Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

CEI de Taboão já passa dos 100 dias e não dá respostas

Por Sandra Pereira | 1/09/2011

angela_1

Sandra PereiraDepoimento de Ângela Amaral não acrescentou nada à investigação sobre a fraude

A Comissão Especial de Inquérito (CEI) que apura os desvios de recursos na administração municipal de Taboão da Serra vai solicitar a cassação do alvará do empreendimento Jardins da Cidade, localizado perto do Shopping Taboão. O empreendimento é um dos principais alvos da investigação sobre outorga onerosa em andamento na cidade. Essa foi a informação mais relevante da oitiva da ex-secretária de Habitação Ângela Amaral, nesta quarta-feira, 31. 

Ao longo da semana a oitiva da ex-secretária foi anunciada como sendo uma das mais quentes, entretanto, começou e terminou fria e sem respostas. Assim como permanece sem reposta, por exemplo, os nomes dos responsáveis pela criação ou reabilitação das senhas utilizadas para desviar o IPTU em Taboão. 

A CEI está há mais de 100 dias conduzindo a mais intensa investigação da história da cidade, mas, começa a cansar quem acompanha os trabalhos por não apresentar respostas concretas. Quem acompanha as oitivas percebe que há duas correntes políticas literalmente brigando para se manter por cima e controlar a CEI, que já começa a apresentar sinais de desgaste sem ter ao menos um relatório parcial fechado.

Os vereadores Paulo Félix e Olívio Nóbrega trabalham para buscar provas tentando desestabilizar cada vez mais o governo Evilásio Farias. Já os vereadores Noventa e Wagner Eckstein fazem o caminho inverso. Nos primeiros dias da CEI o vereador Cido parecia estar alinhado com o segundo grupo, mas nas últimas semanas mudou de lado e também partiu para a oposição ao governo municipal.

Já o governo municipal não ensaia nenhum tipo de reação e parece estar engessado. Circulou nos bastidores a informação de que essa semana os livre nomeados dos vereadores que partiram para oposição a Evilásio Farias seriam exonerados, mas isso não aconteceu até o momento, e, na prática todos continuam mantendo relações com o governo que querem derrubar. O prefeito havia dito que concederia entrevista coletiva para falar sobre a crise mas o silêncio da administração permanece.

Em meio a tudo isso Ângela Amaral falou tranquilamente sobre a outorga onerosa e afirmou não ter conhecimento da investigação que está sendo conduzida pela polícia sobre o assunto. Ela revelou que 30% dos moradores de Taboão vão passar a vida inteira sem receber a escritura de seus imóveis por terem adquiridos lotes em áreas irregulares, mas a informação parece não ter chamado a atenção dos vereadores. Além disso, alertou que se o alvará for cancelado é preciso cancelar as vendas dos empreendimentos para não prejudicar os compradores.

 “A senhora não está mais na função pública mas a responsabilidade permanece. A senhora tem que se informar acompanhar o andamento porque tem uma investigação em curso. O empreendimento está sendo vendido, mas, o alvará pode ser cassado e pode demorar alguns anos”, afirmou Paulo Félix, em tom de orientação a ex-secretária com quem travou vários embates e chegou até a pedir a demissão quando era líder do governo Evilásio Farias.

Ângela Amaral deu explicações técnicas a todos os questionamentos. Esclareceu poucas dúvidas e disse não lembrar de todos os detalhes dos processos. Quanto às contrapartidas previstas na outorga onerosa, que  foi assinada em documento timbrado da Stam, ela garantiu que o procedimento  é comum já que a empresa apresentou as propostas que foram aceitas pela administração municipal.

Ela ainda falou sobre os TACS feitos como tentativa de regularizar áreas na cidade e citou a área da Cooperativa Novo Horizonte, onde até o momento os proprietários aguardam a regularização e a retirada das escrituras. A área foi comercializada pela Cooperativa Novo Horizonte que era presidida pelo vereador Paulo Félix.

 

Veja aqui o calendário das próximas  oitivas da CEI:

Dia 5 de setembro, às 10h, Marta Fraga, secretária jurídica

Dia 5 de setembro, às 14h, Mário de Freitas, secretário de comunicação

Dia 6 de setembro, às 10h, Marcelo Rioto, secretário de administração

Dia 12 de setembro, às 14h, Aldo Silveira Falco (publicitário)

 


juliet

Esta CEI esta parecendo debate político, onde só existe ataques e nada se prova. Será que vai acabar em pizza? Ou podemos confiar que os culpados serão punidos, não com a prisão, mas sim com a devolução do dinheiro que receberam da corrupção.

Antonio Pereira

Essa CEI virou palanque eleitoral. Não chegará a lugar nenhum, somente foi criada por simular alguma preocupação dos vereadores na cidade, se tivessem feito alguma fiscalização prévia neste governo corrupto, por menor que fosse, não estaríamos passando por esse apagão moral e político. Vergonha.

Márcio

30% dos moradores de Taboão nunca vão receber a escritura de seus imóveis e ninguém fala nada? Isso é´manchete de jornal e ninguém da bola. O cidadezinha!

20/06/2017

Vereadores de Taboão da Serra aprovam LDO em 1ª votação em sessão movimentada

Os vereadores de Taboão da Serra aprovaram em primeira votação nesta terça-feira, 20, a Lei de...

19/06/2017

Comissão de Finanças da Câmara de Taboão discute LDO 2018

A Comissão de Finanças e Orçamento da Câmara Municipal de Taboão da Serra realizou na...

18/06/2017

Câmara de Taboão realiza ato “Fora Temer e a favor das Diretas Já”

Na última quarta-feira (14), foi realizada na Câmara de Taboão da Serra, uma plenária a favor...

16/06/2017

Câmara de Taboão faz Campanha do Agasalho para doar ao Centro POP

O frio chegou com força nas últimas semanas e deve continuar intenso pelos próximos meses. Para...

13/06/2017

Taboão da Serra terá plenária pelas Diretas Já nesta quarta-feira 14

Na próxima quarta-feira (14), várias organizações sociais irão realizar na Câmara Municipal de...

13/06/2017

Municípios paulistas recebem R$ 443 milhões em repasses de ICMS

O governo do Estado de São Paulo deposita nesta terça-feira, 13/6, R$ 443,11 milhões em repasses...

12/06/2017

Ney rebate críticas de Geraldo e diz que ele perderá eleição de deputado

O prefeito de Embu das Artes, Ney Santos (PRB) rebateu em entrevista ao Jornal na Net as...

11/06/2017

Secretário de Transporte e Dr. André Egydio apresentam propostas de mudanças

O vereador Dr. André Egydio reuniu aproximadamente 25 comerciantes da rua Luiz Carlos Ventura,...

09/06/2017

Joice Silva é destaque em campanha de filiação do PTB Nacional na TV

A presidente da Câmara Municipal de Taboão da Serra, vereadora Joice Silva (PTB), foi destaque...

09/06/2017

Câmara Municipal realiza audiência pública de saúde no dia 14

A Comissão Permanente de Saúde da Câmara Municipal de Taboão da Serra realiza na próxima...

22/06/2017

Dois homens são presos por transportar ilegalmente 140 pássaros silvestres

Na noite da última quarta-feira (21), durante fiscalização de combate da Polícia Rodoviária...

22/06/2017

Greve de professores da rede municipal de ensino já ultrapassa 50 dias

Professores da rede municipal de ensino ainda não entraram em acordo com a prefeitura e...

22/06/2017

Venda de terrenos irregulares acontece em Embu das Artes

No extremo oeste de Embu das Artes, município da Região Metropolitana de São Paulo, o bairro...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.