Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Polícia

Conseg: PM e GCM de Taboão recebem críticas

Por | 30/09/2011

conseg_1

Karen SantiagoCapitão Will e comandante Fagundes ouvem e respondem críticas de moradores

Falta de homens, truculência, demora e atendimento escasso do trabalho da polícia militar e guarda civil municipal foram os principais assuntos abordados na reunião do Conseg Monte Alegre, nesta quinta-feira (29), em Taboão da Serra. Cerca de 50 moradores participaram ativamente do encontro, que acontece toda a última quinta-feira de cada mês. O pedido de patrulhamento constante foi unanime.

Uma visível insatisfação perante a atuação das corporações da cidade, que por sua vez, “colocam medo nos moradores”, segundo eles, seguida de indignação com o tratamento perante aos munícipes e falta de comprometimento foram questionados ao capitão Will (PM) e comandante Fagundes (GCM).

Possíveis delações dos moradores denunciantes sobre os diversos delitos que assolam os bairros do município como tráfico de drogas, roubos a pessoas e veículos, além de furtos também foram temas levantados pelos moradores que alegam não saber mais a quem devem recorrer diante de tantos problemas.

“A cidade já não conta com políticos de confiança. A polícia que deveria nos proteger, causa medo, não atende o chamado quando solicitado e não respeita os moradores. A GCM não sei para que existe, já que nunca atende o telefone (153). A quem vamos recorrer para uma solução dos problemas que cada bairro da cidade apresenta”, disse uma moradora indignada.

“Se a gente for depender dessas pessoas (políticos, polícia e GCM) estamos à mercê da criminalidade. Quando ligamos no 190 esperamos proteção, mas nenhuma viatura aparece quando chamada. Desisto de recorrer a polícia. Os moradores estão descrentes”, observou um morador.

De acordo com os moradores, é escasso o patrulhamento das corporações nas ruas dos diversos bairros que o município compreende. “Pedimos pelo menos o patrulhamento, para garantir a nós (munícipes) a sensação de segurança e para que os crimes sejam prevenidos, para que não sirvam apenas como estatística ”, completou outro munícipe.

Segundo o capitão da polícia militar, Will, ele faz o possível com os veículos e os homens que conta na 4ª Companhia. “Aloco (direciono) o patrulhamento basicamente após estudos (análises) de boletins de ocorrência, informações da comunidade, noticiais de jornais em papel e eletrônicos e onde há o maior número de ocorrências. Minha prioridade zero é roubo a pessoas e veículos”, afirmou.

O capitão informou que ao todo, 40 indivíduos são presos por mês pelos policiais da companhia, mais de 5 mil ocorrências são atendidas por mês e destas, 4.500 são de cunho social (problemas nas residências [brigas], acidentes sem vítima, desabafo de moradores), “atendimentos como esse é uma viatura a menos”, observa.

Em relação ao atendimento, Will afirmou que é necessário, já que esses problemas de falta de comparecimento da viatura estão acontecendo, exigir a viatura. “É direito de vocês, exijam”, completou.

A demora na elaboração do Boletim de Ocorrência também foi debatida. Os moradores afirmaram que quase ninguém faz B.O, “por tomarem chá de cadeira”, disseram. Denúncias de locais que contam com tráfico de drogas, estupro e roubos foram indicados para as autoridades.

A importância do Boletim de Ocorrência e da presença dos moradores na reunião foram levantadas por Maria de Lourdes (ACE de Taboão), Maria Amélia (Coordenadoria da Mulher) e Cida Borges (presidente do Conseg).

 

22/11/2017

Jovem de Embu desaparecido na praia da Jureia, em Iguape, é achado em rio

O corpo do jovem turista morador de Embu das Artes, Alex Holanda, de 21 anos, que havia...

22/11/2017

Ney Santos apresenta ROMU e entrega viaturas da GCM em clima de festa

A apresentação dos Guardas Civis Municipais escolhidos para integrar a Ronda Ostensiva Municipal...

21/11/2017

Nova fase da Lava Jato investiga corrupção na Transpetro; alvo é um ex-gerente

A Polícia Federal (PF) cumpre hoje (21) oito mandados de busca e apreensão, cinco de condução...

21/11/2017

Presídios terão banco de dados sobre situação de detentos

Um sistema desenvolvido pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) vai reunir as informações...

20/11/2017

Criança de 11 anos foi sequestrada e estuprada por acusado de crimes sexuais

Uma menina de 11 anos, que mora com os pais no Parque Paraíso, em Itapecerica da Serra, viveu...

19/11/2017

Mortes decorrentes de intervenções policiais dobraram na região

Crédito do Texto: Por Carolina Bianchini e Rodrigo Emannuel

As mortes causadas por intervenções...

16/11/2017

Polícia prende foragido em flagrante por roubo de carga na Régis Bittencourt

Policiais da 4ª Cia do 36º BPM/M prenderam na noite desta quarta-feira (15), conseguiram efetuar...

16/11/2017

Dono de bar é preso com arma e munições em Embu das Artes

Um homem foi detido na noite desta quarta-feira (15), acusado de porte e posse ilegal de armas...

14/11/2017

Força Tática está treinando para voltar a atuar em Itapecerica e Embu-Guaçu

Aguardada com grande expectativa pelos moradores de Itapecerica, São Lourenço Juquitiba e...

13/11/2017

Mulher é achada morta em terreno baldio e cheio de entulho no Santo Antônio

Uma mulher sem vida foi encontrada num terreno baldio no meio do lixo, no jardim Santo Antônio,...

24/11/2017

OAB de Taboão adere caminhada pela paz e contra violência neste sábado, 25

A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), seccional de Taboão da Serra, aderiu a caminhada pela paz...

24/11/2017

Black Friday do Embu Summer Fest dá um passaporte na compra de outro nesta sexta

Ação promove a amizade e o companheirismo ao estimular a união de pessoas para a compra de...

23/11/2017

ONG Sementes do Amanhã vira pauta de reportagem da rede Globo

A ONG Sementes do Amanhã será pauta de uma reportagem especial da rede globo. Denominada de...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.