Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Polícia

Fraude: provas contra acusados são apontadas

Por Karen Santiago | 25/08/2011

acusados5_capa

Karen Santiago Acusados: Márcio Carra (à esquerda) e vereador Elói (à direita) entram no fórum para a audiência desta quinta-feira, 25

O segundo dia de audiência dos envolvidos na fraude do IPTU em Taboão da Serra, realizado nesta quinta-feira, 25, começou bem movimentado. Logo pela manhã, o chefe dos investigadores, Ivan Jerônimo da Silva, prestou seu depoimento. De forma incisiva, um dos depoimentos mais esperados revelou com mais detalhes a participação de cada um dos acusados na fraude, isentou o ex-secretário Luiz Antônio do esquema fraudulento e ainda enfatizou que não descarta a possibilidade de envolvimento da empresa Conam no rombo dos cofres públicos municipais.

Confira matérias dos depoimentos de Ivan.
http://www.jornalnanet.com.br/noticias/3243/ivan-isenta-luis-antonio-na-fraude-do-iptu-em-taboao
http://www.jornalnanet.com.br/noticias/3245/ivan-nao-descarta-participacao-da-empresa-conam-na-fraude-de-taboao

O depoimento que durou mais de 4 horas foi interrompido por uma hora e depois a juíza Flávia Cartellari adiou a sua continuidade, uma vez que os advogados de defesa alegaram falta de dois documentos que não estavam, naquele momento, na Comarca.

Além de suspender o depoimento do investigador Ivan, ficou prejudicado também, os esclarecimentos do policial civil, Ronaldo Marcos, secretário de segurança, Salvador Grissafi, Rinaldo de Abreu (Conam) e testemunha preservada. Os depoimentos serão remarcados para uma data ainda não definida. http://www.jornalnanet.com.br/noticias/3246/juiza-suspende-depoimentos-em-taboao

Depoimentos das funcionárias da prefeitura

No período da tarde, duas funcionárias da prefeitura municipal prestaram seus depoimentos à juíza da cidade. As duas depoentes pediram a saída dos acusados da sala de audiência. Juliane Requena, funcionária do setor de cadastro da Secretaria de Habitação demonstrou a ligação do ex-servidor Márcio Carra, preso em flagrante baixando IPTU na prefeitura, com o vereador Carlos Andrade. “Márcio era conhecido por todos os funcionários como homem de confiança do vereador”, afirmou.

Juliane ressaltou em seu depoimento a visita constante de alguns acusados no setor e também no pátio da prefeitura. “Milton Andrade, os vereadores Arnaldinho e Natal, Celso Vasconcelos, o Celsinho e Edgar. Sempre estavam na prefeitura. O Rafinha (foragido) também já foi visto por mim lá conversando com Bruno Bolfarini e Márcio Carra”, nomeou. Ainda segundo ela, Milton Andrade e o vereador Arnaldinho compareciam algumas vezes no setor para reclamarem sobre problemas dos contribuintes que iam à câmara pedir ajuda.

Camila Barbosa Ferreira, ex-funcionária do setor de contabilidade, no período da prisão de Márcio Carra e do rombo percebido na dívida ativa da cidade esclareceu que precisou se ausentar por alguns dias, e quando voltou, percebeu que Carra estava usando sua senha. “Eu não sabia”, declarou.

De forma confusa e vaga, a funcionária disse que algumas pessoas que se diziam do poder legislativo e também contribuintes a procuravam para a realização de baixas no IPTU. “O meu procedimento era sempre o mesmo: Senhor e Senhora, por favor, esse pedido é com o Atende. Isso que informava”.

As funcionárias Juliane e Camila por fim afirmaram que não sabiam ao certo o motivo da prisão de Márcio Carra, mas perceberam, no início de janeiro, uma diferença muito alta na dívida ativa do município. “Como o problema é corriqueiro, mas não com erros tão grandes, entramos em contato com a Conam que não resolveu o problema e deu no que deu (na maior crise política vivida na cidade)”, finalizaram.

Mais cinco depoimentos

Nesta sexta-feira, 26, o último dia de audiências, a juíza Flávia Castellari, ouve mais cinco testemunhas de acusação a partir das 9h. Os depoentes são: Edmilson Alves Ricci e Douglas Rodrigues Caetano (funcionários da Conam), Rogério de Godoy (funcionário do CPD da prefeitura), Rosana Maciel de Oliveira e José Marcelo Gomes Pinto.

