Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Cotidiano

Crise política revolta moradores de Taboão

Por | 22/08/2011

camara1

Rafael RezendeImpeachment do prefeito, Evilásio Farias, pode ser pedido na sessão desta terça-feira, dia 23

As denúncias envolvendo o nome do prefeito, Evilásio Farias e a fraude milionária, que segundo a polícia contou com a participação de quatro vereadores, três secretários municipais, servidores e ex-funcionários da prefeitura e que culminou na prisão de 23 pessoas, continua chocando, amedontrando e revoltando os moradores de Taboão da Serra que se encontra na maior crise política vivida na cidade.

A favor do afastamento do prefeito, se realmente for comprovado a sua participação na fraude e nas demais denúncias, os moradores, pedem que a justiça seja feita e que os verdadeiros culpados paguem pelo crime que cometeram.

Nos últimos meses esse é o assunto mais comentado da cidade e região, uma vez, que a cada momento mais denúncias vêm à tona e novos relatórios de Ivan Jerônimo da Silva, chefe dos investigadores da Seccional de Taboão apontam diversos nomes possivelmente envolvidos na fraude e nas demais investigações.

Sem confiança de que o esquema fraudulento irá terminar com os verdadeiros envolvidos condenados a moradora do bairro Intercap, há 20 anos, pediu sigilo ao desabafar durante entrevista concedida a reportagem do Jornal na Net na tarde desta quarta-feira, 17. “Gostaria, assim como todos os moradores da cidade que a justiça fosse feita. Acredito que essas investigações não vão dar em nada, já que os outros presos já estão soltos”, afirmou.

Segundo ela, muitas coisas precisam ser feitas na cidade, mas todo o dinheiro do IPTU foi roubado por quem os moradores votaram e confiavam. “Hoje não se dá para confiar em mais ninguém do legislativo e nem no prefeito, que foi eleito duas vezes pelo povo. Estranhava que as investigações não chegavam em Evilásio, não sei se ele é culpado, mas se for descoberto seu envolvimento que a justiça seja feita e cumprida, o que não acredito muito”, disse.

Uma educadora que não quis se identificar frisou que é difícil analisar tudo que está acontecendo, porque cada hora chega informações diferentes. “Estamos no achismo e aguardando o desfecho das investigações. Que a realidade prevaleça e a justiça seja cumprida. Afinal nada está claro nestas investigações ”.

Renato, mecânico e pai de aluno observa que as informações não foram abertas para a população e avalia o caso, de algum dos acusados provarem a inocência, como ficará a polícia da cidade.

“Gostaria que as informações ficassem claras, porque estão muito confusas. Não duvido que os acusados podem realmente ter participação na fraude, mas não dá para julgar de uma hora para outra. Espero que tudo isso passe rápido e que a imagem da cidade seja mudada”.

Os leitores do site Jornal na Net também demonstram por meio dos comentários a indignação e repulsa pela fraude e pelas denúncias que envolvem o nome do prefeito. Os moradores se mostram favoráveis com a possível criação de uma comissão pela Câmara Municipal de Taboão da Serra com fins de cassar o mandato do prefeito. (http://www.jornalnanet.com.br/noticias/3183/camara-pode-criar-comissao-de-impeachment-em-taboao)

“Agora depois de analisado o documento e a autenticidade dos fatos, os vereadores terão que votar pela cassação, que na minha opinião, já demorou demais para que isso aconteça. Jamais vi isso em nossa cidade, prisão de vereadores, secretários, funcionários livres nomeados e agora até o prefeito. Que a justiça seja feita e que se cumpra com a honestidade e moralidade. Temos que colocar ordem nessa cidade e quem sabe agora o prefeito que vier dará mais valor no dinheiro público e nos funcionários concursados”, disse a leitora Lúcia.

“Meteram a mão no nosso bolso e estamos loucos da vida com isso! Não é possível que ele não sabia o que acontecia. Ele é prefeito há 7 anos e já foi vereador e deputado, experiência tem. Estou preocupado com meu dinheiro ir parar em mãos erradas, bem como o rumo da cidade que nasci e crio meus filhos”,reivindicou Jair Nogueira.

18/10/2017

Aneel autoriza reajuste nas contas de luz de consumidores do DF, GO e SP

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) autorizou hoje (17) reajustes nas contas de luz...

17/10/2017

Caixa e BB antecipam em dois dias pagamento do PIS/Pasep a correntistas

Com dois dias de antecedência em relação ao calendário oficial, os correntistas da Caixa...

15/10/2017

Mulher atacada por ex com facão era separada há 6 anos e sofria ameaças

Durante seis anos Edeni Aparecida Rocha da Silva, 37 anos, viveu no inferno, mas somente ela e...

15/10/2017

Exame para certificar mais 1,5 milhão de jovens adultos tem nova data

O Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos será aplicado no dia 19...

15/10/2017

Rodoanel tem audiência para instalação de postos de combustíveis

No próximo dia 24 de outubro, a Agência de Transporte do Estado de São Paulo – Artesp...

14/10/2017

Horário de Verão começa neste domingo, adiante seu relógio em uma hora

Horário de Verão começa à 0h deste domingo (15), e os relógios deverão ser adiantados em uma...

11/10/2017

Unicef: a cada 10 minutos morre uma menina vítima de violência

O Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) lembrou, nesta quarta-feira (11), por ocasião...

11/10/2017

Prefeito Fernando Fernandes forma mais 24 Guardas Municipais

O prefeito Fernando Fernandes formou na noite de sexta-feira, 06 de outubro, mais uma turma da...

11/10/2017

1º Fórum do Idoso da Sociedade Civil acontece em Itapecerica da Serra

O Auditório da Prefeitura de Itapecerica da Serra foi o local escolhido para a realização, no...

18/10/2017

Taboão teve sessão histórica para as mulheres e com aprovação de leis

O grito silencioso das mulheres vítimas de violência ecoou com força e fez da sessão desta...

18/10/2017

Aneel autoriza reajuste nas contas de luz de consumidores do DF, GO e SP

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) autorizou hoje (17) reajustes nas contas de luz...

18/10/2017

MPF e MPT recomendam revogação de portaria que muda regras do trabalho escravo

O Ministério Público do Trabalho (MPT) e o Ministério Público Federal (MPF) recomendaram ao...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.