Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Transporte e Trânsito

Autopista Régis Bittencourt segue com a Operação Fim de Ano

Por Jodely Dias | 28/12/2011

br

Arquivo Jornal na NetOperação continua até o final de ano

Para agilizar o atendimento aos usuários durante o recesso de Fim de Ano, a Autopista Régis Bittencourt preparou uma operação especial para a BR-116 SP/PR, com recursos operacionais extras e um esquema diferenciado de tráfego para a descida e subida da Serra do Cafezal. Serão realizadas as operações de liberação do acostamento e implantação de faixas reversíveis, de acordo com o volume de tráfego e com a necessidade, com a autorização e apoio da Polícia Rodoviária Federal. É esperado um aumento de cerca de 35% no volume de tráfego em relação aos dias normais durante o período de recesso.

O reforço na operação de atendimento aos usuários começou na última quinta-feira, 22 de dezembro, e segue até o meio-dia da segunda-feira, 2 de janeiro. Durante este período, não serão realizadas obras de rotina, mas equipes estarão de prontidão para a realização de intervenções emergenciais. Em virtude da operação de final de ano, a Autopista Régis Bittencourt restringe a passagem de cargas especiais no período acima citado.

Confira a previsão de horários de maior movimento na rodovia: Dias e Horários / Operação Ano
29/12 (quinta-feira) – das 12h à 0h30/12 (sexta-feira) – das 6h à 0h31/12 (sábado) – das 4h às 16h01/01 (domingo) - das 14h à 0h02/01 (segunda-feira) – das 6h às 12h.

Operação Serra do Cafezal

Com o apoio e a autorização da Polícia Rodoviária Federal, a concessionária implantará um esquema operacional diferenciado na Serra do Cafezal, em Miracatu (SP), trecho entre o km 337 e o km 368 da Régis Bittencourt. O objetivo da operação é aumentar a capacidade de tráfego da rodovia, por meio da implantação de faixas reversíveis em trechos de contrafluxo e liberação do acostamento para o tráfego de veículos. O início e o término das operações são alertados por meio de placas e PMVs (Painéis de Mensagem Variável). A concessionária recomenda que os usuários fiquem atentos à sinalização.

Desvios de tráfego

A concessionária pede atenção aos usuários para dois pontos de obras que poderão interferir no tráfego na saída e volta do recesso: no km 312,4 (Ponte Rio São Lourencinho), no município de São Lourenço da Serra, pista sentido Curitiba; e no km 382,9 (Ponte Rio Itariri), no município de Miracatu, pista sentido São Paulo. Nos dois pontos o tráfego opera por uma faixa de rolamento. Também na pista sentido Curitiba, na altura do km 508, região de Cajati (SP), o tráfego é operado em faixa única por um desvio de 500 metros, devido a obras de recuperação do viaduto.  Outro desvio situa-se na altura do km 331, na pista sentido São Paulo, em Juquitiba (SP), onde o tráfego também é operado por uma faixa. A concessionária alerta que, devido ao aumento do volume de veículos, poderão ocorrer retenções de tráfego. A recomendação aos usuários é de que redobrem a atenção, reduzam a velocidade e respeitem a sinalização.

Atendimento mecânico

A concessionária disponibilizará dez guinchos extras, além dos 14 guinchos que normalmente operam na rodovia. Esses recursos estarão posicionados em locais estratégicos, no trecho entre o km 268 e o km 384, entre os municípios de Taboão da Serra até Miracatu. Painéis de mensagens variáveis (PMVs) indicarão as condições da rodovia e comunicarão o início e o término das operações de tráfego (liberação de acostamento e montagem e desmontagem de faixas reversíveis). Duas motocicletas da Autopista estarão em operação para auxiliar na inspeção da rodovia, especialmente para dar assistência nas áreas em que o tráfego apresenta maior fluxo.

Informações e atendimento a emergências

Uma frota de 14 ambulâncias, sendo cinco UTIs e nove ambulâncias de resgate, trabalha 24 horas para atender aos usuários. Pelo telefone 0800 70 90 116, o usuário pode solicitar atendimento de emergência na rodovia, tirar dúvidas sobre a concessão ou fazer reclamações e sugestões. O telefone 0800 717 1000 está disponível exclusivamente para o atendimento aos usuários com deficiência auditiva e da fala (deve ser acionado por aparelhos específicos e não aceita ligações de telefones convencionais ou celulares). Antes de iniciar sua viagem, é possível consultar as condições da rodovia pelo site www.autopistaregis.com.br.

