Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Transporte e Trânsito

Coletivos de Itapecerica viram caso de polícia

Por | 12/02/2012

van

Karen SantiagoMotoristas dos coletivos se agridem para transportar passageiros

A procura para transportar passageiros da linha Parque Paraíso – Pinheiros, em Itapecerica da Serra, deixou de ser uma disputa saudável entre motoristas de ônibus e microônibus da empresa Miracatiba. O motivo, ao que tudo indica, são os passageiros, uma vez, que a briga para quem consegue encher mais rápido os coletivos sempre termina em agressão.

De acordo com a polícia civil, que investiga o caso, ao todo quatro motoristas de lotações, tipo vans, acusados de agredir motoristas de ônibus já foram indiciados. Dois inquéritos já foram instaurados.

A polícia afirma que toda a briga começa na região de Pinheiros. Os motoristas das lotações fecham as ruas e não deixam os ônibus trafegarem. Eles têm que sair primeiro para pegarem os passageiros. As agressões são nos pontos de ônibus da região e também do bairro Parque Paraíso.

Ainda de acordo com a polícia civil, pelo menos dois motoristas de ônibus sofreram agressões graves e estão internados. A violência que eles passam já levou mais de cinco motoristas de lotações, a prestarem depoimentos. A polícia chegou até os acusados por meio de características dos mesmos, além dos prefixos dos coletivos.

Reclamações dos passageiros

Os passageiros dos ônibus e lotações da Miracatiba já reclamaram diversas vezes das condições dos coletivos, além da velocidade a qual os motoristas trafegam. Os passageiros dizem que se sentem como bois, ou no interior de uma lata de sardinha. As pessoas de mais idade, isentas de pagar condução, alegam que por este motivo, são deixadas nos pontos de ônibus e não são respeitadas pelos motoristas.

"A vontade de colocar mais passageiros dentro dos coletivos é maior que o respeito ao passageiro que pagou corretamente suas passagens. Quanto mais passageiros é melhor, dá mais lucro para eles. Eles (motoristas dos coletivos) não respeitam a quantidade de passageiros já existentes e colocam sempre mais e mais", reclamaram.

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.