Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Saúde

Casos de Dengue na região podem aumentar neste verão

Por Karen Santiago | 25/10/2011

dengue

Arquivo Jornal na NetPneus abandonados ao ar livre podem acumular água e criar criadouros do mosquito da Dengue

A proximidade do verão acompanhado de tempo seco e temperaturas nas alturas preocupa as cidades da região em relação ao aumento do número de casos da Dengue, doença recorrente na estação mais quente do ano. Para evitar a aglomeração das larvas do mosquito Aedes Aegypti os municípios de Itapecerica, Embu das Artes e Taboão da Serra estão redobrando e intensificando os cuidados.

“É esperado para este verão, entre os meses de dezembro a abril um pico (aumento) de números de casos, em relação ao ano passado, nas cidades da região”, afirmou o Diretor de Vigilância Epidemiológica de Itapecerica e Taboão, Milton Parron.

Segundo Parron esse aumento da doença já esperado se dá por meio de estudos como: “comportamento do mosquito, locais que as larvas se escondem, quanto tempo permanecem vivos para picar as pessoas”, disse..

As três cidades tomam providências parecidas para tentar combater novos casos e também aumento de criadouros. “São realizadas assistência de casa em casa, divulgação do que o munícipe deve ou não fazer para combater a doença, informação de quais são os principais sintomas da doença, eliminação de criadoros. O trabalho acontece durante o ano todo, mas nessa época que o aumento é excessivo o cuidado é redobrado”, garantiu Milton.

De acordo com ele cerca de 80% dos casos quando autóctones são de criadouros dentro das residências [no quintal], “por meio dos vasos que ficam com água parada, pneus, tampas de garrafa, até em casca de ovos já encontramos as larvas da Dengue”, explicou Parron.

Casos de Dengue em 2010:

Dados divulgados com exclusividade ao Jornal na Net no início do ano, apontaram que a cidade de Taboão da Serra ultrapassou Embu das Artes em número de casos de Dengue no ano passado. Taboão contabilizou 273 casos suspeitos, destes 219 foram confirmados sendo 129 autóctones (contraídos no município) e 90 importados.

Em Embu das Artes foram registrados 131 casos, sendo 87 autóctones e 44 importados. Já em Itapecerica, foram notificados (suspeitos) 30 casos, onze deles se confirmaram e são importados.

Plano de combate à dengue para 2011 e 2012

No início do mês de setembro prefeitos de 283 municípios de São Paulo, entre eles, das cidades de Itapecerica, Embu das Artes e Taboão da Serra se reuniram na capital paulista com o secretário estadual de Saúde, Giovanni Guido Cerri, para o lançamento de um plano de combate à dengue para 2011 e 2012.

As três cidades são consideradas pelo governo como uma das mais vulneráveis para a circulação do vírus causador da doença no Estado. De acordo com a secretaria paulista de Saúde, o Plano Estadual de Intensificação das Ações de Vigilância e Controle da Dengue terá este ano "medidas diferenciadas" em relação às ações implementadas nos anos anteriores.

O encontro teve como objetivo, segundo a secretaria, de mobilizar as prefeituras para o combate à dengue, já que os municípios têm a responsabilidade de criar ações para controlar os criadouros do mosquito transmissor da doença. Ainda segundo a pasta, a constatação do subtipo 4 do vírus da dengue amplia o número de pessoas expostas à doença, aumentando, assim, o risco de casos graves e de mortes. "Por isso esta mobilização é fundamental para que os municípios estejam preparados tanto do ponto de vista de controle do vetor quanto na adequada assistência médica aos pacientes com suspeita de dengue", afirma Cerri, por meio de nota da secretaria ao jornal estadão (http://www.estadao.com.br/noticias/cidades,sp-reune-283-municipios-para-lancar-plano-de-combate-a-dengue,780381,0.htm).

Saiba como não contrair a Dengue

A dengue é transmitida pela picada do mosquito Aedes aegypti infectado. A fêmea pode colocar até 200 ovos por vez e as larvas saem e de cinco a sete dias se transformam em mosquitos na fase adulta. Mas não basta retirar a água o local tem que ser limpo, pois os ovos resistem, por até um ano, aderidos à parede do recipiente. “A Fêmea pica durante o dia”, ressaltou Milton Parron.

