Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Meio Ambiente

Falta de água segue para o 5º dia: bicas viram alternativa em Taboão

Por Sandra Pereira | 9/02/2010

aguacapa.jpg

Moradores do Parque Pinheiros e região lotaram a biquinha

A chamada biquinha do Parque Pinheiros localizada na Avenida Laurita Ortega Mari acabou se transformando numa alternativa contra a falta de água em Taboão da Serra, que em alguns locais já segue para o 5º dia.

Moradores de várias partes da cidade chegaram a ficar até 2 horas na fila para pegar a aula na biquinha. Durante a tarde foi registrado tumulto e a polícia chegou a ser acionada para restabelecer a ordem.

A cena lembra uma situação comum nas cidades do nordeste brasileiro onde a falta de água é quase constante e as pessoas se amontoam em filas munidas de galões, garrafas pet e botijões em geral.

Nesta segunda-feira quase 100 pessoas entre crianças, jovens e adultos de todas as idades enfrentaram o sol forte e o calor para conseguir pegar água no local.

Seu Dioclécio Cabral mora numa rua paralela à Avenida Ortega Mari e várias vezes precisou enfrentar a fila para conseguir pegar água. Ele estava indignado, dizendo que pagou a conta de água antes do vencimento, como de costume.

“É um absurdo a gente pagar conta cara e não ter água. É uma falta de respeito com as pessoas”, reclamou. “Tanta chuva e a gente sem água”, completou a esposa dele.

Assim como o casal duas moradoras do Jardim Maria Luíza também enfrentaram horas de fila para conseguir pegar água. Elas são vizinhas e já falam até mesmo em se mudar para fugir do problema que está virando rotina.

“Está faltando água quase toda semana. Ninguém agüenta isso”, relata uma moradora.

Até mesmo os comerciantes da região acabaram pegando água na biquinha. Os funcionários de um açougue localizado na avenida levaram baldes, botijões, galões, garrafas, tudo que podia armazenar água.

“Não tem como a gente trabalhar sem água. Esse foi o único jeito”, afirmou um deles.

Na região do jardim Elisabeth os moradores também fizeram fila para conseguir pegar água numa bica. Elas acabaram se tornando uma alternativa já que em vários bairros da cidade e da região falta botijões de 20 litros para venda.

agua2.jpg

Moradores enfrentam sufoco para pegar água

agua3.jpg

Quantidade de pessoas na fila crescia a todo instante

agua1.jpg

Nos locais onde ainda há o preço do botijão de 20 litros já chega a R$ 6.00,00, quase o dobro do valor normal.

O trânsito nas imediações da biquinha ficou confuso ao longo do dia.

Em Embu das Artes o drama dos moradores atingidos pela falta de água não foi diferente. Em várias partes de São Paulo a população vem amargando há dias a falta de água.

A Sabesp alega que não tem previsão de quando o fornecimento de água será restabelecido. De acordo com a empresa 800 mil pessoas estão sem água e o fornecimento deverá ser normalizado gradativamente.

A Sabesp justifica que a falta de água é resultado do rompimento de  uma adutora da que fica no cruzamento das avenidas Chucri Zaidan e Roque Petroni no domingo. Entretanto, moradores de várias partes revelam que estão sem água desde sexta-feira a noite.

19/04/2018

Os planos de expansão da pedreira em Itapecerica da Serra:como afeta a população

A pedreira localizada no bairro de Itaquaciara, ao sul de Itapecerica da Serra, município da...

09/04/2018

Prefeitura de Itapecerica reabrirá Parque da Represinha no próximo dia 12

A Secretaria de Planejamento e Meio Ambiente, junto com Autarquia de Saúde da Prefeitura de...

28/03/2018

Temporal provocou alagamentos e deixou trânsito caótico em Taboão da Serra

As águas de março chegaram e, com ela, os problemas para quem precisa transitar pela Rodovia...

26/03/2018

Eleição para conselheiros da APA Santa Tereza tem inscrições abertas até 17/4

O Conselho Gestor de Área de Proteção Ambiental (APA) Santa Tereza, informa que a eleição para...

25/03/2018

Chuva que caiu em Taboão esta tarde causou alagamentos na Régis Bittencourt

A chuva que atingiu a cidade de Taboão da Serra na tarde desta terça-feira, dia 27, causou...

22/03/2018

Após risco de febre amarela, Cemucam será reaberto dia 30

A Secretaria do Verde e do Meio Ambiente da Prefeitura de São Paulo vai reabrir, em 30 de março,...

21/03/2018

Mudanças climáticas aumentam disputas judiciais por água e desafiam juízes

Em todo o mundo, juízes se deparam com a díficil tarefa de conciliar a aplicação de leis com a...

16/03/2018

Embu das Artes realizará neste domingo 18 o II Plantio Global

A Sociedade Ecológica Amigos de Embu em parceria com a Prefeitura de Embu das Artes irá realizar...

25/02/2018

Apesar de obras, São Paulo ainda precisa de chuva para evitar nova crise hídrica

Em março, enquanto especialistas e chefes de Estado estarão debatendo a gestão sustentável dos...

20/01/2018

Especialista diz que sociedade precisa estar preparada para viver com menos água

O diretor-presidente da Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento do Distrito Federal...

21/04/2018

Febre amarela continua se expandindo pelo país

Embora os casos confirmados de febre amarela tenham diminuído no Brasil nas últimas três...

21/04/2018

Candidatos desempregados aceitariam ganhar menos que no emprego anterior

Pesquisa divulgada pela Robert Half, empresa de recrutamento e seleção, mostra que 70% dos...

21/04/2018

Governo diz que terá de adiar reajuste de servidor para fechar contas em 2019

Para tentar impedir a paralisação da máquina administrativa e dos investimentos públicos no ano...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.