Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Polícia

Ivan não descarta participação da empresa Conam na fraude de Taboão

Por Karen Santiago | 25/08/2011

fo

Karen Santiago Ivan é ouvido no Fórum de Taboão neste momento

Mais de quatro horas de depoimento, interrompido por uma hora, uma série de revelações e a expectativa de mais detalhes das investigações sobre a fraude no IPTU de Taboão marcam um dos depoimentos mais aguardados da audiência dos envolvidos no esquema fraudulento, Ivan Jerônimo da Silva, chefe dos investigadores, que acontece nesta quinta-feira, 25, no Fórum da cidade.

Questionado sobre a afirmação do delegado Raul Godoy que aponta a empresa Conam como investigada a partir deste momento, afinal, segundo ele, por ser passível a falhas, as informações (relatórios passados a polícia) não são confiáveis, Ivan estranha a afirmação e disse não acreditar que o delegado tenha dito isso.

“Não acredito que ele tenha dito isso. Posso afirmar que o relatório é confiável confrontado com outras provas (como documentos apreendidos). As informações (relatórios) passadas pela Conam serviram de norte para as investigações”, explicou.

Ainda segundo o investigador, “não é descartada a participação da empresa Conam na fraude”. Ele não confirmou em seu depoimento que a empresa é investigada no momento.

Ivan causou preocupação por parte da juíza e de alguns advogados, no momento do depoimento, em que ele afirma que “o prejuízo é muito alto e que o valor não é exato, pois até o momento há alterações na Dívida Ativa da prefeitura, portanto os valores são divergentes”, ressalta.

Uma nova prova contra Claudia Pereira Santos, mulher do vereador Carlos Andrade, foi levantada durante o depoimento. “O imóvel onde Márcio Carra reside está em nome dela (Cláudia) e foi encontrado baixas neste imóvel no nome dela”, contrapôs.

Questionado sobre uma possível pressão que esteja sofrendo por estar a frente das investigações, Ivan, elaborou todos os relatórios da Operação Cleptocracia onde detalha a participação dos envolvidos, documentos apreendidos, entre outras provas e acusações ele afirmou que vem sim sofrendo pressões.

“Todo tipo de pressão possível. Tentaram minha transferência da Seccional (instituição que trabalho). Se utilizaram de um vereador (Noventa) tentando provarem o contato que eu poderia ter com um dos integrantes do crime organizado (Baia), eu não o conheço. Fizeram pressão via assembléia e um dos acusados tentou me intimidar na audiência de ontem”, detalhou.

Em relação a Márcio Carra, preso em flagrante dando baixas no IPTU dentro da prefeitura, Ivan confirmou que a ocorrência foi apresentada pela Guarda Civil Municipal (GCM) e criticou a ação dizendo que não houve o recolhimento dos documentos que estavam em cima da mesa dele. “Não sei o que aconteceu, mas esses documentos não foram apresentados”, disse.

O investigador contou ainda um fato enquanto o acusado, Márcio Carra, estava preso no CDP de Itapecerica. “Pedimos o regime seguro dele (pelo perigo que ele corria), quando ele foi depor na seccional, ficamos sabendo do fato de uma tentativa de fuga. Sugerimos em sua volta ao CDP que ele fosse separado dos demais, o que não aconteceu e na sequencia ele foi orientado a tomar uma postura diferente da inicial e trocou de defensor”, comentou.

Reafirmando, desde o início, as acusações contra todos os envolvidos, Ivan de forma incisiva disse que Celso Vasconcellos, o Celsinho, é um dos aliciadores da quadrilha e que Luis Carlos Albuquerque Orlandinho, baixou a dívida do IPTU de sua residência.

Segundo o policial o vereador Natal possui vínculo com a empresa NewCorp. “A empresa constrói um empreendimento imobiliário na cidade e usou de sua influência para beneficiar a construtora”, disse.

O investigador, Ivan Jerônimo confirmou no início do depoimento o conteúdo do relatório elaborado pela polícia civil, além de detalhar a participação de cada um dos acusados no crime cometido na cidade.

