Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

Cido quer anular votação das contas de Evilásio

Por Sandra Pereira | 10/02/2012

cido1

Arquivo Jornal na NetVereador vai entrar na Justiça e pedir cancelamento da sessão que aprovou contas de Evilásio em Taboão da Serra

O vereador José Aparecido Alves, o Cido, (DEM), revelou durante a audiência Pública da Comissão de Direitos Humanos na Câmara Municipal de Taboão da Serra que pretende pedir à Justiça o cancelamento da sessão que aprovou as contas do prefeito Evilásio Farias (PSB),  em Taboão da Serra.  Cido disse que está reunindo “elementos” que fundamentariam o pedido e afirma estar otimista que conseguirá anular a votação.  O vereador não revelou que elementos seriam esses.

A presidência da Câmara e a Procuradoria da Casa atestam que não há como cancelar a sessão, uma vez que ela ocorreu dentro da legalidade, seguindo todas as normas estabelecidas no regimento interno e na Lei Orgânica.

“Vou recorrer ao Judiciário para anular a aprovação das contas. O prefeito usou sem explicação de 1 milhão de recursos do Fundef e a meu ver isso precisa ser melhor investigado”, acusa Cido, que alega já ter reunido vasta documentação visando fundamentar o pedido.

Procurado pela reportagem do Jornal na Net o presidente da Câmara, vereador Macário, garante que não há nenhum “elemento” capaz de justificar uma decisão judicial anulando a sessão.  Ele disse acreditar que o vereador Cido está equivocado, ou mal orientado sobre a legalidade da sessão.

Já a Procuradoria da Câmara Municipal alega desconhecer qualquer motivo capaz de justificar a nulidade da votação das contas do prefeito EVilásio. A Procuradoria atesta que a votação ocorreu dentro dos trâmites legais.

Relembre Aqui como foi a votação das contas do prefeito Evilásio Farias.

oscar Ribeiro Colas

Com todo o respeito ao nobre representante do povo,o que ele quer é aparecer às custas do Prefeito. Falando nisso como vsi a CPI que o vereador preside, até agora nada de relatório ou conclusão. Como dizem os jovens... Se liga CIDO

Eliana

Hum milhão não é hum real. Ele tem q prestar contas até dos centavos. É sabido q a situação faz tudo que o evilásio manda, essa votação é duvidosa. Vai lá Cido, se precisar fazer abaixo assinado eu ajudo, e pode ter certeza a população assina.

Maria das Graças

Sr Luiz Claudio antes de postar um comentário se informe da votação, posso dizer com propriedade pois acompanhei a votação e sei quem votou e como votou, faça o mesmo.

Priscila

É isso ai Vereador Cido!! Tem que ficar em cima mesmo. Mtos dinheiros rolam nos bolsos deles, por isso que estam falando que não tem como. O Delegado, tem que ganhar esta eleição, só assim terminará de prender os que faltam. Se vc vier como candidato, ganhará novamente. Abraços

joão

O vereador cido começou o mandato até bem, de uns tempos pra cá está totalmente perdido, deve ter alguem por trás dele dando as cordenadas totalmente erradas, acorda cido.

debora

um abracinho recheiado

luis claudio

Mas o vereador Cido havia votado aprovando as contas do Evilásio...Estranho , né ?

joao

Ação de nulidade de ato administrativo. Se o Tribunal de Contas encaminhou as contas e as mesmas não foram votadas no prazo regimental, pode serem anuladas sim. No processo não se discute os votos mas eventual infringência ao regimento, sobretudo os prazos. Esta pode ser uma das nulidades.

ana paula

fato é que cada um dos vereadores devem ter ganhado um abracinho para votar a favor... agora nao tem jeito!

24/05/2017

Eduardo Nóbrega comemora aprovação das contas da Câmara de 2013 pelo TCE

O Tribunal de Contas de São Paulo (TCE) aprovou nesta terça-feira, 23, as contas da Câmara...

24/05/2017

Vereadores aprovam pedido de estudo sobre vale-transporte e dissídio dos servido

Os vereadores de Taboão da Serra aprovaram em regime de urgência na sessão desta terça-feira,...

23/05/2017

Juiz mantém decisão que obriga prefeitura a administrar cemitérios de Embu

O juiz da 1ª Vara Judicial da Comarca de Embu das Artes, Rodrigo Aparecido Bueno de Godoy negou...

22/05/2017

Embu é a cidade da região que mais recebe recursos do governo do Estado

Nos primeiros meses de 2017 Embu das Artes vem consolidando sua posição como a cidade da região...

19/05/2017

Lei da deputada Analice Fernandes protege mulher vítima de violência

Lei de autoria da deputada estadual Analice Fernandes de proteção a mulher vítima de violência...

19/05/2017

Comunidade japonesa homenageia Dr. Onishi por vitória na eleição em Taboão

O vereador de Taboão da Serra, Dr. Ronaldo Onishi, foi homenageado com diploma de Honra ao...

18/05/2017

Delação de donos da JBS envolvendo presidente agrava crise política no Brasil

O país amanhece perplexo com mais uma delação de corrupção. Desde vez a denúncia é de que o...

16/05/2017

Vereador afirma que roubos em Embu acontecem pra prejudicar Ney Santos

Os roubos e furtos a equipamentos públicos como creches, Unidades Básicas de Saúde e escolas...

16/05/2017

Escola do Legislativo de Taboão ganha sala de aula para ministrar cursos

A Câmara Municipal de Taboão da Serra viveu uma noite histórica, nesta segunda-feira, 15,...

13/05/2017

Câmara de Taboão aprova lei que amplia licença maternidade para 180 dias

A Câmara Municipal de Taboão da Serra aprovou por unanimidade de votos, na sessão do dia 9, o...

24/05/2017

Começa a obra de reconstrução do muro da Escola Estadual Antônio Ruy Cardoso

Após aprovada por unanimidade na Câmera de Vereadores, a reconstrução do muro da Escola Estadual...

24/05/2017

Vereadores cobram Bombeiros sobre AVCB do Pátio de Embu das Artes

Vereadores de Embu das Artes aprovaram durante a última sessão Legislativa um ofício ao Corpo de...

24/05/2017

Eduardo Nóbrega comemora aprovação das contas da Câmara de 2013 pelo TCE

O Tribunal de Contas de São Paulo (TCE) aprovou nesta terça-feira, 23, as contas da Câmara...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.