Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Cotidiano

“Há 13 anos é a mesma coisa”, desabafa vítima de enchentes em Taboão

Por Edimon Teixeira | 15/02/2012

moca

Edimon TexeiraMoradora do Intercap enfrenta via crucis toda vez que há enchente em Taboão da Serra Galeria de Fotos

Juracy Veríssimo da Silva, 37 anos, costureira. A personagem da vida real que a reportagem do Jornal na Net apresenta a seguir é uma dos muitos taboanenses que passa pelo mesmo drama toda vez que a cidade enfrenta um temporal, como foi o que caiu sobre Taboão da Serra na tarde desta terça feira, (14). A chuva que a cidade enfrentou com cerca de uma hora e meia de duração, veio acompanhada de vento forte, raios, relâmpagos e granizo.

O piscinão do Jardim Cidade Intercap, coberto por lama, mato e lixo em toda sua extensão, já chegava ao seu limite de reserva de água 25 minutos depois do começo da chuva, que só parou por volta das 17h20. O que se viu depois que a água baixou foi um cenário de caos com as ruas das proximidades do reservatório cobertas de lama e moradores limpando a sujeira em suas casas e calçadas.

Foi nestas condições que a reportagem se deparou com Juracy, moradora da Rua Pará, 270, no bairro Cidade Intercap, há 13 anos. Ela concilia o expediente em uma fábrica de roupas na cidade pela manhã, com o trabalho o resto do dia em casa, para complementar a renda, o que a ajuda nas despesas e a criar os quatro filhos, sendo a mais nova de cinco anos.

Às 20h30, momento em que Juracy convidou a reportagem para entrar na casa dela, a água ainda escoava.  Na parede da sala, a cerca de meio metro do chão, a marca d’água por secar, mostrava até onde a enchente havia chegado. “Hoje até que foi rápido. Geralmente demora mais”, ironiza. “No domingo mesmo esta rua foi alagada três vezes seguidas”, conta a operária com rodo em mãos.

No próximo cômodo, os sofás comprados recentemente estão protegidos sobre uma cadeira e uma de suas máquinas de costura, que segundo ela não se fabrica mais. É possível avistar no cômodo à frente, no fim do corredor alagado, uma cama sem colchão.  “Há 13 anos é a mesma coisa”, desabafa. Há mais de uma década ela contabiliza perdas a cada chuva forte. “Há quatro anos foram três máquinas de costura na enchente. O prejuízo foi de cerca de R$ 6 mil. Hoje tenho quatro outras. Tive de parcelar em dez vezes”, relembra.

Na casa vizinha, no número 280, os vestígios de lixo e mato, a mais de um metro de altura em uma cerca mostram até onde a água chegou. A cena se repete nas demais residências. Juaracy ressalta a vontade de mudar do local, mas teme não encontrar um valor justo para seu imóvel. “Se hoje eu conseguir vender a casa, o dinheiro não vai dar nem pra morar na favela”, lamenta.  Ela classifica de absurda a cobrança de IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) feita pela prefeitura do município.

 “Acredito que o prefeito não deve saber que aqui inunda. Se soubesse não mandaria carnê”, disse. Ela guarda consigo três unidades intactas dos boletos, que ‘se recusa a pagar’. Por volta das 21h duas máquinas e dezenas de agentes, sob o comando de Carlos Senna, Coordenador-Geral da Defesa Civil de Taboão da Serra faziam a limpeza das ruas. De acordo com Juracy, a noite dela também seria bem comprida.

 “Só devo conseguir dormir por volta das 3h até arrumar toda a bagunça”, calculou a operária que se levanta às 6h para o trabalho.  

Estado de Alerta


O temporal que caiu sobre Taboão da Serra na tarde desta terça feira (14) elevou o município ao estado de alerta, segundo Carlos Senna, Coordenador-Geral da Defesa Civil do município. Neste estágio é grande a possibilidade de alagamentos, enchentes, inundação e deslizamento de encostas.  Senna acompanhava a limpeza da Rua Pará junto a agentes da Defesa Civil no começo da noite.