Errata

A informação divulgada pelo Jornal na Net que informou que um dos acusados, Márcio Carra, tentou fugir no período em que ficou preso do CDP de Itapecerica da Serra foi um equívoco, uma vez que seu advogado, Robson Almeida de Souza, esclareceu que o seu cliente foi retirado da Cadeia Pública para prestar esclarecimentos na Delegacia Seccional de Taboão e a polícia ficou sabendo de uma tentativa de fuga dos outros presos.

"Pelo fato de Márcio sofrer possíveis represálias, a polícia decidiu colocá-lo no regime seguro", esclareceu.

Samara

Diga-me com quem andas e eu te direi quem tu és.

paulo

Sandro tem pessoas que vão sair inocentes desta Historia pois tive caso como advogado que sou de pessoas serem inocentadas então não jugue pois poderia vc tambem ser colocado em uma armação igual nós estamos vendo em Taboão, infelizmente o ser humano é capaz de tudo para o poder

Sandro

Nossa SLDP como o Sr. Orlandino é bonzinho né??? coitadinho..como é solícito...deu baixa em outros impostos mas está devendo o dele..nossa..estou muito comovido..que homem digno e íntegro...vc deve se orgulhar de defender alguém assim..parabéns...

SLDP

Sr. Ivan como pode afirmar que o celsinho era aliciador de pessoas se no processo não há provas contundentes a respeito. E também como pode afirmar que o Luiz Carlos A. Orlandino baixou seu próprói IPTU, uma vez que está anexado ao processo e também em poder de seu advogado as certidões onde constam os débitos de IPTU "não só de sua resindência", mas também de seus outros imóveis.. agora te pergunto? Se vc tivesse oportunidade de baixar qualquer débito em qualquer setor o sr.Não baixaria primeiramente o seu??? Coisa que não aconteceu no caso do Orlandino.. que está devendo seus IMPOSTOS..

22/09/2017

Polícia prende seis pessoas suspeitas de integrarem quadrilha de roubo de cargas

A Polícia Civil conseguiu efetuar a prisão de seis pessoas na noite desta quarta-feira (20), em...

21/09/2017

Rapaz confunde carro e é morto por agente penitenciário em Itapecerica da Serra

Um agente penitenciário pensou que seria vítima de um assalto, atirou em homem que estava...

21/09/2017

Fiscalização do CROSP em ação conjunta com a Vigilância Sanitária identifica pro

Depois de receber uma denúncia sobre suspeita de exercício ilegal da Odontologia, na cidade de...

20/09/2017

PM prende quadrilha armada acusada de assaltos no Monte Alegre e região

A Polícia Militar prendeu na noite desta terça-feira, 19, quatro homens acusados de praticar...

19/09/2017

Polícia Federal investiga fraudes em 14 concursos públicos

A Polícia Federal descobriu fraudes em 14 concursos públicos nacionais aplicados pela Fundação...

16/09/2017

PM recupera aparelhagem de som roubada de igreja no valor de 8 mil em Embu

Uma ação rápida da PM resultou na prisão de dois homens acusados de furtar toda a aparelhagem de...

10/09/2017

Moradores do Vista Alegre denunciam assaltos cometidos por trio de menores

Cansados dos assaltos constantes, os moradores do jardim Vista Alegre, em Embu das Artes,...

08/09/2017

PM prende três homens por roubo de veículo e tentativa de homicídio em Taboão

Três homens foram presos por policiais da 3ª Cia do 36M, na noite desta quinta-feira, 7 poucas...

06/09/2017

ROMU de Taboão recebe novos escudos entregues pelo prefeito Fernando Fernandes

A equipe do ROMU (Ronda Ostensiva Municipais), da Secretaria de Segurança Pública de Taboão da...

22/09/2017

Alunos de Panificação da Escola de Gastronomia encerram curso com chave de ouro

Cinco deliciosas receitas foram apresentadas à banca avaliadora pelos alunos que finalizaram o...

22/09/2017

Polícia prende seis pessoas suspeitas de integrarem quadrilha de roubo de cargas

A Polícia Civil conseguiu efetuar a prisão de seis pessoas na noite desta quarta-feira (20), em...

22/09/2017

Criação do Plano Municipal de Mobilidade Urbana avança em Taboão

A Secretaria de Transportes e Mobilidade Urbana de Taboão da Serra realizou na quinta-feira, 14...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.