Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Educação

GCM realiza projeto piloto em escolas de Taboão

Por Karen Santiago | 21/08/2011

escola

Karen SantiagoPalestra antidroga é ministrada para crianças

Visando desenvolver atividades sócioeducativa com crianças, um projeto piloto que integra a grade da Secretaria Nacional de Segurança Pública começou a ser desenvolvido na última terça-feira, 16, pela Guarda Civil Municipal nas Escolas Municipais de Taboão da Serra. A reportagem visitou uma das dez escolas que receberão palestras, brincadeiras, vídeos, teatro de fantoche com assuntos que vão desde antidrogas a educação no trânsito.

O projeto tem por objetivo conscientizar e inibir o receio que as crianças nutrem pela Guarda Civil Municipal. Somente na escola Ana Mafalda B. Carvalho cerca de 800 alunos, com idades entre 5 a 11 anos recebem os ensinamentos abordados por nove guardas municipais.

De forma didática e com imagens e exemplos que fazem refletir e por diversas vezes chocam a criançada, os guardas municipais abordam de maneira simplificada e clara os temas apresentados na Escola. O trabalho de conscientização acontece também em mais dez escolas municipais espalhadas pela cidade.

“A ideia é não causar impacto, mas fazer com que elas (crianças) reflitam e levem para casa o aprendizado. Além desses temas e também dicas de respeito com os professores, regras escolares, familiares e convivência, de forma preventiva, queremos agregar outros assuntos, como violência, bullying em outro momento”, comentaram os guardas.

Os Guardas Municipais avaliam como positiva a conscientização das crianças. “Os ensinamentos também nos deixam alegres e nos causam algumas decepções com a situação que algumas crianças vivem (nas ruas, já vem para a escola revoltados, algumas já são até viciadas em drogas). Deixamos as crianças à vontade para expressar as suas opiniões e experiências, além de contato com os guardas”.

Em relação aos alunos, o espanto toma conta das aulas. Já com uma certa experiência sobre o assunto, afinal deparam com os temas em suas próprias casas, em ambiente familiar, as crianças questionam os guardas, que por sua vez, tiram as dúvidas existentes. A interação é grande e intensa, algumas vezes, os “professores” precisam pedir a atenção da criançada, tamanha vontade de participarem.

Frases como: “Nesta foto ela está bebendo cerveja”, “Nossa, não sabia que a droga causava câncer”, “Olha só o que o cigarro contém” são usadas constantemente durante a explicação dos Guardas. De acordo com os GCMs relatos de alunos também são constantes após o início do projeto.

“Há relatos de crianças de 9, 10 anos que já estão envolvidos com drogas (são usuários), outros relatos de brigas em casa e que a criança já chega irritada e violenta na escola, além de brigas nas próprias escolas, onde as crianças se agridem, com chutes e tapas ”, relataram.

E complementaram, “Aprendemos muito mais que eles. Com esse projeto os GCMs são retirados das ruas para fazerem o preventivo com a educação transformadora, a ideia é que a criança melhore o convívio social e que cidadãos sejam formados para o mundo”, disseram os “professores”.

A Diretora da Escola, Solange Alves disse que a iniciativa é importante para sanar as curiosidades das crianças e cuidar dos problemas sem que antes eles aconteçam. “O problema acontece quando não existe a informação. A intenção é estimular que a informação seja passada para realmente as crianças saberem as conseqüências de cada tema abordado e possa repassá-las aos familiares e se manterem afastados dos temas abordados”, analisou.

Solange Alves conclui afirmando que se é na educação que tudo começa, a escola está fazendo a sua parte com o apoio da Guarda. “O objetivo é que juntos atinjamos um mundo melhor para todos”, finalizou.

Entre um intervalo e outro, para a pausa para o lanche, a reportagem constatou que os guardas municipais tornam-se heróis diante da criançada. Sem dispersarem, as crianças pedem autógrafos, conversam, elogiam e tentam ao máximo ficarem próximo aos GCMs.

