Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Esporte

Cats vence Paulista e está em quarto lugar

Por Prefeitura Municipal de Taboão da Serra | 30/08/2011

cats1

Marcelo Valladão Gol de pênalti, marcado por Fernando, deu a vitória para o Cats sobre o Paulista

O Clube Atlético Taboão da Serra (CATS), conquistou três pontos importantes nesse sábado, dia 27, ao derrotar a boa equipe do Paulista de Jundiaí por 1 a 0, jogando em casa.

Mesmo com vários desfalques, o tricolor venceu e voltou ao G4, zona de classificação para a próxima fase da Copa Paulista, torneio que dá direito ao campeão, participar da Copa do Brasil 2011.

Com 12 pontos o Taboão está na quarta posição do grupo 4, empatado com as equipes do próprio Paulista de Jundiaí e do Juventus, da Grande São Paulo.

O destaque da partida foi o goleiro Cidão, que “fechou o gol” e garantiu os três pontos, ele foi dispensado do Grêmio Barueri, voltou ao CATS substituindo o suspenso goleiro Everton e prometeu dar “dor de cabeça” para o técnico Pedrinho Rocha.

“Espero que o professor tenha trabalho, uma dor de cabeça boa, ao decidir quem seguirá no gol”, disse Cidão, muito aplaudido pela torcida presente.

Na próxima rodada, O Cats joga fora de casa contra o Corinthians, no Antônio Soares de Oliveira, no domingo (04/09), às 11h00. No mesmo momento, o Paulista receberá o lider São Bernardo FC, que disparou na lideranaça e está com 22 pontos.

A partida
Apesar de demonstrar “apetite” no início da partida, foi o Paulista de Jundiaí que tomou o gol aos 11 minutos, de penalti sofrido por Diogo, numa entrada “estabanada” do goleiro Wagner.

Uma boa jogada de Bina na linha de fundo, em que  o atacante cruzou pra trás, mas antes que a bola chegasse em Diogo o goleiro Wagner derrubou o atacante tricolor com um carrinho: penalti!
O volante Fernando cobrou com categoria e abriu o placar para o Taboão.

A partir daí só deu Paulista, que era muito perigoso nas bolas aéreas, porém, sempre seguro, o goleiro Cidão saia com precisão do gol.

O CATS tentava responder no contragolpe. Aos 42 minutos, Cidão fez um verdadeiro “milagre” e defendeu um chute certo com o pé esquerdo, puro reflexo, para desespero do meia Alan Mineiro da equipe do Galo.

No segundo tempo, o “Galo de Jundiaí” continuou atacando enquanto o Taboão da Serra, respondia na saída rápida. Aos 6 minutos, cobrando falta, o Paulista mandou um balaço na trave do goleiro Cidão. “Bom goleiro precisa ter sorte também, não é?”, disse ele, relembrando o susto, ao fim do jogo.

Aos 21 minutos recebendo um lançamento, Yannick, se livrou da marcação, mas bateu em cima do goleiro Wagner, que se redimiu do penalti ao evitar o segundo gol do Taboão.

A resposta do Paulista veio com mais pressão, mas a zaga do Taboão deu conta do recado.
Quando o jogo já parecia ganho, Cidão apareceu de novo, aos 46, ao espalmar uma cabeçada à queima-roupa de Mike, o centroavante cabeceou para baixo, e Cidão, mais uma vez, defendeu, garantindo mais uma vitória para Taboão da Serra.

Ficha técnica
Taboão da Serra 1 x 0 Paulista
Taboão da Serra
Cidão, Cris, Zanella, Wesley Silva e Xinho; Pintado, Fernando, Yannick e Bina; Leandrinho e Nandinho
Técnico: Pedrinho Rocha

Paulista
Vagner, Samuel Xavier, Diogo, Júnior Alves e Anderson Correia; Wellington, Madson, Fabrizzyo e Alan Mineiro; Mike e Macena.
Técnico: Wagner Lopes
Árbitro: Marco Antônio de Oliveira Sá;
Assistentes: Fabrício Porfírio de Moura e Alexandre Basílio Vasconcellos;
Quarto árbitro: Cesar Rodrigo Deolindo;
Data: 27 de agosto (sábado), às 10h;Local: Estádio Vereador José Ferez, em Taboão da Serra.
Gol: Fernando (TAB) 11’ (pênalti)

Marcelo Valladão

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.