Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Cotidiano

“Há 13 anos é a mesma coisa”, desabafa vítima de enchentes em Taboão

Por Edimon Teixeira | 15/02/2012

moca

Edimon TexeiraMoradora do Intercap enfrenta via crucis toda vez que há enchente em Taboão da Serra Galeria de Fotos

Juracy Veríssimo da Silva, 37 anos, costureira. A personagem da vida real que a reportagem do Jornal na Net apresenta a seguir é uma dos muitos taboanenses que passa pelo mesmo drama toda vez que a cidade enfrenta um temporal, como foi o que caiu sobre Taboão da Serra na tarde desta terça feira, (14). A chuva que a cidade enfrentou com cerca de uma hora e meia de duração, veio acompanhada de vento forte, raios, relâmpagos e granizo.

O piscinão do Jardim Cidade Intercap, coberto por lama, mato e lixo em toda sua extensão, já chegava ao seu limite de reserva de água 25 minutos depois do começo da chuva, que só parou por volta das 17h20. O que se viu depois que a água baixou foi um cenário de caos com as ruas das proximidades do reservatório cobertas de lama e moradores limpando a sujeira em suas casas e calçadas.

Foi nestas condições que a reportagem se deparou com Juracy, moradora da Rua Pará, 270, no bairro Cidade Intercap, há 13 anos. Ela concilia o expediente em uma fábrica de roupas na cidade pela manhã, com o trabalho o resto do dia em casa, para complementar a renda, o que a ajuda nas despesas e a criar os quatro filhos, sendo a mais nova de cinco anos.

Às 20h30, momento em que Juracy convidou a reportagem para entrar na casa dela, a água ainda escoava.  Na parede da sala, a cerca de meio metro do chão, a marca d’água por secar, mostrava até onde a enchente havia chegado. “Hoje até que foi rápido. Geralmente demora mais”, ironiza. “No domingo mesmo esta rua foi alagada três vezes seguidas”, conta a operária com rodo em mãos.

No próximo cômodo, os sofás comprados recentemente estão protegidos sobre uma cadeira e uma de suas máquinas de costura, que segundo ela não se fabrica mais. É possível avistar no cômodo à frente, no fim do corredor alagado, uma cama sem colchão.  “Há 13 anos é a mesma coisa”, desabafa. Há mais de uma década ela contabiliza perdas a cada chuva forte. “Há quatro anos foram três máquinas de costura na enchente. O prejuízo foi de cerca de R$ 6 mil. Hoje tenho quatro outras. Tive de parcelar em dez vezes”, relembra.

Na casa vizinha, no número 280, os vestígios de lixo e mato, a mais de um metro de altura em uma cerca mostram até onde a água chegou. A cena se repete nas demais residências. Juaracy ressalta a vontade de mudar do local, mas teme não encontrar um valor justo para seu imóvel. “Se hoje eu conseguir vender a casa, o dinheiro não vai dar nem pra morar na favela”, lamenta.  Ela classifica de absurda a cobrança de IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) feita pela prefeitura do município.

 “Acredito que o prefeito não deve saber que aqui inunda. Se soubesse não mandaria carnê”, disse. Ela guarda consigo três unidades intactas dos boletos, que ‘se recusa a pagar’. Por volta das 21h duas máquinas e dezenas de agentes, sob o comando de Carlos Senna, Coordenador-Geral da Defesa Civil de Taboão da Serra faziam a limpeza das ruas. De acordo com Juracy, a noite dela também seria bem comprida.

 “Só devo conseguir dormir por volta das 3h até arrumar toda a bagunça”, calculou a operária que se levanta às 6h para o trabalho.  

Estado de Alerta


O temporal que caiu sobre Taboão da Serra na tarde desta terça feira (14) elevou o município ao estado de alerta, segundo Carlos Senna, Coordenador-Geral da Defesa Civil do município. Neste estágio é grande a possibilidade de alagamentos, enchentes, inundação e deslizamento de encostas.  Senna acompanhava a limpeza da Rua Pará junto a agentes da Defesa Civil no começo da noite.

De acordo com os pluviômetros (aparelho utilizado para recolher e medir a quantidade de água em determinado tempo e local) pelo órgão para controle, choveu 42,5 milímetros por m². “No temporal de domingo, o percentual foi de 48 milímetros por m². Apesar de maior, hoje choveu com mais intensidade”, explicou Senna. “Entramos em estado de alerta”, completou.

A Defesa Civil recebeu na tarde e noite desta terça 40 solicitações de munícipes, a maioria delas para limpezas de ruas.  O trabalho foi feito na Avenida São Paulo, Avenida Intercap, Rua Minas Gerais, ambas no bairro Cidade Intercap e na Rua Maria Catarina Comino, no JardimTrês Marias.

Em casos de emergência, a Defesa Civil atende pelo telefone 199, discagem gratuita, 24 horas por dia. Ainda, pessoalmente, na Rua Áurea Tavares, 671, Jardim Vila Sônia. De acordo com a meteorologia, a tarde desta quarta feira deve ser bastante quente e seca com temperatura máxima de até 31ºC. Não chove.  

19/02/2018

Renato Oliveira é indiciado por atentado contra Binho e exonerado da prefeitura

A Polícia Civil indiciou na sexta-feira, 16, o subsecretário de Gestão Tecnológica e Comunicação...

18/02/2018

Agências bancárias da região fecham nesta segunda em adesão a greve nacional

Os bancos em Taboão da Serra, Embu e Itapecerica não irão abrir nesta segunda-feira (19) como...

17/02/2018

Embu das Artes celebra 59 anos de emancipação neste domingo

A cidade de Embu das Artes comemora no próximo domingo (18), 59 anos de emancipação...

15/02/2018

Itapecerica tem mais de 1.080 crianças realizando trabalho infantil, diz IBGE

Estudos recentes do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) apontaram que no...

07/02/2018

Moradores do Jardim São Marcos reclamam da frequente queda de energia

Moradores do Jardim São Marcos em Embu das Artes, estão reclamando das constantes quedas de...

09/01/2018

Moradores do Parque Adélia voltam a ficar ilhados após chuva em Itapecerica

Moradores do Parque Santa Adélia já não aguentam mais ficarem ilhados toda vez que chove....

08/01/2018

Corpo de Bombeiros orienta como prevenir acidentes domésticos nas férias

O tão esperado período de férias chegou. Junto, uma notícia preocupante, especialmente para os...

13/12/2017

Taboão da Serra celebra Dia Internacional da Pessoa com Deficiência

O Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência (CMPD), ligado à Secretaria de Assistência Social...

11/12/2017

Idosa de 76 anos desapareceu neste domingo em Taboão da Serra

Dona Ana Maria Barbosa, 76 anos,desapareceu quando estava indo para casa onde mora com a irmã e...

10/12/2017

Multidão lota Ginásio Ayrton Senna para acompanhar o Natal Nota 10

Mais uma vez uma multidão de pais e familiares de alunos compareceu ao Ginásio de Esportes...

21/02/2018

Operação Harpócrates prendeu 33 pedófilos em Taboão, Embu e região

A Polícia Civil de Taboão da Serra prendeu, na manhã desta terça-feira (20), 33 pessoas acusadas...

21/02/2018

Grávida de 9 meses está presa por furto de comida em um mercado de Taboão

Desde 28 de janeiro, Cristiane Ferreira Pinto, grávida de 9 meses e mãe de dois filhos – um de...

21/02/2018

Embu comemorou 59 anos em sessão solene e entrega de medalhas

A Câmara de Embu das Artes realizou sessão solene no domingo, 18, em celebração pelos 59 anos de...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.