Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Polícia

PMs acusados de decapitar deficiente são soltos em São Paulo

Por Outro autor | 14/02/2012

forum_1

DivulgaçãoNovo julgamento será marcado, ainda sem data para acontecer

Os policiais militares Moisés Alves Santos, Joaquim Aleixo Neto e Anderson dos Santos Salles, acusados de sequestrar e decapitar um deficiente mental foram soltos do Presídio Militar Romão Gomes, no Jardim Tremembé (zona norte de São Paulo), na última quinta-feira (9).

A decisão de soltar os três PMs foi tomada pelo juiz Antônio Augusto Galvão de França Hristov, da 1ª Vara Criminal de Itapecerica da Serra (Grande São Paulo). Eles são acusados ainda de integrar um grupo de extermínio conhecido como "Os Highlanders".

Ao lado do também PM Rodolfo Vieira da Silva, os três são réus pelo sequestro e morte do deficiente mental Antônio Carlos Silva Alves, 31, conhecido como Carlinhos. Como também é réu em um outro processo pelo sequestro e decapitação de outros dois jovens, o PM Silva permanece preso.

Os quatros PMs tinham sido condenados, em julho de 2010, a 18 anos e oito meses de prisão pelo crime. Eles sempre negaram o crime.

Em outubro de 2011, o Tribunal de Justiça de São Paulo anulou o júri que condenou os quatro PMs ao atender um pedido do advogado Celso Machado Vendramini, defensor dos réus.

Vendramini alegou que, durante a fase de debates do júri, o promotor Vitor Petri descumpriu uma ordem do juiz Hristov e exibiu uma camiseta com a foto de Alves e dizeres contra a polícia. O argumento é que a imagem poderia influenciar os jurados.

Em dezembro de 2010, os quatro réus foram demitidos da Polícia Militar.

Como não há previsão de agenda para que o novo julgamento dos PMs aconteça ainda neste ano, o magistrado Hristov decidiu soltá-los para até que o novo júri seja marcado.

HIGHLANDERS

Conhecido como Carlinhos, o deficiente mental Alves, segundo a Promotoria e a Polícia Civil, foi sequestrado pelos quatro então PMs em 8 de outubro de 2008, no Jardim Capela (zona sul de São Paulo).

O corpo da vítima, decapitado e sem as mãos, foi achado no dia seguinte, numa área de despejo de cadáveres em Itapecerica da Serra (Grande SP).

A hipótese da Polícia Civil e da Promotoria é que, numa abordagem dos quatro PMs, Carlinhos não tenha conseguido falar direito. Sem saber da deficiência, os policiais teriam interpretado como gozação e decidido matá-lo.

Com mais cinco PMs, os quatro policiais são acusados de integrar o grupo de extermínio "Os Highlanders", assim chamado porque cinco das 12 mortes atribuídas a eles teve decapitação. A Folha revelou a existência do grupo no dia 23 de outubro de 2008.

Informações da Folha divulgadas no site Midia News

22/05/2018

PM é encontrado morto com um tiro na perna em Embu das Artes

Um policial militar foi encontrado morto com um tiro de arma de f

18/05/2018

Polícia prende homem com carro clonado em Embu das Artes

Policias efetuaram a prisão de homem que dirigia um carro clonado na noite de quinta-feira 17 na...

18/05/2018

DHPP prende 76 homens em operação contra pedofilia em São Paulo

A Polícia Civil prendeu, até o momento, 76 pessoas que armazenavam e compartilhavam imagens...

18/05/2018

Polícia de Taboão prende dois suspeitos de roubo mostrados em reportagem

A equipe da Delegacia Seccional de Taboão da Serra prendeu em flagrante, na manhã desta...

18/05/2018

Família busca por menina de 13 anos que está desaparecida desde quinta 17

Uma adolescente identificada como Daniela Quiarelo, 13 anos, aluna da Escola Estadual Laurita...

17/05/2018

Operação de combate à pedofilia prende 132 pessoas em flagrante

O ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, afirmou que mais de 1 milhão de arquivos (entre...

17/05/2018

Empresário de Taboão morre durante assalto a padaria no Morumbi

Um homem morreu e um policial fiou ferido na noite desta quarta-feira (16), em um tiroteio...

16/05/2018

GCM prende dois suspeitos de assalto e receptação em Itapecerica da Serra

A Guarda Civil Municipal de Itapecerica da Serra prendeu, na tarde da última terça-feira (15),...

15/05/2018

Acusados de matar delegado da Polícia Federal no Morumbi moravam em Taboão

Os dois acusados de matar o delegado da Polícia Federal Mauro Sérgio Salles Abdo, baleado dentro...

23/05/2018

Caminhoneiros voltam a fechar BR em Embu das Artes contra preço do diesel

Pelo terceiro dia seguido, caminhoneiros protestam contra a alta no preço do diesel e bloqueiam...

23/05/2018

Johnatan Noventa aprova projeto para sinalizar locais com acidentes frequentes

Os vereadores de Taboão da Serra aprovaram por unanimidade, na sessão desta terça-feira, 22, o...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.