Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Polícia

Ivan não descarta participação da empresa Conam na fraude de Taboão

Por Karen Santiago | 25/08/2011

fo

Karen Santiago Ivan é ouvido no Fórum de Taboão neste momento

Mais de quatro horas de depoimento, interrompido por uma hora, uma série de revelações e a expectativa de mais detalhes das investigações sobre a fraude no IPTU de Taboão marcam um dos depoimentos mais aguardados da audiência dos envolvidos no esquema fraudulento, Ivan Jerônimo da Silva, chefe dos investigadores, que acontece nesta quinta-feira, 25, no Fórum da cidade.

Questionado sobre a afirmação do delegado Raul Godoy que aponta a empresa Conam como investigada a partir deste momento, afinal, segundo ele, por ser passível a falhas, as informações (relatórios passados a polícia) não são confiáveis, Ivan estranha a afirmação e disse não acreditar que o delegado tenha dito isso.

“Não acredito que ele tenha dito isso. Posso afirmar que o relatório é confiável confrontado com outras provas (como documentos apreendidos). As informações (relatórios) passadas pela Conam serviram de norte para as investigações”, explicou.

Ainda segundo o investigador, “não é descartada a participação da empresa Conam na fraude”. Ele não confirmou em seu depoimento que a empresa é investigada no momento.

Ivan causou preocupação por parte da juíza e de alguns advogados, no momento do depoimento, em que ele afirma que “o prejuízo é muito alto e que o valor não é exato, pois até o momento há alterações na Dívida Ativa da prefeitura, portanto os valores são divergentes”, ressalta.

Uma nova prova contra Claudia Pereira Santos, mulher do vereador Carlos Andrade, foi levantada durante o depoimento. “O imóvel onde Márcio Carra reside está em nome dela (Cláudia) e foi encontrado baixas neste imóvel no nome dela”, contrapôs.

Questionado sobre uma possível pressão que esteja sofrendo por estar a frente das investigações, Ivan, elaborou todos os relatórios da Operação Cleptocracia onde detalha a participação dos envolvidos, documentos apreendidos, entre outras provas e acusações ele afirmou que vem sim sofrendo pressões.

“Todo tipo de pressão possível. Tentaram minha transferência da Seccional (instituição que trabalho). Se utilizaram de um vereador (Noventa) tentando provarem o contato que eu poderia ter com um dos integrantes do crime organizado (Baia), eu não o conheço. Fizeram pressão via assembléia e um dos acusados tentou me intimidar na audiência de ontem”, detalhou.

Em relação a Márcio Carra, preso em flagrante dando baixas no IPTU dentro da prefeitura, Ivan confirmou que a ocorrência foi apresentada pela Guarda Civil Municipal (GCM) e criticou a ação dizendo que não houve o recolhimento dos documentos que estavam em cima da mesa dele. “Não sei o que aconteceu, mas esses documentos não foram apresentados”, disse.

O investigador contou ainda um fato enquanto o acusado, Márcio Carra, estava preso no CDP de Itapecerica. “Pedimos o regime seguro dele (pelo perigo que ele corria), quando ele foi depor na seccional, ficamos sabendo do fato de uma tentativa de fuga. Sugerimos em sua volta ao CDP que ele fosse separado dos demais, o que não aconteceu e na sequencia ele foi orientado a tomar uma postura diferente da inicial e trocou de defensor”, comentou.

Reafirmando, desde o início, as acusações contra todos os envolvidos, Ivan de forma incisiva disse que Celso Vasconcellos, o Celsinho, é um dos aliciadores da quadrilha e que Luis Carlos Albuquerque Orlandinho, baixou a dívida do IPTU de sua residência.

Segundo o policial o vereador Natal possui vínculo com a empresa NewCorp. “A empresa constrói um empreendimento imobiliário na cidade e usou de sua influência para beneficiar a construtora”, disse.

O investigador, Ivan Jerônimo confirmou no início do depoimento o conteúdo do relatório elaborado pela polícia civil, além de detalhar a participação de cada um dos acusados no crime cometido na cidade.

