Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Transporte e Trânsito

Implantação da Zona Azul é adiada em Taboão

Por | 1/08/2011

zona_azul

Arquivo Jornal na NetImplantação é adiada, data oficial ainda não foi definida

O funcionamento do novo sistema de Zona Azul que começaria a operar na cidade de Taboão da Serra nesta segunda-feira (1) foi adiado. Sem data pré-definida para o sistema operar, funcionárias das empresas dos consórcios Cellopark e Autoparque do Brasil continuam demonstrando, segundo apurou a reportagem do Jornal na Net como funcionará a Zona Azul até a próxima semana e na sequência a data oficial será divulgada.

O cancelamento segundo os consórcios se deu pelo período de adaptação não ter sido avaliado como hábil, uma vez que muitas pessoas não tiveram acesso aos procedimentos para o funcionamento devido às férias escolares. “Precisamos de mais um prazo, possivelmente de duas semanas para adaptação das pessoas que utilizaram do sistema de Zona Azul”, ressaltaram por meio da assessoria de imprensa da prefeitura de Taboão.

A implantação do sistema rotativo por vagas na cidade de Taboão prevê a implantação de 1.951 vagas para veículos e outras 647 para motos. O funcionamento do sistema tem sido alvo de grandes polêmicas nos últimos dias. De um lado setores e categorias estão se organizando para protestar contra a cobrança do estacionamento em várias ruas da região central, Parque Pinheiros e Pirajussara.

Do lado mais frágil, operadoras do sistema são alvo de constantes ameaças de motoristas não satisfeitos com as novas mudanças no trânsito da cidade. No legislativo, onde o retorno do trabalho está previsto para esta terça-feira (2 de agosto) estão determinados a “brigar” contra a implantação da Zona Azul na cidade. Eles avisam que se o prefeito Evilásio Farias (PSB) ignorar a vontade do Legislativo e vetar o projeto que cancela a implantação da Zona Azul vão derrubar o veto na Câmara. Os vereadores antecipam que a Câmara vai sancionar a revogação da Zona Azul aprovada no dia 28 de junho.

A Zona Azul vai funcionar de segunda à sexta-feira, das 08 às 18 horas e aos sábados, das 08 às 17 horas. Serão no máximo 10 horas de utilização por dia do serviço em até 26 dias no mês, tirando somente os domingos.

Para permanecer estacionado meia hora, o motorista paga R$ 1,00, uma hora, R$ 2,00, uma hora e meia, R$ 3,00 e por fim R$ 4,00 por duas horas. Se o horário for ultrapassado, o motorista será notificado a pagar no período de 24 horas um valor de R$ 20 na própria máquina ou na sede da Zona Azul (na rua Cesário Daú), se esse valor não for pago, o motorista receberá uma multa e de quebra três pontos na carteira.

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.