Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

Taboão está preparada para modo petista de governar, diz Wagner Eckstein

Por Sandra Pereira | 12/12/2011

wagner_eckstein

Sandra Pereira Wagner Eckstein diz que PT de Taboão vive melhor momento na história da cidade  

O vereador e pré-candidato a prefeito pelo Partido dos Trabalhadores (PT), Wagner Eckstein, 49 anos, acredita que Taboão da Serra está preparada para receber o modo petista de governar, que segundo ele se caracteriza pela inclusão das pessoas por meio de políticas públicas em diversas áreas. Wagner garante estar preparado para o desafio de administrar a cidade, e, revela que o aprendizado na Câmara Municipal viabiliza a preparação política necessária. Ele avalia que a crise política enfrentada ao longo de 2011 fará da campanha de 2012 uma das mais delicadas na história. Entretanto, observa que as propostas defendidas pelo PT estão sedimentadas na vontade popular, o que facilitará a abertura do diálogo com os moradores.
 
O pré-candidato petista acredita que a conjuntura nacional favorável ao Partido dos Trabalhadores será decisiva para garantir a sua vitória rumo à prefeitura Taboão. Wagner Eckstein disse não ter dúvidas de que o PT será reconhecido, como já foi na vitória dos candidatos do partido nas últimas eleições. Para ele, as políticas sociais do governo Lula, que chegaram à cidade, os recursos que foram enviados pelo PAC e os investimentos em infraestrutura fazem com esse seja o melhor momento para o PT em Taboão, a despeito do partido ocupar a vice-prefeitura e ter pouca participação política no governo de Evilásio Farias.
 
“A cidade está pronta para receber as nossas propostas. Posso dizer que estou preparado intelectualmente, conheço a cidade por dentro, e politicamente. Além disso, o PT nos dá essa sustentação. Nós temos uma forma de administração reconhecida nacionalmente. O partido tem conteúdos programáticos, ideológicos e paradigmas que orientam a administração pública”, argumenta Wagner Eckstein.
 
Para ele as políticas sociais implantadas pelos governos petistas são um divisor de água na administração pública. O pré-candidato a prefeito diz que nos seus 30 anos de história o PT construiu um modelo de administração de inclusão e políticas sociais nas áreas de saúde, educação, moradia, esporte, cultura, transporte e infraestrutura em geral.


 Wagner Eckstein conta iniciar a corrida eleitoral com um percentual que varia entre 15 e 20% dos votos válidos de Taboão da Serra, tendo como base a performance do partido nas últimas eleições.  Ele disse que está se reunindo frequentemente com os demais partidos da base aliada, entretanto, até o momento nenhum deles oficializou apoio à sua candidatura a prefeito.


 O pré-candidato disse que vai apresentar à cidade propostas baseadas em quatro pilares: infraestrutura, política social, transporte público e saúde. Ele define infraestrutura, como sendo o cuidado físico com a cidade. “Muito foi feito mais ainda temos muito a fazer. No caso da coleta de lixo e reciclagem, por exemplo, avançamos pouco. O lixo orgânico deve ter uma destinação diferente do resíduo sólido”, pontua.


 Wagner observa que a crise política deflagrada após a prisão dos envolvidos na fraude do IPTU contribuiu para aumentar o desgaste da classe política da cidade, e, por outro lado, acabou sendo agravada e politizada tanto pela polícia quanto pela oposição.


 “Normalmente a população já vê os políticos de forma ruim. Depois do que aconteceu na cidade ficou pior. Vai refletir na eleição e os moradores vão cobrar explicações. Mas, também não dá pra negar que houve um direcionamento político em razão da crise. No decorrer dos meses isso vai ficar mais claro e a população terá a oportunidade de julgar os responsáveis e ver quem realmente é culpado”.


 Ele disse acreditar que o aumento do IPTU e a criação da Zona Azul  também serão explorados politicamente na eleição. Entretanto afirma que será preciso abrir um diálogo com a população mostrando os serviços implantados na cidade. “A população se dispõe a pagar desde que ela veja o retorno em serviços. Na campanha nos vamos mostrar isso. A cidade vai ter a oportunidade de debater e se autoavaliar”.


 O pré-candidato petista relata que é natural a mudança de postura na Câmara Municipal, e, antecipou que mesmo sem ter a intenção de rachar com o governo passará a ser mais crítico. Não se trata de rachar, mas temos de ser crítico mostrando onde tem que mudar. A sociedade entende o que é apoio e o que é ser governo. Existe diferença entre você apoiar e decidir”, aponta.


 Ainda em relação à infraestrutura, outro problema que ele aponta é a destinação do esgoto. De acordo com Wagner entre 30 a 40% do esgoto residencial da cidade é jogado em água pluvial e não na rede de esgoto. “Isso precisa ser enfrentado para se ter um cuidado com a cidade. Esse é um problema que precisa ser corrigido junto com a Sabesp”, afirma.


