Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Polícia

Conseg de Itapecerica debate cultura e policiamento

Por | 13/12/2011

conseg

Karen SantiagoCultura, policiamento e despejo de entulho são discutidos no Conseg da cidade

“A cultura precisa ser valorizada e um espaço para os jovens colocá-la em prática criado na cidade. Estamos inseguros nos dois pólos de cultura no município, pois a sede da Associação Mais Gente já foi invadida duas vezes, já o Vasquinho, três. Os jovens precisam ter espaço público para fazer arte, grafite, andar de skate, dançar hip hop. A cidade não conta com políticas públicas direcionada aos artistas, já que quando eles estão grafitando a polícia ou guardas chegam e os tratam mal, arrancando o spray. Não pode fazer grafite nos muros? Queremos garantir o espaço dos jovens, porque hoje eles já não bebem pinga com coca-cola e sim, etanol com o refrigerante, porque eles não terem dinheiro e incentivo”, relatou emocionada a presidente da Associação, Elizabeth, na última reunião do ano do Conseg de Itapecerica da Serra.

Realizada na Paróquia Maria Mãe dos Caminhantes, bairro Parque Paraíso, nesta segunda-feira, dia 12 de dezembro, a reunião contou com a presença do tenente da polícia militar, Derzevic, delegado Marcelo e comandante da guarda civil municipal, Marques que responderam uma avalanche de perguntas dos cerca de 50 moradores.

Em resposta ao questionamento de Elizabeth, as forças policiais afirmaram que pichar os muros é proibido por lei, já grafitar não. De acordo com eles, prédio público (propriedade do município) não pode ser grafitado e nem pintado, já de particulares, podem com autorização do morador, por escrito e que seja de conhecimento da prefeitura. “Esse é um caso para ser resolvido por meio de políticas públicas, não pela polícia, que tem como dever evitar o delito. Se tiver autorização ninguém pode prender e pegar o spray”, explicou o Doutor Marcelo.

O constante despejo de entulho em ruas de diversos bairros da cidade também foi tema abordado na reunião. Segundo dois moradores os bota-foras e despejo irregular continuam e nenhuma ação efetiva da GCM é observada pelos moradores, uma vez, que de acordo com eles, é possível notar grande quantidade de entulho nas vias da cidade, mas não como antes, a qualquer hora do dia.

Marques comandante da GCM afirmou que os despejos não continuam como nos últimos meses, após a exoneração dos suspeitos e diversas apreensões que a corporação realizou. “O que acontece ainda são os despejos irregulares durante a madrugada. Mas, estamos fazendo um trabalho neste horário para coibir essa prática. Posso garantir que diminuiu 80% com o trabalho incansável da corporação. Ganhamos até elogios do Promotor de Meio Ambiente, Gustavo Albano”, frisou.

O uso de bebida alcoólica e entorpecente entre os jovens também foi ressaltado pelos presentes. De acordo com eles, a base móvel da polícia militar ajuda a inibir esse uso contínuo em diversos bairros da cidade.

O tenente Derzevik afirmou que a polícia militar teve aumento no número de efetivo após a transferência de alguns policiais. A Base Móvel, de acordo com ele tem o objetivo de prevenir o crime e serve para aproximar a corporação dos moradores, que podem tirar dúvidas com os policiais, “é até disponibilizado um sargento para esclarecer as dúvidas”, pontuou.

O número de viaturas também aumentou no horário mais crítico (bancário), além da Rocam (motocicletas), comentou o tenente. “Estamos preparados para atender esse tipo de ocorrência. Em relação aos menores, não são eles que são nossa prioridade, porque segurança se faz com transparência e profissionalismo e viaturas tem que estar em locais de maior incidência criminal, se deixarmos a viatura, no local, indicado pelo senhor (morador) que tem motocicletas empinadas a todo momento, seria um desperdício. Quando presenciar esse tipo de conduta acione 190”, disse.

