Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Cultura

Parceria entre Prefeitura e produtor teatral leva cultura à melhor idade de Taboão da Serra

Por Prefeitura Municipal de Taboão da Serra | 14/11/2011

cultura1

Divulgação No fundo o prefeito Dr. Evilásio, ao lado da primeira-dama Roseane Farias, com grupo da melhor idade no hall do Teatro Jaraguá

No domingo (6), a Prefeitura Municipal de Taboão da Serra, através do Fundo Social de Solidariedade, levou mais de 50 idosos para assistir a peça “Três homens baixos”, no Teatro Jaraguá, em São Paulo. O projeto é resultado de uma parceria desenvolvida entre o Prefeito, Dr. Evilásio Farias, e o produtor Daniel Palmeira e visa levar cultura, através de peças teatrais, para a melhor idade taboanense.

Com o grupo, prestigiaram a peça o prefeito de Taboão da Serra, Dr. Evilásio Farias, a primeira-dama e presidente do Fundo Social, Dra. Roseane Farias, o vereador Aprígio, a esposa, D. Luiza Aprígio, Dr. Duillio Farias, Dr. Edson Farias, a esposa D. Marili, além das representantes do Fundo Social, Los Angeles Lopes e Celma Aparecida.

A parceria foi desenvolvida há cerca de três anos e desde então, mais de dois mil idosos de Taboão da Serra já puderam assistir espetáculos com renomados atores globais, como as peças “As pontes do rio Madison”, com Jussara Freire e Marcos Caruso; “Manual prático da mulher desesperada”, com Adriana Birolli e Alex Barg; “Meu filho sem nome”, com Aparecida Petrowky e Christiane Brasil; além do musical “Nara” com a atriz Fernanda Couto. A peça “Três homens baixo”, que trás no elenco os atores Francisco Cuoco, Orlando Vieira e Anselmo Vasconcellos, conta a história de três amigos que se encontram em um bar e, já alcoolizados, contam alguns dos seus maiores segredos.

Fernanda Valente, 66, é moradora do Jardim América e participa do grupo de ginástica no Parque das Hortências. Ela afirmou já ter assistido duas peças pelo projeto. Em meio a gargalhadas, a aposentada disse ter adorado o espetáculo. “Achei a peça muito engraçada, divertida. Eu já tinha assistido Nara, da última vez e, desta vez, assisti a Três homens baixos. Gostei muito da iniciativa e acho que deveria acontecer sempre” – afirmou.

O Fundo Social reveza as pessoas que irão assistir às peças teatrais. Além do grupo de ginástica do Pq. das Hortências, o projeto já levou participantes dos Centros de Convivência do Idoso (CCI) Maria Rosa e Vila Sonia; do Centro Social Urbano (CSU) e dos Núcleos Sócio Educativos (NSE), como o do Jardim Saporito. “O prefeito, Dr. Evilásio, escolhe qual grupo irá assistir as próximas peças. Nós comunicamos e verificamos quais pessoas estão interessadas em participar. Em alguns casos, quando muitas pessoas se interessam, como o Cepim, precisamos fazer sorteio para saber quem irá. Este não foi o caso do Pq. das Hortências, pois o grupo é menor” – disse Los Angeles.

A aposentada Clotilde Lopes, 77, está ansiosa para assistir as peças na próxima vez. Ela não participou da aula de ginástica no dia em que o grupo foi avisado, porque o marido estava doente e as amigas esqueceram de colocar o nome dela na lista de interessados. “Eles (os que assistiram a peça) não paravam de rir durante a aula, só lembrando da peça. Eu não pude ir desta vez, mas fiquei muito animada e na próxima vez que tiver eu irei, com certeza” – afirmou.

O Fundo Social pretende levar, ainda este ano, mais dois grupos para assistir a peça “Três homens baixos”. A Prefeitura de Taboão da Serra também pretende beneficiar com o projeto os funcionários do Programa de Apoio Profissional (PAP), que oferece a quase mil trabalhadores de baixa renda a possibilidade de inserção no mercado de trabalho.

Vera Sampaio

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.