Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Transporte e Trânsito

Passageiros esperam quase uma hora por transporte

Por Ana Paula Timóteo | 16/01/2012

onibus

Ana Paula TimóteoOs veículos se revezam entre os itinerários em Embu das Artes

Os usuários que dependem do transporte público que faz a linha Jardim Batista - Hospital Pirajuçara, na cidade de Embu das Artes reclamam dos intervalos entre um coletivo e outro. 

As linhas da cidade são administradas pela cooperativa Coopercav, que disponibiliza para esse trajeto até o Hospital, 3 micro-ônibus, tirados da frota que contém 30 veículos que faz o trajeto do Jardim Batista ao Jardim Tomé, passando pelo centro da cidade. 

Segundo os usuários, existem dias que os intervalos chegam há quase 1 hora. "Sempre quando tenho consulta marcada espero muito tempo nos pontos de ônibus, preciso sair de casa muito tempo antes para não perder o atendimento. Isso porque a distância é bem curta", relata Marta Silva. 

O horário das lotações é designado pelos fiscais dos pontos finais de acordo com a demanda de passageiros. "Geralmente saí um veículo em direção ao Hospital Pirajuçara a cada 4 ou 5 que vai pro Embu, o fiscal que vai decidir, pode ser mais ou menos," diz o fiscal João Gonçalves. Deve ser levado consideração, que a linha principal tem um intervalo médio de 10 minutos, ou seja, os passageiros podem sim ficar um longo período nos pontos de ônibus a espera de transporte. 

Gonçalves revela que existe um número reduzido de passageiros que utilizam a linha em direção ao Hospital Pirajuçara. "Poucos veículos estão disponíveis porque temos um número baixo de passageiros, não compensa colocar mais carros para circular, muitas vezes eles vão e voltam vazios." No final de semana a frota é ainda mais reduzida. "No domingo, apenas dois carros fazem esse trajeto", diz Gonçalves.

As dificuldades aumentam ainda mais durante o período noturno, já que as lotações só trafegam até as 19 horas. Minha filha passou mal, esperei e nada do ônibus passar, acabei tendo que pedir carona", revela indignada a dona de casa Maria Rosa. 

Um cobrador que preferiu não ser identificado revelou que o horário é apenas um dos problemas. "Somos obrigados a fazer a linha do Hospital Pirajuçara já que eles só ficam até às 7 da noite, mudamos o nosso trajeto para atender uma obrigação que não é nossa, isso é errado", diz o cobrador. 

A equipe do Jornal Na Net entrou em contato com os responsáveis pela Cooperativa Coopercav, mas em nenhum momento um funcionário foi designado para esclarecer as questões. 

Cassiano

Detalhe que esta reportagem é de um ano atrás e as condições do transporte da linha JD. Batista/JD. Tomé, continuam da mesma forma, e é pior nos horários de pico, eu pego esta condução todos os dias pois é minha única alternativa, pego geralmente no horário de 12:30 13:00 e é um inferno, demora pra passar quando passa é lotado e muitas vezes você fica no ponto porque a situação é horrível, o horário da volta é pior ainda passa uma a cada 30 minutos e ainda lotada, eu pego no horário de 17:30 na ETEC, e é só por deus já cheguei em minha casa que é no JD. São Marcos 18:55, detalhe que estudo a noite, ou seja, tem dias que perco aula por causa do transporte público de baixa qualidade, além do mais alguns cobradores e motoristas já deixaram bem claro que os fiscais não liberam por causa da cooperativa que pede pra não liberar muitos carros, alguns já falaram que ficam 7 ou 8 carros parados lá esperando o fiscal liberar, enfim acho isso ridículo para uma cidade que se disfarça aos finais de semana aos turistas!

luis maciel ferreira

ate que horas da noite tem transporte pubrico saido de embu, pra santo eduardo?

