Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Cotidiano

Proibição de sacolas divide opiniões dos clientes

Por | 31/01/2012

sacola_1

Karen SantiagoSupermercado Santa Fé continua distribuindo sacolas plástica

O acordo entre a prefeitura de São Paulo com a Associação Paulista de Supermercados (APAS) que determinou, a partir do dia 25 de janeiro, a não distribuição das sacolinhas de plástico nos supermercados, continua sendo um dos principais assuntos discutidos entre os clientes das cidades de Itapecerica, Embu das Artes e Taboão da Serra.

Os clientes se mostram divididos com a mudança. Uns aprovam a decisão em prol do meio ambiente, outros por sua vez, criticam o acordo, que tirou de cena quase que 90% da distribuição gratuita de sacolinhas. O principal motivo para os que são contra o acordo se dá pela escassez da sacola, que era mais utilizada como saco de lixo.

Os clientes que quiserem a sacolinha de plástico, agora precisam comprar, no caixa dos supermercados. Os valores variam de nove a vinte centavos. Já as sacolas retornáveis, R$ 2 a 20,00. Apesar do acordo, que atingiu até uma padaria de bairro na cidade de Taboão, o supermercado Santa Fé, no Jardim Record continua distribuindo as sacolas normalmente.


A reportagem do Jornal na Net constatou a distribuição feita pelos empacotadores. Uma cena interessante chamou a atenção durante visita da reportagem. Uma senhora de mais ou menos 60 anos, consciente da determinação e mais ainda preocupada com o meio ambiente, esperou o empacotador colocar suas compras nas sacolas de plástico e com toda a paciência do mundo, retirou da bolsa uma sacola retornável e colocou todas suas compras dentro dela.

Para ela, não é admissível o supermercado ser o único da região a continuar distribuindo sacolas. “Não entendo porque isso (distribuição) continua aqui. Pensando na preservação do meio ambiente, trago a minha sacola retornável”, explicou Dona Ana.

O gerente do supermercado, Cláudio Rodrigues, afirmou que não cumpre com o acordo porque ainda não virou lei. Ele disse ainda que está aguardando o desfecho da determinação para pedir mais sacolinhas plásticas, enquanto isso usará as que estão no estoque.

“Como ainda não tem nada definitivo, continuo distribuindo e, além disso, realizo o trabalho de conscientização dos clientes em relação as sacolas retornáveis e até para usarem caixas de papelão para carregarem as compras”, frisou.

Clientes afirmaram que alguns estabelecimentos estão aproveitando a não distribuição das sacolinhas para venderem as plásticas como biodegradáveis. "Eles (os gerentes) estão agindo como oportunistas", denunciaram.

Conheça o texto do acordo que determina a proibição

Além do banimento da sacolinha, o texto prevê também que os estabelecimentos comerciais devem estimular o uso de sacolas reutilizáveis, que sejam confeccionadas com material resistente e que suportem o acondicionamento e transporte de produtos e mercadorias em geral.

Os comerciantes também serão obrigados a afixar placas informativas, com dimensão determinada, junto aos locais de embalagem de produtos e caixas registradoras, com o seguinte dizer: “Poupe recursos naturais! Use sacolas reutilizáveis”.

A proibição da sacolinha plástica não se aplica aos invólucros originais das mercadorias, às embalagens de produtos alimentícios vendidos a granel ou daqueles que vertam água. A fiscalização será feita pela Secretaria Municipal do Verde e do Meio Ambiente. A multa pode variar entre R$ 50 e R$ 50 milhões, segundo informações do site Exame

Confira como foi o primeiro dia sem sacolas plásticas nos supermercados da região, aqui e aqui.



22/11/2017

Taboão terá caminhada contra violência à mulher neste sábado, 25

A caminhada contra a violência à mulher vai fazer o próximo sábado, 25 de novembro, entrar na...

21/11/2017

Taboão terá caminhada pela paz e contra violência às mulheres dia 25 de novembro

O lançamento de uma ampla mobilização para uma caminhada histórica pelo fim da violência contra...

20/11/2017

Embu Summer Fest faz festas de lançamento em Embu e Taboão

Casa do Juvino e Boteco Seu Joaquim foram as baladas escolhidas para receber as festas que dão...

19/11/2017

Consciência não tem cor, mas a minha é negra e me ensinou desde cedo a lutar

Consciência não tem cor. Mas, a verdade é que se você ainda não tomou consciência de que a vida...

18/11/2017

Taboão Plaza Outlet recebe Papai Noel e lança promoção de Natal

No domingo, 26/11, a partir das 14h, o Taboão Plaza Outlet celebrará a chegada do Papai Noel em...

17/11/2017

Evento beneficente promete agitar Taboão da Serra no domingo, 26

Gente bonita, modelos, artistas, personalidades, palco repleto de atrações, além de muitos...

17/11/2017

Corpo de Thabata será sepultado no Cemitério da Saudade

Mulher que foi assassinada e teve o corpo descartado numa área do Jardim Santo Antônio, em meio...

16/11/2017

Família da mulher morta e jogada no lixão apareceu após apelo no Jornal na Net

A mulher que passou três dias sem identificação no IML de Taboão da Serra, depois de ser...

15/11/2017

Moradores de Taboão elaboram Projeto de Segurança Pública

Cansados da falta de segurança e de serem vítimas frequentes da criminalidade que assola o...

15/11/2017

Mulher jogada em lixão no Embu pode ser enterrada como indigente

A mulher morta encontrada seminua em meio a blocos, entulho e todo tipo de lixo no jardim Santo...

22/11/2017

Taboão terá caminhada contra violência à mulher neste sábado, 25

A caminhada contra a violência à mulher vai fazer o próximo sábado, 25 de novembro, entrar na...

22/11/2017

Jovem de Embu desaparecido na praia da Jureia, em Iguape, é achado em rio

O corpo do jovem turista morador de Embu das Artes, Alex Holanda, de 21 anos, que havia...

21/11/2017

Taboão terá caminhada pela paz e contra violência às mulheres dia 25 de novembro

O lançamento de uma ampla mobilização para uma caminhada histórica pelo fim da violência contra...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.