Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

CEI de Taboão já passa dos 100 dias e não dá respostas

Por Sandra Pereira | 1/09/2011

angela_1

Sandra PereiraDepoimento de Ângela Amaral não acrescentou nada à investigação sobre a fraude

A Comissão Especial de Inquérito (CEI) que apura os desvios de recursos na administração municipal de Taboão da Serra vai solicitar a cassação do alvará do empreendimento Jardins da Cidade, localizado perto do Shopping Taboão. O empreendimento é um dos principais alvos da investigação sobre outorga onerosa em andamento na cidade. Essa foi a informação mais relevante da oitiva da ex-secretária de Habitação Ângela Amaral, nesta quarta-feira, 31. 

Ao longo da semana a oitiva da ex-secretária foi anunciada como sendo uma das mais quentes, entretanto, começou e terminou fria e sem respostas. Assim como permanece sem reposta, por exemplo, os nomes dos responsáveis pela criação ou reabilitação das senhas utilizadas para desviar o IPTU em Taboão. 

A CEI está há mais de 100 dias conduzindo a mais intensa investigação da história da cidade, mas, começa a cansar quem acompanha os trabalhos por não apresentar respostas concretas. Quem acompanha as oitivas percebe que há duas correntes políticas literalmente brigando para se manter por cima e controlar a CEI, que já começa a apresentar sinais de desgaste sem ter ao menos um relatório parcial fechado.

Os vereadores Paulo Félix e Olívio Nóbrega trabalham para buscar provas tentando desestabilizar cada vez mais o governo Evilásio Farias. Já os vereadores Noventa e Wagner Eckstein fazem o caminho inverso. Nos primeiros dias da CEI o vereador Cido parecia estar alinhado com o segundo grupo, mas nas últimas semanas mudou de lado e também partiu para a oposição ao governo municipal.

Já o governo municipal não ensaia nenhum tipo de reação e parece estar engessado. Circulou nos bastidores a informação de que essa semana os livre nomeados dos vereadores que partiram para oposição a Evilásio Farias seriam exonerados, mas isso não aconteceu até o momento, e, na prática todos continuam mantendo relações com o governo que querem derrubar. O prefeito havia dito que concederia entrevista coletiva para falar sobre a crise mas o silêncio da administração permanece.

Em meio a tudo isso Ângela Amaral falou tranquilamente sobre a outorga onerosa e afirmou não ter conhecimento da investigação que está sendo conduzida pela polícia sobre o assunto. Ela revelou que 30% dos moradores de Taboão vão passar a vida inteira sem receber a escritura de seus imóveis por terem adquiridos lotes em áreas irregulares, mas a informação parece não ter chamado a atenção dos vereadores. Além disso, alertou que se o alvará for cancelado é preciso cancelar as vendas dos empreendimentos para não prejudicar os compradores.

 “A senhora não está mais na função pública mas a responsabilidade permanece. A senhora tem que se informar acompanhar o andamento porque tem uma investigação em curso. O empreendimento está sendo vendido, mas, o alvará pode ser cassado e pode demorar alguns anos”, afirmou Paulo Félix, em tom de orientação a ex-secretária com quem travou vários embates e chegou até a pedir a demissão quando era líder do governo Evilásio Farias.

Ângela Amaral deu explicações técnicas a todos os questionamentos. Esclareceu poucas dúvidas e disse não lembrar de todos os detalhes dos processos. Quanto às contrapartidas previstas na outorga onerosa, que  foi assinada em documento timbrado da Stam, ela garantiu que o procedimento  é comum já que a empresa apresentou as propostas que foram aceitas pela administração municipal.

Ela ainda falou sobre os TACS feitos como tentativa de regularizar áreas na cidade e citou a área da Cooperativa Novo Horizonte, onde até o momento os proprietários aguardam a regularização e a retirada das escrituras. A área foi comercializada pela Cooperativa Novo Horizonte que era presidida pelo vereador Paulo Félix.

 

Veja aqui o calendário das próximas  oitivas da CEI:

Dia 5 de setembro, às 10h, Marta Fraga, secretária jurídica

Dia 5 de setembro, às 14h, Mário de Freitas, secretário de comunicação

Dia 6 de setembro, às 10h, Marcelo Rioto, secretário de administração

Dia 12 de setembro, às 14h, Aldo Silveira Falco (publicitário)

 


23/10/2017

Vereador André Egydio celebra conquista de benfeitorias no Jd. Record

O vereador André Egydio (PSDB) através do ofício 612/2017 solicitou a Companhia de Saneamento...

22/10/2017

Prefeito Ney Santos anuncia corte de gastos com redução de secretarias

O prefeito Ney Santos na presença de mais de 400 pessoas anunciou o pacotão de corte de gastos...

22/10/2017

Taboão aprova projetos para ajudar mulheres a superar ciclo da violência

Numa sessão histórica para a luta contra a violência doméstica em Taboão da Serra, o grito...

21/10/2017

Comissão de Segurança Pública debate uso de câmeras de vigilância em Taboão

A Comissão de Segurança Pública da Câmara Municipal de Taboão da Serra realizou na última...

18/10/2017

Taboão teve sessão histórica para as mulheres e com aprovação de leis

O grito silencioso das mulheres vítimas de violência ecoou com força e fez da sessão desta...

17/10/2017

Reforma eleitoral abre espaço para propaganda paga em sites

A reforma eleitoral, aprovada no Congresso Nacional e sancionada recentemente pelo presidente...

15/10/2017

Ney Santos fará reforma no governo de Embu, João Ramos deixará prefeitura

O prefeito de Embu das Artes, Ney Santos (PRB) vai anunciar nos próximos dias uma reforma...

13/10/2017

Câmara Municipal aprova reajuste de abono para servidores

Os vereadores de Taboão da Serra aprovaram na última terça-feira, dia 10, por unanimidade, um...

11/10/2017

Convenção realizada no domingo elegeu novo diretório do PSDB de Itapecerica

O diretório municipal do PSDB de Itapecerica da Serra realizou, no último domingo (8 de...

23/10/2017

4ª Caminhada contra o Câncer de Mama levou multidão pelas ruas de Taboão

Uma verdadeira multidão vestida de rosa tomou as ruas centrais de Taboão da Serra em direção ao...

23/10/2017

Vereador André Egydio celebra conquista de benfeitorias no Jd. Record

O vereador André Egydio (PSDB) através do ofício 612/2017 solicitou a Companhia de Saneamento...

22/10/2017

Polícia Militar abre concurso público para contratar 2.200 soldados em SP

A Polícia Militar contratará 2.200 novos soldados de 2ª classe para o reforço do patrulhamento...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.