Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Polícia

PM acusado de decapitar 2 é condenado em Itapecerica

Por Karen Santiago | 15/09/2011

forum_1

Karen SantiagoPM R.Santos foi condenado a 28 anos de prisão no Fórum de Itapecerica

Emoção, alívio e sentimento de justiça marcaram mais um julgamento de um policial militar, apontado pelo Ministério Público como integrante de um grupo de extermínio (Highlanders), que foi julgado e condenado a 28 anos de reclusão em regime inicialmente fechado, na tarde desta quinta-feira (15), no Fórum de Itapecerica da Serra. O policial responderá por duplo homicídio, duplamente qualificado, motivo torpe e sem defesa das vítimas.

O PM Ronaldo dos Reis Santos, conhecido como R.Santos estava sob acusação de ter matado duas pessoas há quase três anos.  Os corpos das vítimas Roberth Sandro Campos Gomes, o Maranhão, e de Roberto Aparecido Ferreira, o Bebê, foram achados em 6 de maio de 2008. A denúncia feita pela Promotoria aponta que as vítimas foram mortas porque “estavam envolvidas em atividades espúrias [tráfico de entorpecentes] e faziam parte de uma facção criminosa”.

A absolvição, em júri popular dos policiais militares João Bernardo da Silva e Jorge Kazuo Takiguti no dia 17 de março deste ano acabou assustando os familiares das vítimas e também o advogado de Roberth, o Maranhão, segundo relato a reportagem do Jornal na Net.

“Apesar de todas as provas eles foram absolvidos, acabei me preocupando. Mas, as provas contra R.Santos estavam contundentes. Havia delação confirmada, apreensão de objetos, entre eles um machado, que ele (acusado) pediu para os outros PMs guardarem. Ele acabou confessando”, afirmou o promotor Marcelo Alexandre Oliveira.

Lucilandra Campos, irmã de Roberth Sandro, o Maranhão, frisou que está aliviada com a condenação de R.Santos. “Está é somente uma parte da vitória, resposta positiva. Os outros dois (PMs João Bernardo e Jorge Kazuo) foram absolvidos foi a parte negativa. Acredito na justiça”, disse. Ainda segundo ela, a procura de seu irmão durou um ano. “Fomos ao IML, Hospitais e nada, até o momento que tivemos a resposta da polícia civil”, finalizou.

Sete jurados decidiram o futuro do policial R.Santos, que já responde ao processo preso. A sentença foi dada pelo juiz Antonio Augusto Galvão Hristov por volta das 16h30, após sete horas de julgamento.

Durante a manhã foram ouvidas as testemunhas da acusação e da defesa. Após, na parte da tarde aconteceram os debates orais do promotor Marcelo Alexandre Oliveira e do advogado de Santos, Eugênio Malavasi.

Conheça o Grupo de Extermínio

A denúncia feita pelo Ministério Público aponta que o grupo de extermínio é formado por dez policiais. Quatro deles já foram julgados e condenados.

Esse é o terceiro julgamento envolvendo o grupo de policiais que ficou conhecido como "highlanders". No primeiro julgamento, em julho de 2010, o PM Rodolfo da SilvaVieira, Moisés Alves dos Santos, Joaquim Aleixo Neto e Anderson dos Santos Salles foram condenados a 18 anos e oito meses de prisão pela morte de um deficiente mental.

Os "highlanders" só foram identificados depois do desaparecimento dessa vítima (um deficiente mental). Ela foi vista por testemunhas sendo colocada em um carro da PM (Força Tática do 37º Batalhão) em outubro de 2008. O corpo deste rapaz foi localizado dois dias depois sem a cabeça e as mãos. As vítimas moravam na capital, mas foram achadas mortas em Itapecerica da Serra.

O nome "highlander" surgiu em alusão ao filme estrelado por Christopher Lambert e Sean Connery na década de 80, no qual os guerreiros cortavam a cabeça de seus inimigos. De acordo a Polícia Civil, que investigou o crime, a cabeça e as mãos das vítimas eram cortadas pelos policiais militares para dificultar a identificação.

luana

cadeia nesses vermes safados põe eles dentro do cdp vai vermes

24/05/2017

PM de Embu Guaçu surpreende ladrões com arma e veículo roubado

Policias do 25º BPM de Embu Guaçu, conseguiram efetuar a prisão de dois indivíduos na noite...

24/05/2017

ROM e ROMU prendem assaltante que agia em pontos de ônibus de Itapecerica

Policiais da ROM e ROMU conseguiram prender no início da manhã desta quarta-feira (24), um homem...

23/05/2017

GCM prende homem acusado de esfaquear outros três após briga num bar em Taboão

Uma briga de bar quase terminou em tragédia na noite desta segunda-feira, 22, em Taboão da...

23/05/2017

Polícia prende dois acusados de cometer assaltos em Embu

Os soldados Mendes e o soldado Arcanjo da Polícia Militar conseguiram efetuar a prisão de dois...

23/05/2017

25º Batalhão de Polícia Militar faz aniversário e presta homenagem a autoridades

Comemorando seu 28º aniversário de criação, o 25º Batalhão de Policia Militar Metropolitano...

23/05/2017

PRF recupera veículo roubado na Régis Bittencourt

Na última segunda-feira (22), a PRF realizou patrulhamento na BR 116, na Régis Bittencourt...

22/05/2017

Homem é preso tentando fugir com carro roubado em Embu

Policiais da M-36103 efetuaram a prisão de um individuo que fugia pela contra mão ao roubar um...

19/05/2017

Bandido tenta assaltar GCM e leva dois tiros em Taboão

Um criminoso se deu mal ao tentar assaltar GCM na tarde desta sexta-feira (19), em Taboão da...

17/05/2017

Embu lidera ranking da violência nos casos de homicídios, lesão e estupros

Os dados divulgados pela Secretaria de Segurança Pública de São Paulo demonstram que a violência...

25/05/2017

Contas de Taboão estão em dia, mas capacidade financeira está no limite

O vereador José Aparecido Alves, o Cido, elogiou a condução da audiência pública e a atuação do...

25/05/2017

ANTT aprovou projeto do retorno na Régis para atender Taboão da  Embu

A Autopista Régis Bittencourt informou por meio de nota enviada à reportagem do Jornal na Net...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.