De acordo com os pluviômetros (aparelho utilizado para recolher e medir a quantidade de água em determinado tempo e local) pelo órgão para controle, choveu 42,5 milímetros por m². “No temporal de domingo, o percentual foi de 48 milímetros por m². Apesar de maior, hoje choveu com mais intensidade”, explicou Senna. “Entramos em estado de alerta”, completou.

A Defesa Civil recebeu na tarde e noite desta terça 40 solicitações de munícipes, a maioria delas para limpezas de ruas.  O trabalho foi feito na Avenida São Paulo, Avenida Intercap, Rua Minas Gerais, ambas no bairro Cidade Intercap e na Rua Maria Catarina Comino, no JardimTrês Marias.

Em casos de emergência, a Defesa Civil atende pelo telefone 199, discagem gratuita, 24 horas por dia. Ainda, pessoalmente, na Rua Áurea Tavares, 671, Jardim Vila Sônia. De acordo com a meteorologia, a tarde desta quarta feira deve ser bastante quente e seca com temperatura máxima de até 31ºC. Não chove.  

Marcos

O calor chegou a 37 graus na semana passada, e os políticos não fizeram nada, vou parar de pagar o iptu pra ver se eles se tocam e faz alguma coisa pela população sofrida do Taboão, que, aliás só sofrem por culpa deles, dos políticos.AFFF Ahh!!! O rio Danubio virou gelo, meu Deus vou avisar o prefeito.

20/08/2017

Programa Lado a Lado forma 777 alunos em Taboão da Serra

“O primeiro curso de que fiz no Jardim Saporito foi o de Manicure, em 2016. Não atuava neste...

17/08/2017

Creche no Tereza foi roubada 8 vezes esse ano, até chuveiro foi roubado

Pela oitava vez consecutiva, somente esse ano, bandidos invadiram a creche municipal Maria...

16/08/2017

Taboão da Serra intensifica ações de combate ao trabalho infantil

O combate à exploração do trabalho infantil tem sido uma das bandeiras defendidas pela...

15/08/2017

Vereadores fazem doação de agasalhos arrecadados na Câmara ao Centro POP

A Câmara Municipal de Taboão da Serra aderiu à campanha do agasalho e arrecadou mais de 500...

15/08/2017

Prefeitura de Taboão abre processo seletivo para contratar agentes de saúde

A Prefeitura de Taboão da Serra vai abrir processo seletivo para contratação de 56 Agentes...

13/08/2017

Vereador Allan Dias diz que prédio abandonado da DERSA serve a usuários de droga

Há tempos o prédio da SPMAR/DERSA no jardim Santa Mônica, em Itapecerica da Serra, está trazendo...

11/08/2017

Justiça extingue Ação Popular contra a Taxa do Lixo de Embu das Artes

A Justiça de Embu das Artes recusou e extinguiu pedido de abertura de Ação Popular conta a Taxa...

11/08/2017

Sabesp recomenda economia de água em Taboão da Serra, Cotia e Embu das Artes

A Sabesp realiza na noite desta quinta-feira (10 de agosto) reparo na estação elevatória de água...

10/08/2017

Prefeitura de Taboão oferece anistia em juros e multas para pagamento de imposto

Os moradores de Taboão da Serra, que estão em dívida com a Prefeitura, terão a oportunidade de...

08/08/2017

Jovens que morreram em acidente no fim de semana eram de Taboão e Embu

Famílias de Taboão da Serra e Embu das Artes estão de luto pela morte trágica de três jovens num...

23/08/2017

Levantamento indica causa de mortes de ciclistas; veja dicas de segurança

O Movimento Paulista de Segurança no Trânsito, programa do Governo do Estado de São Paulo,...

23/08/2017

Quer voltar a estudar? Matrículas estão abertas para jovens e adultos

Jovens e Adultos que desejam voltar a estudar para concluir os anos finais do Ensino Fundamental...

23/08/2017

Policial joga equipamentos de skate de jovens em córrego em Taboão

Um vídeo postado nas redes sociais no início da madrugada desta terça-feira (22) mostra um grupo...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.