 No mesmo eixo, para o pré-candidato, a falta de acessibilidade é um problema grave na cidade. Outro desafio que ele enumera no segmento é a moradia. Wagner revela que a cidade tem 60 mil imóveis residenciais e comerciais. O vereador aponta que no cadastro da prefeitura constam apenas 40 mil. “20 mil existem de fato, mas não existem no cadastro. Isso significa uma desorganização do Poder Público, que deve ter acesso e regularizar essas áreas. Existem vários bolsões na cidade que necessitam de intervenção do Poder público. Nos oito anos do Evilásio houve avanços, mas ainda é preciso mais”, aponta.
 
 Já na área das políticas sociais Wagner Eckstein aponta que um dos maiores desafios é a melhoria da qualidade da educação. Para ele é fundamental ampliar a jornada das crianças na escola e ampliar o estímulo para que as crianças desenvolvam as habilidades artísticas, culturais e esportivas. “A prefeitura tem que ser mais agressiva, descentralizar o acesso à cultura e ao esporte, realmente dando mais oportunidade às crianças. Outro problema grave é o acesso às creches. Como vereadores somos muito demandados pela falta de vagas de creche que é um direito das mães trabalhadoras”, observa.


 Wagner Eckstein sustenta que o transporte público da cidade é de má qualidade e diz que é preciso determinação política para enfrentar e resolver o problema. “Somos uma cidade pequena e o transporte não chega de fato até a periferia. Não é ônibus que serve o usuário. É o usuário que pega o ônibus. Ele corre para pegar o transporte, fica nas grandes avenidas e depois vai para casa. Porque você não pode ter um transporte público que de fato chegue na periferia e tenha mais qualidade?”, questiona.


 A saúde é uma das áreas mais demandas e criticadas pela população de Taboão da Serra. Para o candidato petista a solução para os problemas na área passam pela atenção básica que será o alvo dele na área da saúde. Para Wagner Eckstein o foco do governo Evilásio Farias foi a abertura de novos serviços. Por sua vez, ele observa que é preciso garantir o acesso da mulher ao pré-natal, o acompanhamento dos diabéticos, hipertensos e o atendimento às crianças. “Investir na lógica do posto de saúde e do PSF será uma das nossas propostas”, antecipou.

16/01/2018

Inauguração do novo quartel do Corpo de Bombeiros de Taboão será dia 19

Nesta sexta-feira, 19, o governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin, a deputada estadual...

01/01/2018

Estado envia R$ 57,5 milhões para investimentos em 126 municípios paulistas

O governador Geraldo Alckmin autorizou nesta quinta-feira (28) o repasse do 15º lote de...

26/12/2017

PSB quer Hugo Prado candidato a deputado estadual e Márcio França a governador

A expressiva liderança do jovem presidente da Câmara Municipal de Embu das Artes, Hugo Prado,...

23/12/2017

Ney Santos cancela carnê do IPTU 2018; prefeitura vai cobrar igual a 2017

O prefeito Ney Santos anunciou em entrevista coletiva nesta sexta-feira (22) o cancelamento do...

22/12/2017

Alckmin libera recursos para Itapecerica, Embu das Artes e Embu-Guaçu

O governador Geraldo Alckmin autorizou nesta quinta-feira, 21, no Palácio dos Bandeirantes, o...

22/12/2017

Moradores de Embu das Artes farão ato contra o aumento do IPTU dia 27

Após receber os carnês de IPTU 2018 com valores elevados pela atualização da Planta Genérica e a...

19/12/2017

TJ acata ADIN do PT e suspende taxa do lixo 2017 de Embu das Artes

O Tribunal de Justiça de São Paulo acatou Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADIN), sugerida...

17/12/2017

Em clima festivo, Câmara de Taboão aprova novo estatuto da GCM

Em clima festivo e com discursos de elogios à Guarda Civil Municipal (GCM), os vereadores de...

15/12/2017

Vereadores comemoram a aprovação do novo estatuto da GCM de Taboão

A presidente da Câmara de Taboão da Serra, Joice Silva (PTB), revelou a satisfação de poder...

14/12/2017

Deputada Analice anuncia reformas em Escolas Estaduais de Taboão

Depois de uma reunião com o presidente do FDE - Fundação para o Desenvolvimento da Educação,...

16/01/2018

Inauguração do novo quartel do Corpo de Bombeiros de Taboão será dia 19

Nesta sexta-feira, 19, o governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin, a deputada estadual...

16/01/2018

Itapecerica e Embu arrecadaram juntas mais de R$ 4 milhões sobre pedágio em 2017

O ISS que incide sobre as tarifas de pedágio tem representado importante recurso para os 262...

16/01/2018

Divulgada lista com locais de exame do Vestibulinho das Etecs

Os candidatos inscritos no processo seletivo das Escolas Técnicas Estaduais (Etecs) para o...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.