Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Cultura

Temaki Festival em Itapecerica da Serra

Por Marcelo Ramos | 17/02/2010

17022010.jpg

Os amantes do Temaki, sushi em formato de cone, se deliciaram durante a primeira edição do Temaki Festival em Itapecerica da Serra, no dia 6 de fevereiro. O evento reuniu o melhor da culinária japonesa com a mistura de diversos ritmos musicais, no Espaço Terra Natural. Quem prestigiou o Festival se surpreendeu com a qualidade do evento e a participação do público.

A estrutura do festival foi formada por três ambientes: tenda, bistrô e pista principal. Foram dois pontos de Temaki e três bares distribuídos pela casa. O Temaki Festival teve apresentações de grupos e músicos da cidade. É o caso do Rupttura, banda finalista do programa Astros/SBT, e o KM-Zero, grupo de reggae vencedor do concurso Garagem, organizado pela rádio Jovem Pan. Além dessas atrações, o Trio Pagú, Dj Trinca Céu e o cantor George prometem animar a noite. 

“Itapecerica da Serra possui um cenário musical bem diversificado. Durante o fim de semana, várias bandas se apresentam em bares e casas noturnas da cidade. O Temaki Festival foi criado justamente para reunir todas essas tribos em um mesmo ambiente.”, afirma Werner Pereira da Rocha, um dos organizadores do evento. 

A base para preparo do temaki é o arroz e recheios de diversos tipos, desde peixes crus até especiarias, que são enrolados na folha de alga marinha (nori). Outro diferencial do temaki é a forma de servir e de comer. Não é necessário usar hashi - os pauzinhos que servem de talheres. Come-se com as mãos mesmo. 

Iguaria muito popular na capital paulista, mas ainda pouco conhecida em Itapecerica da Serra. “Fizemos uma pesquisa nas ruas e notamos que poucas pessoas já experimentaram um temaki. Queremos popularizar a culinária japonesa na cidade”, encerra. 

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.