Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

Câmara muda áreas de ZEIS e favorece construtoras

Por Sandra Pereira | 19/10/2011

moradia

Sandra PereiraIntegrantes dos movimentos de moradia de Taboão mostram área modificada por emenda dos vereadores Macário e Noventa Galeria de Fotos

Com os vereadores divididos e os integrantes dos movimentos de moradia exaltados a Câmara Municipal de Taboão da Serra aprovou nessa terça-feira, 18, várias emendas ao Plano Diretor da cidade alterando o zoneamento da Área de Interesse Social nº7 localizada na rua Cesar Simões, no Jardim Helena, uma das mais importantes áreas de interesse social do município.O local passou a ser denominado Zona Mista.

 A mudança de nomenclatura da área, uma das últimas da cidade, permite a sua venda para empresas do segmento habitacional e retira a obrigatoriedade delas darem contrapartida à cidade, a chamada outorga onerosa. 

A área tem 80 mil metros quadrados e já foi ocupada pelo MTST três vezes. Os movimentos de moradia de Taboão ainda não tinham projeto para utilização do terreno.

A aprovação das emendas mudando o zoneamento revoltou os representantes dos movimentos de moradia da cidade, cuja maioria é militante do Partido dos Trabalhadores. Vários deles acabaram batendo boca com o presidente da Câmara, vereador José Macário, um dos autores do projeto. Houve vaias e gritos de protesto contra ele. Wagner Eckstein (PT) votou contra as emendas assinadas por Macário e Valdevan Noventa. 

A votação rendeu um amplo debate entre os vereadores. Mais o que acabou marcando a sessão foi o embate entre Macário e os militantes do PT que chegaram a ameaçar levá-lo ao Conselho de Ética do partido, sob a acusação de que Macário votou contra os trabalhadores da cidade. No mesmo tom de indignação outros presentes protestavam alegando que a mudança deveria ser debatida em audiência pública de revisão do Plano Diretor.

“Ele está votando por ele, e, não pelo PT. Vamos discutir isso internamente no partido. Macário como você vai pedir voto de trabalhador depois de acabar com o direito deles de ter uma casa?”,  repetiam os integrantes dos movimentos de moradia.

Na mesma sessão os vereadores aprovaram o  projeto 025/2011 de autoria do Executivo, alterando a destinação de um terreno no Jd. Monte Alegre para a construção do Senac. O local era indicado no Plano Diretor como zona residencial.

Desde o começo da votação o vereador José Aparecido Alves, o Cido declarou voto contrário ao projeto alegando que ele precisava ser debatido já que muda o futuro da habitação na cidade. O vereador Paulo Félix também votou contra o projeto de mudança da área.


18/10/2017

Taboão teve sessão histórica para as mulheres e com aprovação de leis

O grito silencioso das mulheres vítimas de violência ecoou com força e fez da sessão desta...

17/10/2017

Reforma eleitoral abre espaço para propaganda paga em sites

A reforma eleitoral, aprovada no Congresso Nacional e sancionada recentemente pelo presidente...

15/10/2017

Ney Santos fará reforma no governo de Embu, João Ramos deixará prefeitura

O prefeito de Embu das Artes, Ney Santos (PRB) vai anunciar nos próximos dias uma reforma...

13/10/2017

Câmara Municipal aprova reajuste de abono para servidores

Os vereadores de Taboão da Serra aprovaram na última terça-feira, dia 10, por unanimidade, um...

11/10/2017

Convenção realizada no domingo elegeu novo diretório do PSDB de Itapecerica

O diretório municipal do PSDB de Itapecerica da Serra realizou, no último domingo (8 de...

11/10/2017

STF deve decidir hoje se Congresso pode rever medidas contra parlamentares

O Supremo Tribunal Federal (STF) deve decidir hoje (11) se parlamentares podem ser afastados do...

11/10/2017

Analice intercede por liberação de recursos para Embu das Artes

O prefeito de Embu das Artes, Ney Santos e a deputada estadual Analice Fernandes participaram de...

10/10/2017

Ney Santos lança Cartão Cidadão prometendo economia de recursos públicos

Anunciado como a maior ferramenta de gestão tecnológica de dados de toda a região, o Cartão...

18/10/2017

Taboão teve sessão histórica para as mulheres e com aprovação de leis

O grito silencioso das mulheres vítimas de violência ecoou com força e fez da sessão desta...

18/10/2017

Aneel autoriza reajuste nas contas de luz de consumidores do DF, GO e SP

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) autorizou hoje (17) reajustes nas contas de luz...

18/10/2017

MPF e MPT recomendam revogação de portaria que muda regras do trabalho escravo

O Ministério Público do Trabalho (MPT) e o Ministério Público Federal (MPF) recomendaram ao...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.