conheço vários dali que nunca saiu das suas casas (próprias) que nem sabe oque significa essa sigla.esse pessoal veio na maioria de outros bairros d são paulo. e estão promovendo uma serie de roubos e vandalismo não temos mais segurança.nossas crianças estão sem aula os ônibus não conseguem passar nas ruas tomadas de carros d ultimo ano.picapes,ranger,captiva,entre outros carrões. dos que se dizem sem teto. eu ando de ônibus pago aluguel. se eu tivesse condições de comprar um desses carros com certeza eu optaria por uma casa. estão acampados aqui usando drogas nos barracos onde á crianças em condições precárias dormindo ao relento sem uma refeição decente sem banho,cade o conselho tutelar nessas horas??? imploramos que a mídia nos ajude pois a prefeitura tem conhecimento do que acontece aqui e não pois nem sequer um policiamento para controlar esse caus que se transformou o nosso bairro.obs: tem pessoas com 6 casas de aluguel aqui na rua msm que montou 8 barracas no terreno.98% dos que promovem essa bagunça não precisa de moradia. socorro rede globo nos ajude com sua seriedade !!!!!

osmar

Incrivel essa invasão pois depois da ocupação deles o transito na região ficou orrivel mais da metade deles tem veiculos e mais alguns novos isso é um absurdo dinheiro pra carros eles tem pra casa não. tem que dar casa sim pra quem realmente não tem ondi morar.

Valdicèia dos Santos

Boa Noite!! Gente é um absurdo,hoje já tivemos roubo na rua perto da invasão.Minha filha chegou da escola assustada com a movimentação.Cheguei do trabalho e toda rua tomada por diversos carros(Gente só comprei um carro depois que minha casa já estava paga e construida)quase não consegui entrar na minha garagem. Eles parecem gafanhotos em pouco tempo foram diversas árvores e arbustos arrancados isso é uma vergonha.Se estivessem trabalhando ao invés de querer ganhar no grito algo, é bem provavel que tivessem seus lares.Minha mãe sem um homem trabalhou a vida toda e conseguiu nosso terreno,depois quando crescemos construimos e ampliamos nosso lar.É muito comodo ganhar ao inves de lutar.Me desculpem, mas gente é época de eleição se o Chico Brito não for capaz de por ordem nessa bagunça que virou o Embu está na hora de nos eleitores pagadores de impostos e contribuição tirar este prefeito e este partido do nosso municipio que merece mais do que esta recebendo.Chega de bagunça roubo e invasões,ruas intransitavéis e buracos ,muitos buracos nas ruas.

tathiana

O engraçado de tudo isto é que tem gente grande envolvida ,sera que alguem duvida disto?? Ao inves de ficar apoiando estas pessoas , pq não melhora nossa escolas, que não tem livros para as crianças de 8 serie estudar, mas é claro ninguem quer pessoas inteligentes para poder tirar o poder das mãos do que ja estão certo?? coloca este povo pra trabalhar, querem tudo de graça , eu acordo todos os dias as 05:30 pra vir trabalhar pego onibus lotado,deixo meus filhos nas mãos de deus, para poder doar alguma coisa pra eles e também pagar meus impostos para poder ter um pouco de conformo,mas é invão pq não temos segurança , e vemos isto neste momento pq são poucas viaturas que passam pra la e a noite então nem se fala, ai fica uma pergunta cade nos vereadores, deputados nosso prefeito. para pedir que eles não façam isto. que se organizem sem pertubar as pessoas que trabalham. senhores façam algo,afinal este ano é ano de eleição.Mas fação aos moradores que não tem nada haver com esta bagunça, e que realmente dãoo voto pra vocês e não para ests que nem do embu são. fica aqui minha indginação.

