Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

Suplentes exigem cargos de gabinetes em Taboão

Por Sandra Pereira | 5/09/2011

suplentes

Sandra PereiraSuplentes não vivem dias fáceis na Câmara de Taboão da Serra

Cada dia mais fragilizada após as prisões sob a acusação de participação no esquema que fraudava a arrecadação de tributos na prefeitura de Taboão da Serra, a vida dos ainda vereadores, Arnaldo Clemente  dos Santos (PSB), Carlos Andrade (PV), José Luiz Elói (PMDB) e Natalino José Soares (PP) tende a se complicar mais. Eles devem perder essa semana os cinco cargos dos seus gabinetes a pedido dos suplentes, que já estão nas cadeiras há mais de 60 dias.

Alberto Queiroz, Fausta Leite, Tales Franco e Dr. Ronaldo Onishi protocolaram conjuntamente na Câmara Municipal o pedido para indicar os ocupantes dos quatro cargos dos seus gabinetes, que pela conjuntura atual da cidade pode se tornar definitivo por conta do pedido de cassação dos quatro vereadores titulares das vagas.

 O cargo de maior valor é o de Chefe de Gabinete fixado em R$  7.500,00. O segundo cargo mais alto tem a nomenclatura de Assessor de Gabinete I e está fixado em R$ 6.500,00. Já o terceiro cargo é o de Assistente Parlamentar no valor de R$ 4.500,00. Além disso, cada gabinete tem mais dois cargos de Assessor de Gabinete II no valor de R$ 1.200,00. 

Ironicamente, o salário do Chefe de Gabinete e do Assessor de Gabinete I é maior do que o de vereador cuja remuneração é de R$ 6.192,03. As nomenclaturas e valores dos vencimentos na Câmara Municipal de Taboão da Serra são regidos pela Lei Complementar 250 de 17/02/2011, no artigo 15.


A perda dos cinco cargos dos gabinetes pode ser o golpe de misericórdia para os quatro vereadores afastados por força da decisão judicial, que concedeu habeas corpus seguido de várias proibições entre elas o retorno à função pública, proibição de deixar a comarca e o recolhimento noturno.

Na audiência das testemunhas de acusação no processo da fraude do IPTU os quatro evitaram falar com a imprensa. Todos apareceram mais magros e abatidos depois de quase 60 dias na prisão.

Os suplentes dos quatro vereadores não assumiram as vagas em situação confortável. Contra eles pesa a inexperiência política,  o fato de estar na Câmara no momento mais difícil da história do Legislativo Municipal, a indefinição sobre o período de permanência nos cargos, e, principalmente a queda-de-braço travada com a administração. Além próprio desequilíbrio natural do Legislativo após as quatro prisões de seus membros.

Em cada sessão, na expressão ora angustiada, outras vezes perdida e quase sempre atônita dos suplentes fica visível que ocupar a cadeira de vereador atualmente em Taboão da Serra não está nada fácil.

 Sem cargos

Quem também acaba de perder cargos de livre nomeação na cidade é o vereador Paulo Félix, ex-líder do prefeito Evilásio Farias, atual comandante da oposição e líder na luta pelo impeachment do prefeito na cidade. A reportagem do Jornal na Net não conseguiu contato telefônico com Paulo Félix para conseguir confirmar o número de cargos que ele perdeu na cidade. Os vereadores Olívio Nóbrega e José Aparecido Alves, o Cido, não sofreram perdas de cargos na administração. 

18/10/2017

Taboão teve sessão histórica para as mulheres e com aprovação de leis

O grito silencioso das mulheres vítimas de violência ecoou com força e fez da sessão desta...

17/10/2017

Reforma eleitoral abre espaço para propaganda paga em sites

A reforma eleitoral, aprovada no Congresso Nacional e sancionada recentemente pelo presidente...

15/10/2017

Ney Santos fará reforma no governo de Embu, João Ramos deixará prefeitura

O prefeito de Embu das Artes, Ney Santos (PRB) vai anunciar nos próximos dias uma reforma...

13/10/2017

Câmara Municipal aprova reajuste de abono para servidores

Os vereadores de Taboão da Serra aprovaram na última terça-feira, dia 10, por unanimidade, um...

11/10/2017

Convenção realizada no domingo elegeu novo diretório do PSDB de Itapecerica

O diretório municipal do PSDB de Itapecerica da Serra realizou, no último domingo (8 de...

11/10/2017

STF deve decidir hoje se Congresso pode rever medidas contra parlamentares

O Supremo Tribunal Federal (STF) deve decidir hoje (11) se parlamentares podem ser afastados do...

11/10/2017

Analice intercede por liberação de recursos para Embu das Artes

O prefeito de Embu das Artes, Ney Santos e a deputada estadual Analice Fernandes participaram de...

10/10/2017

Ney Santos lança Cartão Cidadão prometendo economia de recursos públicos

Anunciado como a maior ferramenta de gestão tecnológica de dados de toda a região, o Cartão...

10/10/2017

Parecer do relator de denúncia contra Temer deve ser lido nesta terça

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.