Bruna

Engraçado, os ônibus demoram, não tem qualidade nenhuma, o aumento da passagem é constante até mesmo para solucionar eventuais problemas e cadê a eficácia dos responsáveis??? Pra que pagar tanto imposto por uma coisa que não vemos retorno algum para a sociedade???

Sebastião de Souza

Essa mesma linha: Jardim Batista-Jd.Tomé. Tem também de hora em hora um carro que passa por dentro do Jardim da Luz.É o mesmo problema...Não coloca mais carro por que não tem passageiros. Mas não tem passageiros porque não tem carro! Quem vai ficar parado no ponto uma hora? E chegar atraso no trabalho, escola, médico etc. Na dúvida todos do Jardim da Luz, caminham até o alto do Santo Eduardo. E o micro-ônibus fica vazio.

Márcio Amêndola de Oliveira

Ana Paula, Belo exemplo de jornalismo sério e pertinente, levantando um assunto relevante, de interesse público. O TRANSPORTE PÚBLICO é uma concessão, e não deve visar apenas LUCRO. A prefeitura, em casos de linhas deficitárias tem a obrigação de SUBSIDIAR o transporte para que os moradores não sejam prejudicados. Linhas regulares para o Hospital do Pirajussara devem ser colocadas à disposição da população, INDEPENDENTE DO LUCRO DA EMPRESA CONCESSIONÁRIA. Att Márcio Amêndola - Jornalista

ERIC OSHIMA

Bom dia, sou um dos responsáveis da coopercav e gostaria de saber quando foi feito o contato conosco, pois a Coopercav dispõe de um departamento operacional que faz estudos diários de demanda de passageiros em cada linha. è fácil criticar sem ter conhecimentos, estamos a disposição para qualquer esclarecimento, e aproveitamos o ensejo para convidá-los em uma visita em nossa Cooperativa, situada na Av Elias Yasbek, 2463 Centro Embu das Artes. Atenciosamente GESTOR GERAL Eric Oshima

11/08/2017

Prefeitura de Embu busca parceria com o DETRAN – SP

Com o objetivo de melhorar as questões administrativas no município de Embu, que envolvem tanto...

09/08/2017

Com obras de retorno, Jardim Pirajuçara vai ganhar fluidez no trânsito

A prefeitura de Taboão da Serra dá continuidade à série de obras para melhoria do trânsito,...

08/08/2017

Indicação de condutor infrator pode ser feita pelo site do Detran.SP

Quem recebeu multa do Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran.SP) por uma...

08/08/2017

Motociclista de Taboão morreu e teve perna arrancada em grave acidente

Mais um morador de Taboão da Serra morreu vítima de um grave acidente de trânsito. Na tarde...

07/08/2017

Tragédia: 3 pessoas morreram e 2 ficaram feridas em acidente perto da Régis

Um grave acidente de carro deixou três pessoas mortas na madrugada deste domingo (6) nas margens...

02/08/2017

Régis Bittencourt voltou a ser fechada em novo protesto contra Temer

Manifestantes contrários ao presidente Michel Temer ocuparam trechos das principais vias que dão...

30/07/2017

Cido comemora conquista de duas lojas de recarga do BOM para Taboão

O vereador José Aparecido Alves, o Cido, (DEM) comemorou a instalação de dois pontos de recarga...

21/07/2017

Atenção para o licenciamento: julho é o mês de veículos com placas final 4

Os proprietários de veículos com placas final 4 já podem fazer o licenciamento. A data limite...

21/07/2017

Prefeitura de Taboão intensifica fiscalização no transporte público

Extintores descarregados, saída de emergência sem lacre, vazamento de ar,lanternas danificadas,...

17/07/2017

Ruas do Santo Eduardo, em Embu das Artes recebem mutirão

As equipes das Secretarias de Serviços Urbanos e Mobilidade Urbana estiveram no Jd. Santo...

17/08/2017

Creche no Santa Tereza foi roubada 8 vezes esse ano

Pela oitava vez consecutiva, somente esse ano, bandidos invadiram a creche municipal Maria...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.