Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Meio Ambiente

Bananeiras e Taiobas transformam esgoto em água limpa

Por Outro autor | 28/09/2011

bacia

DivulgaçãoTransformação é realizada na cidade de Embu das Artes

Os chamados “Jardins Filtrantes” têm sido implementados em vários locais do planeta para tratar o esgoto e despoluir a água. O programa Cidades e Soluções, da Globo News, divulgou na quarta-feira passada (21/9) várias experiências, nacionais e internacionais (http://video.globo.com/Videos/Player/Noticias/0,,GIM1638209-7823-JARDINS+FILTRANTES+FAZEM+DESPOLUICAO+DA+AGUA+NA+FRANCA,00.htm), e mostrou também o sucesso do sistema de evapotranspiração implementado em Embu das Artes (SP) (http://video.globo.com/Videos/Player/Noticias/0,,GIM1638440-7823-TELESPECTADOR+MOSTRA+COMO+TRATAR+O+ESGOTO+COM+A+AJUDA+DE+UMA+BANANEIRA,00.html).

Com ideias criativas é possível tratar os resíduos de residências, de comunidades e de indústrias, utilizando-se técnicas e plantas específicas que são poderosas aliadas para a despoluição das águas.
Conheça a experiência de Embu das Artes!

Em Embu das Artes, casal usa criatividade e aposta em sistema alternativo para tratar o esgoto – a evapotranspiração

Tudo começou com um sonho: morar em Embu das Artes! A casa, cercada pela exuberância da Mata Atlântica, parecia perfeita. Bruno Cavalcante e Silvana Ribeiro descobriram logo que a casa tinha problemas, a fossa estava vazando! “Água preta, bichos, moscas, esse esgoto infiltrando na terra e escoando por cima. Na primeira noite nós já deitamos no travesseiro com a cabeça quente... Precisamos resolver essa questão”, conta Cavalcante.

Para solucionar o problema o casal buscou alternativas que não agredissem o meio ambiente, pois o local não possui rede coletora de esgoto. Chamaram amigos profissionais em permacultura para decidir o melhor caminho e juntos indicaram a Bacia de Evapotranspiração para o tratamento do esgoto doméstico – uma solução simples, de fácil implementação e custo bastante acessível, onde se reutilizam entulhos e outros materiais como pneus.

“A Bacia de Evapotranspiração é uma caixa impermeabilizada que une diferentes sistemas num mesmo espaço: a fossa, o filtro anaeróbico e uma área de evapotranspiração formada com plantas que potencializam a capacidade de evaporar, geralmente a bananeira e a taioba, plantas de folhas largas que possuem raízes rasas”, explica Guilherme Castagna, engenheiro civil e permacultor.

Cavalcante e o grupo de permacultores, empenhados em resolver o problema de forma educativa e formar multiplicadores de ideias sustentáveis, aproveitaram os conhecimentos e organizaram um Curso Teórico e Prático de Manejo Sustentável das Águas. Contaram com o apoio e parceria de diversos grupos: Humana Terra, Livraria Tapioca, Condomínio Meu Recanto, Sítio São Francisco, Grupo Solares, Rodoareia Materiais de Construção e a Sociedade Ecológica Amigos de Embu (SEAE).

O curso foi ministrado por vários profissionais da área, durante dois dias, abordando temas relacionados à situação hídrica da cidade de São Paulo com foco no tratamento das águas servidas, o esgoto. Os participantes puseram a mão na massa e aprenderam como se constrói a Bacia de Evapotranspiração. O curso ainda rendeu um vídeo, “Chega de Fossa”, disponível em http://www.youtube.com/watch?v=HQMgotBb7FQ, onde são apresentadas todas as etapas do processo.

“Os resultados são excelentes, o sistema funciona de forma eficiente por muito tempo, sem entupir”, afirma Léo Tannous, engenheiro ambiental. Ribeiro ficou muito feliz com o resultado, “nós não sentimos nenhum odor. Realmente é uma tecnologia que recomendamos para todas as pessoas que moram em locais onde ainda não tem o saneamento básico, pois todas as águas que antes estavam poluindo o nosso jardim, hoje vão para o ar”, finaliza.

Indaia Emília - Assessoria de Comunicação SEAE

zacarias

Tenho um sitio em Monte Sião MG estou procurando um meio de fazer o tratamento peço ajuda

21/07/2017

Homem é detido transportando dois pássaros em uma mochila na Régis Bittencourt

A PRF efetuou a prisão de um homem com dois picharros após fiscalizaç&ati

19/07/2017

Secretaria de Planejamento e meio ambiente de Itapecerica inicia o Cidade Segura

A Secretaria de Planejamento e Meio Ambiente de Itapecerica da Serra, em trabalho conjunto com a...

18/07/2017

Frio chegou à capital paulista e temperaturas podem chegar a 8°C

O inverno chegou e as temperaturas sofrem variações e continua trazendo frio intenso na capital...

04/07/2017

Sabesp tem inscrições abertas para curso de pesquisa de vazamentos

A Sabesp oferece curso gratuito de pesquisa de vazamentos até o final do ano na Região...

23/06/2017

Mês do Meio Ambiente leva projeto de horta para bairros de Embu das Artes

20/06/2017

Licença ambiental em Embu, Taboão e Itapecerica é com a empresa Novo Olhar

Obter licença ambiental para realizar obras é um dos grandes desafios de quem atua nos...

12/05/2017

Prefeitura de Itapecerica realiza limpeza no Jardim das Oliveiras

A Secretaria Municipal de Obras e Serviços, por meio da Regional do Jardim Jacira, finalizou a...

09/05/2017

Morador do centro de Embu cobra poda de árvore há 5 anos

Há cinco anos, Luiz Carlos Lombardo solicita a poda ou remoção de árvores na Rua Belo Horizonte,...

04/05/2017

Empresa é acusada de descartar lixo hospitalar em afluente do rio Embu-Mirim

Uma empresa que segundo as informações iniciais faz a coleta de lixo hospitalar nas cidades de...

27/04/2017

Alckmin quer garantir preservação em área que abastece Embu e Itapecerica

O governador Geraldo Alckmin encaminhou à Assembleia Legislativa o Projeto de Lei 199/2017, que...

21/07/2017

Prefeitura de Embu traz novo modelo de gestão para alimentação escolar

21/07/2017

Itapecerica tem Semana do Empreendedorismo em Ação entre 31/07 e 03/08

A Prefeitura de Itapecerica da Serra e o Sebrae-SP realizam entre 31 de julho a 3 de agosto a...

21/07/2017

Atenção para o licenciamento: julho é o mês de veículos com placas final 4

Os proprietários de veículos com placas final 4 já podem fazer o licenciamento. A data limite...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.