Errata

A informação divulgada pelo Jornal na Net que informou que um dos acusados, Márcio Carra, tentou fugir no período em que ficou preso do CDP de Itapecerica da Serra foi um equívoco, uma vez que seu advogado, Robson Almeida de Souza, esclareceu que o seu cliente foi retirado da Cadeia Pública para prestar esclarecimentos na Delegacia Seccional de Taboão e a polícia ficou sabendo de uma tentativa de fuga dos outros presos.

"Pelo fato de Márcio sofrer possíveis represálias, a polícia decidiu colocá-lo no regime seguro", esclareceu.

Samara

Diga-me com quem andas e eu te direi quem tu és.

paulo

Sandro tem pessoas que vão sair inocentes desta Historia pois tive caso como advogado que sou de pessoas serem inocentadas então não jugue pois poderia vc tambem ser colocado em uma armação igual nós estamos vendo em Taboão, infelizmente o ser humano é capaz de tudo para o poder

Sandro

Nossa SLDP como o Sr. Orlandino é bonzinho né??? coitadinho..como é solícito...deu baixa em outros impostos mas está devendo o dele..nossa..estou muito comovido..que homem digno e íntegro...vc deve se orgulhar de defender alguém assim..parabéns...

SLDP

Sr. Ivan como pode afirmar que o celsinho era aliciador de pessoas se no processo não há provas contundentes a respeito. E também como pode afirmar que o Luiz Carlos A. Orlandino baixou seu próprói IPTU, uma vez que está anexado ao processo e também em poder de seu advogado as certidões onde constam os débitos de IPTU "não só de sua resindência", mas também de seus outros imóveis.. agora te pergunto? Se vc tivesse oportunidade de baixar qualquer débito em qualquer setor o sr.Não baixaria primeiramente o seu??? Coisa que não aconteceu no caso do Orlandino.. que está devendo seus IMPOSTOS..

26/04/2017

Homens são presos em flagrante por furto em estabelecimento comercial em Taboão

Policiais da RP conseguiram prender em flagrante dois homens que estavam furtando objetos de um...

25/04/2017

Polícia Rodoviária Federal divulga Balanço da operação Tiradentes

Durante a Operação Tiradentes da Polícia Rodoviária Federal 2017 que ocorreu entre os dias 20 e...

24/04/2017

Dr. Alcionei Miranda reage a assalto em sua casa e leva tiro na perna

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio de Embu das Artes, advogado...

19/04/2017

Polícia apreende carro com placa adulterada em Embu

Policias do CGP suspeitaram de um individuo que estava em um veiculo Celta de cor vermelha. Ao...

19/04/2017

Mulher é presa efetuando compras com cartão clonado em Taboão

Policiais conseguiram efetuar a prisão de uma mulher que efetuava compras com cartão clonado em...

17/04/2017

Sucateamento da Polícia Civil é constatado nas Seccionais da região

A Diretoria do Sindicato dos Delegados de Polícia do Estado de São Paulo esta promovendo uma...

12/04/2017

Prefeitura lacra asilo clandestino onde idoso morreu em Taboão

Depois da morte de um idoso e a remoção de outros seis de um asilo clandestino localizado na Rua...

12/04/2017

Policiais encontram armas e munições em carro abandonado em Itapecerica

 

Policiais do 25º BPM conseguiram aprender duas armas que estavam dentro de um carro...

11/04/2017

GCM acha idoso morto e outros 6 em cárcere privado num abrigo clandestino

Após ouvirem gritos de socorro e pedidos de ajuda vizinhos de um imóvel localizado na rua...

11/04/2017

PM prende homem que realizava roubos em Taboão com simulacro de pistola

Policiais militares conseguiram prender na tarde desta terça-feira (11), um individuo que...

27/04/2017

Justiça concede liminar para tentar barrar greve geral em ônibus e metrô

Numa tentativa clara de barrar a greve geral contra as reformas da Previdência e Trabalhista,...

27/04/2017

Câmara aprova proposta de reforma trabalhista; texto segue para o Senado

Após quase 14 horas de sessão, a Câmara dos Deputados concluiu, na madrugada desta quinta-feira...

27/04/2017

Taboão começa a elaborar Plano de Mobilidade em audiência pública no Cemur

Atendendo a Política Nacional de Mobilidade Urbana e a Lei 12.587/2012, que estabelece a...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.