A cobertura completa você acompanha a qualquer momento desta sexta-feira no Jornal na Net, o seu jornal da região.

Confira fotos dos acusados

acusados1

Márcio Carra (à esquerda) e vereador Elói (à direita) conversam com seus advogados

acusados2

Vereadores Natal, Carlos Andrade e Claudia entram no fórum

acusados3

Durante intervalos acusados Claudia, Tereza Letícia (à esquerda) e Carlos Andrade conversam na lanchonete

acusados4

Vereadores Natal e Elói conversam durante intervalo


pottiria

sacanagem heim,olha a felicidade dos caras meu deus.

kiko frederico

kkkk é o datena fazendo escola! e olha o tamanho da pança dos advogados

Harry Potter

Como podemos ver pelas imagens a alegria e tranquilidade dos membros da organização que limpou os cofres da cidade estão muito felizes e tranquilos. Os vereadores contiunuam a receber seus ótimos salários e os outros não tiveram bens confiscados e nem as contas bancárias bloqueadas e por isso tamanha alegria?

Ricardo Gomes

quais fpram as provas apresentadas??? se a prorpia juiza suspendeu o depoimento do Ivan porque não houve a juntada das provas no processo??vcs devem estar fazendo estagio com o datena...

Resposta:Ricardo a juíza não suspendeu por falta de provas, você não conseguiu entender por meio da matéria a informação. Dois documentos (não provas) não estavam no Fórum, por este motivo foi suspensa a audiência. Se você ler com atenção a matéria irá perceber quais são as novas provas. Se quiser, entre em contato comigo: jornalista.karen@gmail.com . Leia a matéria do Ivan - não descarta a participação da Conam na fraude.

26/04/2017

Homens são presos em flagrante por furto em estabelecimento comercial em Taboão

Policiais da RP conseguiram prender em flagrante dois homens que estavam furtando objetos de um...

25/04/2017

Polícia Rodoviária Federal divulga Balanço da operação Tiradentes

Durante a Operação Tiradentes da Polícia Rodoviária Federal 2017 que ocorreu entre os dias 20 e...

24/04/2017

Dr. Alcionei Miranda reage a assalto em sua casa e leva tiro na perna

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio de Embu das Artes, advogado...

19/04/2017

Polícia apreende carro com placa adulterada em Embu

Policias do CGP suspeitaram de um individuo que estava em um veiculo Celta de cor vermelha. Ao...

19/04/2017

Mulher é presa efetuando compras com cartão clonado em Taboão

Policiais conseguiram efetuar a prisão de uma mulher que efetuava compras com cartão clonado em...

17/04/2017

Sucateamento da Polícia Civil é constatado nas Seccionais da região

A Diretoria do Sindicato dos Delegados de Polícia do Estado de São Paulo esta promovendo uma...

12/04/2017

Prefeitura lacra asilo clandestino onde idoso morreu em Taboão

Depois da morte de um idoso e a remoção de outros seis de um asilo clandestino localizado na Rua...

12/04/2017

Policiais encontram armas e munições em carro abandonado em Itapecerica

 

Policiais do 25º BPM conseguiram aprender duas armas que estavam dentro de um carro...

11/04/2017

GCM acha idoso morto e outros 6 em cárcere privado num abrigo clandestino

Após ouvirem gritos de socorro e pedidos de ajuda vizinhos de um imóvel localizado na rua...

11/04/2017

PM prende homem que realizava roubos em Taboão com simulacro de pistola

Policiais militares conseguiram prender na tarde desta terça-feira (11), um individuo que...

27/04/2017

Justiça concede liminar para tentar barrar greve geral em ônibus e metrô

Numa tentativa clara de barrar a greve geral contra as reformas da Previdência e Trabalhista,...

27/04/2017

Câmara aprova proposta de reforma trabalhista; texto segue para o Senado

Após quase 14 horas de sessão, a Câmara dos Deputados concluiu, na madrugada desta quinta-feira...

27/04/2017

Taboão começa a elaborar Plano de Mobilidade em audiência pública no Cemur

Atendendo a Política Nacional de Mobilidade Urbana e a Lei 12.587/2012, que estabelece a...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.