Indignação

Não sou contra o mtst, mas também não acho certo ser tirar proveitos das coisas só porque não teve oportunidade. O parque pirajussara esta uma bagunça, um monte de carro parado nas ruas, atrapalhando as crianças, os ônibus fazerem seus trabalhos, infelizmente este bairro esta uma bagunça infernal, ninguém consegue dormir. Como pode um monte de pessoas dizerem que não tem teto, ter picape, carros do ano parado ao redor da mata do parque pirajussara. Cadê nosso prefeito que não toma nenhuma ação a respeito. Estamos enfrentando uma situação muito constrangedora, uma das maiores mata atlântica sendo destruída aos nossos olhos e ninguém faz absolutamente nada. Meus pais nunca tiveram nada, mas mesmo assim moraram de aluguel por bastante tempo, trabalhou muito, praticamente a vida dele toda e aos seus 45 anos conseguindo comprar o primeiro terreno dele, com muito suor conseguiu construir sua casinha, nunca precisou de nada do governo, eu vendo isto, sempre acordei as 04:00 da manhã e chegava em casa as 23:40 depois da faculdade. Agora a população do parque pirajussara, esta assustada com toda esta situação. Não consegue-se entrar nos supermercados, ônibus esta tudo muito cheio. O que será das nossas crianças, não temos escolas para todo mundo. Desculpe minha franqueza, mas todos nós temos um sonho e se lutarmos por ele, conseguiremos, sem pensar em tomar vantagens, sem querer ser melhor que o outro. Porque ao invés de dar dinheiro para o aluguel, da emprego para as pessoas.

15/05/2017

Embu Country Fest começa na quarta-feira com diversidade musical

Organizado pela A Luz Eventos, o Embu Country Fest, festival sertanejo que acontece em Embu das...

10/05/2017

Taboão da Serra recebe Circuito Sesc de Artes no sábado, 13

Uma parceria entre a Secretaria de Cultura e Turismo da Prefeitura de Taboão da Serra e o Sesc...

08/05/2017

Bombeiros de Itapecerica resgatam cadela que caiu em um buraco em Juquitiba

Integrantes do corpo de bombeiro de Itapecerica da Serra fizeram um resgate inusitado e perigoso...

08/05/2017

Vândalos voltam a agir e ateiam fogo no Galpão de Coleta Seletiva em Itapecerica

Vândalos voltaram a agir durante a madrugada desta segunda-feira (08). Moradores da Avenida dos...

05/05/2017

Câmara de Taboão da Serra abrirá concurso público para 25 vagas

A Câmara Municipal de Taboão da Serra abriu o concurso público para o preenchimento de 25 vagas,...

04/05/2017

Vereador apresentará palestra sobre mercado de trabalho em Embu

Desde 2014 o Brasil passa por uma crise econômica muito densa, e assim as empresas buscam...

01/05/2017

Corrida do Trabalhador agita periferia de Taboão e têm novos campeões

A 12ª edição da “Corrida do Trabalhador” realizada nesta segunda-feira (1) agitou mais uma vez...

01/05/2017

Aluna taboanense escreve sobre palestra da editora do Jornal na Net

Quando fiquei sabendo que viria uma jornalista para a nossa escola em convite da minha...

27/04/2017

Taboão começa a elaborar Plano de Mobilidade em audiência pública no Cemur

Atendendo a Política Nacional de Mobilidade Urbana e a Lei 12.587/2012, que estabelece a...

24/05/2017

Começa a obra de reconstrução do muro da Escola Estadual Antônio Ruy Cardoso

Após aprovada por unanimidade na Câmera de Vereadores, a reconstrução do muro da Escola Estadual...

24/05/2017

Vereadores cobram Bombeiros sobre AVCB do Pátio de Embu das Artes

Vereadores de Embu das Artes aprovaram durante a última sessão Legislativa um ofício ao Corpo de...

24/05/2017

Eduardo Nóbrega comemora aprovação das contas da Câmara de 2013 pelo TCE

O Tribunal de Contas de São Paulo (TCE) aprovou nesta terça-feira, 23, as contas da Câmara...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.