Pedágio

A Régis Bittencourt possui cobrança de pedágio nos seguintes pontos:Km 299 – São Lourenço da Serra (SP)Km 370 – Miracatu (SP)Km 427 – Juquiá (SP)Km 485 – Cajati (SP)Km 542 – Barra do Turvo (SP)Km 57 – Campina Grande do Sul (PR) A tarifa básica é de R$ 1,70 em todas as praças; motos pagam R$ 0,85 e veículos comerciais pagam conforme o número de eixos. O reajuste anual da tarifa de pedágio praticada em todas as seis praças do trecho começa a valer a partir da zero hora do dia 29 de dezembro de 2011 (quinta-feira). De acordo com o Contrato de Concessão, assinado entre a Autopista Régis Bittencourt e a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) no dia 14 de fevereiro de 2008, está previsto um reajuste anual da tarifa, sempre na data de aniversário, 29 de dezembro. Diante disso, a tarifa básica passa de R$ 1,70 para R$ 1,80. 

Sobre a Autopista Régis Bittencourt

Concessionária responsável, desde 2008, pelos 402 quilômetros da Rodovia Régis Bittencourt (BR-116/SP/PR) que liga as cidades de São Paulo (SP) e Curitiba (PR). Durante os 25 anos do contrato de concessão, serão investidos R$ 3,8 bilhões em melhorias na rodovia.

Sobre a OHL

A OHL BRASIL é a maior companhia do setor de concessões rodoviárias do Brasil, em quilômetros administrados, com 3.226 quilômetros sob gestão de suas nove concessionárias nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Paraná e Santa Catarina: Autovias, Centrovias, Intervias, Vianorte, Autopista Fernão Dias, Autopista Fluminense, Autopista Litoral Sul, Autopista Planalto Sul e Autopista Régis Bittencourt. A OHL Brasil é uma empresa de capital aberto, com ações negociadas no Novo Mercado da Bovespa. É subsidiária da OHL Concesiones, empresa que desenvolve e investe em todo tipo de infraestrutura pelo sistema de concessão. A OHL Concesiones está presente no Brasil, Argentina, Chile, Espanha, México e Índia, e é uma das empresas da OHL, um dos grupos líderes de concessões e construção da Espanha, com experiência centenária. 

28/04/2017

Manifestantes fecham Régis param a região por causa da greve geral

A greve geral deflagrada em protesto contra as reformas da previdência e trabalhista...

28/04/2017

Ônibus intermunicipais param em adesão a greve geral contra as reformas de Temer

Os moradores de Taboão da Serra, Embu das Artes e Itapecerica da Serra que utilizam o transporte...

27/04/2017

Uber vai incentivar compartilhamento de carros no dia da greve

A Uber vai incentivar o compartilhamento de carros em São Paulo na sexta-feira. Várias...

20/04/2017

Audiência pública na Câmara Municipal discute polêmica de convivência

A Comissão de Trânsito e Transporte da Câmara Municipal de Taboão da Serra debateu nesta...

09/04/2017

Administração Jorge Costa pavimenta estrada no Potuverá em Itapecerica

A Prefeitura de Itapecerica da Serra, por meio de uma parceria com a iniciativa privada,...

09/04/2017

Avenida de Taboão ganha faixa reversível em caráter experimental

Uma faixa reversível foi implantada pela Secretaria de Transportes e Mobilidade Urbana de Taboão...

09/04/2017

Taboão implanta selo de qualidade no transporte público

Um adesivo quadrado, com cerca de 10 centímetros, mas com uma capacidade expressiva de armazenar...

09/04/2017

Autopista Régis Bittencourt implanta nova passarela em Itapecerica

A Autopista Régis Bittencourt realiza a implantação de uma nova passarela na BR-116/SP, na...

06/04/2017

Motorista de caminhão colide com 12 veículos e atropela idosa em Taboão da Serra

Um acidente provocado por um caminhão causou pânico na tarde desta quinta-feira (06), na Rua...

05/04/2017

Prefeitura de Taboão convoca moradores que trabalham com UBER para cadastro

 

A secretaria de Transporte e Mobilidade Urbana (SETRAM) de Taboão da Serra está convocando...

28/04/2017

Manifestantes fecham Régis param a região por causa da greve geral

A greve geral deflagrada em protesto contra as reformas da previdência e trabalhista...

28/04/2017

Ônibus intermunicipais param em adesão a greve geral contra as reformas de Temer

Os moradores de Taboão da Serra, Embu das Artes e Itapecerica da Serra que utilizam o transporte...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.