As crianças no final do projeto realizam uma prova contendo perguntas referentes aos temas abordados e ganham um certificado. Na Escola Ana Mafalda B. Carvalho, visitada pelo Jornal na Net as aulas acontecem em dois períodos, de manhã e a tarde, quinta e sexta-feira.

Compõem o time de guardas no projeto: GCMs Gisele, Juliana, Andréia, Auro, Pereira, Souza, Bispo, Estevão; palestrante CD Fischer; GCM R Santos (equipamentos) e Inspetor Bernardes (responsável pela equipe).


ribamar

a guarda civil e muito maior do que se possa imaginar estes guerreiros muitas das vezes anonimos so reparados quando erra mais uma coisa e certa o rio se voce trancar a sua a sua passagem natural ele vai achar,ou fazeroutro caminho mais ninguem segura suas aguas como inspetor da guarda civil de taboao da serra se tenho agradecer oas componentes que com seus proprios esforços vao fazendo a historia parabens a toda a corporaçao.

Auro Xavier

Errata: GCM Auro e GCM Pereira

gcm Souza, Carlos e Cristiana

Nós da GEPAD GCM de Embu das Artes apoiamos todos os trabalhos que visam a concientização sobre as drogas ter um bom convivio familiar, social e relação interpessoal. Juntos comquistamos. Parabéns

Adriano

Até que fim esta administração saiu do ZERO e deixou os guardas trabalharem com respeito e educação que é o "carro chefe "para uma sociedade melhor.Parabéns GCM por mais um trabalho brilhante só assim para reconquistar a confiança de nossos municipes...PARABÈNS

Ariel Gonzalez

Parabéns a todos os GCMs do nosso município, esse trabalho e uma forma inteligente de mostrar a realidade das drogas e principalmente que a sociedade deve conhecer, respeitar e valorizar o trabalho da nossa GCM. Parabéns a todos os envolvidos.

rogerio leite

errata: equipamentos GCM R.SANTOS

Mauricio

Parabéns a todos pela iniciativa, isso se chama proteção do futuro!. A GCM trilha bom caminho!

28/04/2017

No mês das noivas, Taboão recebe a Semana Senac de Casamento

Um levantamento feito pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) revela que,...

19/04/2017

Estado diz que muro do Ruy Cardoso vai custar R$ 349 mil, mas não fixa prazo

A Secretaria Estadual de Educação informou por meio de nota enviada reportagem do Jornal Na Net,...

17/04/2017

Alunas do Lado a Lado aprendem sobre história da moda

As alunas dos cursos de Corte e Costura, Malharia e Moletom e Lingerie da Escola de Moda, Beleza...

17/04/2017

Muro da E.E. Ruy Cardoso, em Taboão, está caído há quase um ano

Há quase um ano a chuva derrubou parte do muro da escola estadual Antônio Ruy Cardoso,...

13/04/2017

Embu inicia entrega de kits escolares para alunos da rede municipal dia 18

A partir do dia 18 de abril, a Prefeitura de Embu das Artes, por meio da Secretaria de Educação,...

09/04/2017

Uniformes escolares começam a ser entregues em Taboão

A Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia de Taboão da Serra, iniciou na quinta-feira, 30...

05/04/2017

ETEC de Embu faz concurso para contratar professores; remuneração será R$ 17,15

A Escola Técnica Estadual de Embu das Artes (ETEC) abriu Concurso Público no último dia 3 de...

29/03/2017

Merendeiros de Taboão participam de palestra motivacional

A Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia de Taboão da Serra promoveu neste mês de março um...

29/03/2017

Secretaria de Educação promove ação dedicada ao consumo de peixe na alimentação

O Departamento de Merenda Escolar realizou, na Escola Municipal Orquídea, nos dias 22, 23 e 24,...

28/04/2017

Manifestantes fecham Régis param a região por causa da greve geral

A greve geral deflagrada em protesto contra as reformas da previdência e trabalhista...

28/04/2017

Ônibus intermunicipais param em adesão a greve geral contra as reformas de Temer

Os moradores de Taboão da Serra, Embu das Artes e Itapecerica da Serra que utilizam o transporte...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.