Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

Câmara decide não dar posse aos suplentes em Taboão

Por Sandra Pereira | 10/08/2011

suplente

Arquivo do Jornal na NetSuplentes não puderam assumir e dúvida permanece em Taboão da Serra

A Câmara de Taboão da Serra recuou e decidiu não dar posse aos suplentes dos vereadores Arnaldo dos Santos (PSB), Carlos Andrade (PV) e José Luis Elói (PMDB), presos em maio e beneficiados por Habeas Corpus recentemente. A presidência da Câmara informou a decisão aos suplentes momentos antes da sessão desta terça-feira (9).
O presidente José Macário disse que a decisão de não convocar os suplentes foi tomada preventivamente, uma vez que o Tribunal de Justiça ainda não se pronunciou sobre a consulta feita pela Câmara e os vereadores titulares das vagas entraram com uma ação visando assumir seus cargos.

“Os suplentes foram chamados porque acreditamos que o Tribunal de Justiça iria responder a nossa consulta em tempo hábil, mas não foi o que aconteceu. Também ficamos sabendo que os vereadores entraram na Justiça para assumir os cargos”, explicou Macário.

Ele acredita que o fim do impasse virá na próxima quinta-feira (11) quando deverá ser julgado o Embargo de Declaração feito pelos advogados dos vereadores que estão afastados. “È um recurso contra a decisão de um juiz ou do Tribunal que permite uma interpretação duvidosa do comando que o magistrado deu. No caso do vereador Natal questionei ao tribunal se a decisão alcança ou não o mandato”, explicou José Vanderlei.

O advogado declarou que no seu entendimento a decisão não atinge o mandato dos vereadores, mas enquanto não há uma decisão a dúvida permanece. “Cada parlamentar está se movimentando com os seus advogados para garantir o cumprimento do mandato”, observou.

José Vanderlei revelou que também impetrou Embargo de Declaração para tentar aumentar reduzir o tempo de recolhimento noturno determinado na sentença. 

18/10/2017

Taboão teve sessão histórica para as mulheres e com aprovação de leis

O grito silencioso das mulheres vítimas de violência ecoou com força e fez da sessão desta...

17/10/2017

Reforma eleitoral abre espaço para propaganda paga em sites

A reforma eleitoral, aprovada no Congresso Nacional e sancionada recentemente pelo presidente...

15/10/2017

Ney Santos fará reforma no governo de Embu, João Ramos deixará prefeitura

O prefeito de Embu das Artes, Ney Santos (PRB) vai anunciar nos próximos dias uma reforma...

13/10/2017

Câmara Municipal aprova reajuste de abono para servidores

Os vereadores de Taboão da Serra aprovaram na última terça-feira, dia 10, por unanimidade, um...

11/10/2017

Convenção realizada no domingo elegeu novo diretório do PSDB de Itapecerica

O diretório municipal do PSDB de Itapecerica da Serra realizou, no último domingo (8 de...

11/10/2017

STF deve decidir hoje se Congresso pode rever medidas contra parlamentares

O Supremo Tribunal Federal (STF) deve decidir hoje (11) se parlamentares podem ser afastados do...

11/10/2017

Analice intercede por liberação de recursos para Embu das Artes

O prefeito de Embu das Artes, Ney Santos e a deputada estadual Analice Fernandes participaram de...

10/10/2017

Ney Santos lança Cartão Cidadão prometendo economia de recursos públicos

Anunciado como a maior ferramenta de gestão tecnológica de dados de toda a região, o Cartão...

18/10/2017

Taboão teve sessão histórica para as mulheres e com aprovação de leis

O grito silencioso das mulheres vítimas de violência ecoou com força e fez da sessão desta...

18/10/2017

Aneel autoriza reajuste nas contas de luz de consumidores do DF, GO e SP

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) autorizou hoje (17) reajustes nas contas de luz...

18/10/2017

MPF e MPT recomendam revogação de portaria que muda regras do trabalho escravo

O Ministério Público do Trabalho (MPT) e o Ministério Público Federal (MPF) recomendaram ao...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.