Por isso é importante os moradores redobrarem os cuidados para não permitir que objetos do dia-a-dia tornem-se criadouros do mosquito como os recipientes que acumulam água. Lembre-se, não basta retirar a água, tem que mantê-los limpos. As caixas d’água devem ser mantidas fechadas e colocar telas no “ladrão”. Quando utilizar tonéis para armazenar água, não se esqueça de mantê-los fechados e procure limpá-los semanalmente.

As calhas entupidas e lajes também podem ser grandes criadouros. É importante verificar periodicamente esses locais e remover a água acumulada. Os pratinhos de plantas devem ser limpos semanalmente ou colocar areia até a borda. Já para as plantas aquáticas, os vasos devem ser lavados com água e sabão, utilizando uma escova, ao menos uma vez na semana. E por fim, manter os sacos de lixo fechados e as lixeiras tampadas que impede, ainda, a aproximação de outros animais que podem trazer doenças como os ratos. 

Veja os sintomas da dengue:
• Febre alta
• Dor de cabeça
• Dor atrás dos olhos
• Dor no corpo e nas juntas
• Manchas vermelhas pelo corpo

Em caso de suspeita de Dengue não deixe de ir ao Pronto Socorro ou Unidade Básica de Saúde mais próxima de sua residência.

Valdemar Weishaupt

Estive recentemente visitando as áreas do Clube Delfim Verde (Itap. da Serra), e notei que além da piscina abandonada e verde, todas as áreas de tratamento, bombeamento e demais abaixo do nivel do solo encontram-se cheias de água parada e estagnada. Será que não temos focos de Dengue no local? encontrei pessoas e crianças bem próximas destes locais.

18/06/2017

Profissões: no Icesp, equipe se especializa em tratar ‘dor da alma’

Dizem que na vida só há uma certeza: a de que todos somos finitos. Como lidar com essa verdade,...

13/06/2017

Excesso de peso matou 4 milhões de pessoas no mundo em apenas um ano

Estudo feito pela Universidade de Washington aponta a obesidade como uma crise de saúde pública...

09/06/2017

Simulado Start é aplicado para profissionais do SAMU de Taboão

Profissionais do SAMU de Taboão da Serra (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) participaram...

09/06/2017

Insônia pode ser intensificada com mudanças climáticas drásticas

A insônia pode aparecer por diversos motivos, como ansiedade, estresse ou depressão. Mas...

09/06/2017

Prefeitura de Taboão imuniza 54 pessoas em situação de rua contra a gripe

A Prefeitura de Taboão da Serra realizou na quinta-feira, 8 de junho, um mutirão de vacinação...

09/06/2017

Secretaria de Saúde de Taboão lança Programa Rede de Proteção ao Adolescente

O Programa Rede de Proteção ao Adolescente lançado em Taboão da Serra pela Secretaria de Saúde...

06/06/2017

Governo do Estado de São Paulo solicita 31 milhões de doses extras da vacina

Diante da recomendação feita na última sexta-feira, 2, pelo Ministério da Saúde em ampliar a...

04/06/2017

Vacina contra o vírus H1N1 é prorrogada até o próximo dia 09

O Ministério da Saúde prorrogou até o dia 09 de junho a campanha de vacinação contra o vírus...

03/06/2017

ANS determina suspensão da venda de 38 planos de saúde

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) determinou a suspensão da comercialização...

02/06/2017

Conheça o esporão e entenda como ele prejudica a saúde dos pés

A entesopatia de calcâneo, ou esporão de calcâneo, é uma doença que ocorre por conta da...

23/06/2017

Vereadores de Itapecerica pedem criação de 3º Companhia da PM

A segurança pública vem sendo tema frequente durante as sessões na Câmara Municipal de...

23/06/2017

Inverno chegou, vai fazer frio, mas temperaturas estarão na média

E o frio chegou, o inverno começou as 01h24 desta quarta-feira (21), para quem gosta de frio já...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.