Doutor Marcelo e tenente Derzevic afirmaram que esses problemas de jovens que empinam motos, usam drogas e bebidas alcoólicas são da própria sociedade. “Antigamente as leis eram mais duras. O cidadão sente fragilidade e comete o crie. Esse negócio de todo moleque de 13, 14 anos ter moto, aparecer em casa e não ser questionado pela família leva a prática do crime. Sociedade precisa fazer a sua parte, denunciar, conhecer e saber o que o filho faz dentro e fora de casa”, finalizou o delegado.

O pancadão que reúne jovens durante a noite, no Distrito do Jardim Jacira e o temor dos comerciantes em relação aos assaltos em plena luz do dia, que obrigaram os mesmos a contratar seguranças particulares, devido, segundo uma moradora, pela escassa presença da guarda civil municipal e polícia militar foi alvo de debate na reunião. Ela parabenizou pela presença da PM no pancadão.

Marques, comandante da guarda, afirmou que ele não tem efetivo para ficar o tempo todo no Jacira, já que trabalha com quatro viaturas durante o dia e somente duas a noite. O crescimento da cidade proporcionou esse número insuficiente de gcms, já que o número é o mesmo do que anos atrás. “Um concurso para aumentar o efetivo em mais 50 homens pode sair ano que vem, de acordo com o prefeito”, explicou.


22/11/2017

Jovem de Embu desaparecido na praia da Jureia, em Iguape, é achado em rio

O corpo do jovem turista morador de Embu das Artes, Alex Holanda, de 21 anos, que havia...

21/11/2017

Nova fase da Lava Jato investiga corrupção na Transpetro; alvo é um ex-gerente

A Polícia Federal (PF) cumpre hoje (21) oito mandados de busca e apreensão, cinco de condução...

21/11/2017

Presídios terão banco de dados sobre situação de detentos

Um sistema desenvolvido pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) vai reunir as informações...

20/11/2017

Criança de 11 anos foi sequestrada e estuprada por acusado de crimes sexuais

Uma menina de 11 anos, que mora com os pais no Parque Paraíso, em Itapecerica da Serra, viveu...

19/11/2017

Mortes decorrentes de intervenções policiais dobraram na região

Crédito do Texto: Por Carolina Bianchini e Rodrigo Emannuel

As mortes causadas por intervenções...

16/11/2017

Polícia prende foragido em flagrante por roubo de carga na Régis Bittencourt

Policiais da 4ª Cia do 36º BPM/M prenderam na noite desta quarta-feira (15), conseguiram efetuar...

16/11/2017

Dono de bar é preso com arma e munições em Embu das Artes

Um homem foi detido na noite desta quarta-feira (15), acusado de porte e posse ilegal de armas...

14/11/2017

Força Tática está treinando para voltar a atuar em Itapecerica e Embu-Guaçu

Aguardada com grande expectativa pelos moradores de Itapecerica, São Lourenço Juquitiba e...

13/11/2017

Mulher é achada morta em terreno baldio e cheio de entulho no Santo Antônio

Uma mulher sem vida foi encontrada num terreno baldio no meio do lixo, no jardim Santo Antônio,...

12/11/2017

ROCAM prende dois homens com simulacro de pistola em Taboão

Policiais da ROCAM do 36º BPM da 4º Cia efetuaram a prisão de dois homens com simulacro de...

22/11/2017

Taboão terá caminhada contra violência à mulher neste sábado, 25

A caminhada contra a violência à mulher vai fazer o próximo sábado, 25 de novembro, entrar na...

22/11/2017

Jovem de Embu desaparecido na praia da Jureia, em Iguape, é achado em rio

O corpo do jovem turista morador de Embu das Artes, Alex Holanda, de 21 anos, que havia...

21/11/2017

Taboão terá caminhada pela paz e contra violência às mulheres dia 25 de novembro

O lançamento de uma ampla mobilização para uma caminhada histórica pelo fim da violência contra...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.