Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Transporte e Trânsito

Mortes na Régis Bittencourt tem queda acentuada

Por | 25/10/2011

br

Karen Santiago BR-116 tem recuo de 34% de mortes de janeiro a setembro se comparado com 2010

O número de mortes na Rodovia Régis Bittencourt registrou queda de 34% entre os meses de janeiro e setembro de 2011, na comparação com o mesmo período do ano passado. Ao todo 103 pessoas morreram na via neste ano, já em 2010, o número constatado foi de 157 óbitos. Este foi o recuou mais acentuado se comparado as outras rodovias federais administradas pela concessionária OHL. Os dados foram divulgados nesta segunda-feira, 24.

O levantamento também indica queda de 13,4% do número de mortes nas demais rodovias federais. Mortes - Autopista Fernão Dias (-8% com 151 mortes para 164 em 2010), Autopista Fluminense (-11%. 120 em 2011 para 135 no ano passado), Autopista Planalto Sul (-16,4%. Com 56 óbitos este ano para 67 em 2010) e por fim Autopista Litoral Sul (9% de queda. Com 119 pessoas mortas e 111 no mesmo período do ano passado).

As cinco concessionárias federais da OHL Brasil já investiram mais de R$ 2 bilhões em obras e melhorias nas rodovias, desde fevereiro de 2008, data da assinatura dos Contratos de Concessão. As rodovias contam hoje com 260 frentes de obras nas rodovias, com 3.360 operários envolvidos em intervenções como a duplicação de 11 quilômetros na Serra do Cafezal. Os investimentos estão em ritmo acelerado, especialmente após a liberação das licenças ambientais para o início das obras de duplicação da BR-101/RJ e da BR-116 no Paraná. 

As rodovias federais sob administração da OHL Brasil ainda oferecem serviços de atendimento aos usuários com socorro médico e mecânico, resgate de animais, inspeção de tráfego e atendimento 24 horas via 0800. Desde agosto de 2008, estão à disposição dos usuários Bases Operacionais distribuídas ao longo das rodovias, 66 ambulâncias, 57 guinchos, 10 caminhões de apoio ao combate a incêndio, 10 caminhões para resgate de animais e 36 viaturas de inspeção de tráfego, entre outros recursos.

Além dos investimentos em melhorias nas rodovias, as concessionárias de rodovias federais da OHL Brasil realizam anualmente uma série de ações sobre segurança no trânsito para motoristas, motociclistas, ciclistas e pedestres. Nessas campanhas, os usuários recebem orientações técnicas e de qualidade de vida, instalam itens de segurança em seus veículos e passam por exames básicos de saúde, gratuitamente. Desde 2008, ano em que as ações foram iniciadas, cerca de 10.500 pessoas já foram atendidas em mais de 60 campanhas.

Com informações de Jodely Dias

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.