Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

Deputada Analice Fernandes recebe título de campeã de gastos de verba indenizatória

Por Outro autor | 1/08/2011

analice1

DivulgaçãoCom o marido, Analice participa de reunião no gabinete do secretário de Segurança Pública

Com gastos de R$ 92 mil, mais do que seus 93 colegas, no início do seu terceiro mandato na Assembleia Legislativa de São Paulo, a deputada Analice Fernandes (PSDB) recebeu um novo título, o de campeã de gastos de verba indenizatória no primeiro semestre de 2011. Dados levantados pelo portal IG apontam que mais da metade do valor foi destinado à divulgação de seu nome. Em três meses e meio, ela apresentou dois projetos de lei que transformam municípios em estâncias e participou como oradora de duas sessões.

A matéria do portal IG divulgada nesta segunda-feira ressalta que a frequência com que a deputada participou das sessões como oradora é cerca de cinco vezes menor que a do segundo maior gastador, Roberto Morais (PPS). O deputado, que utilizou R$ 88,6 mil, fez uso do microfone 11 vezes no mesmo período. Já o deputado menos gastador, João Antonio (PT), que usou R$ 13,5 mil, esteve à frente no Plenário por 25 vezes, de acordo com os registros da Casa. Os deputados que não prestaram todas as contas de 15 de março a 30 de junho não foram levados em consideração no levantamento dos mais caros e mais baratos da Assembleia.

Por meio de contato com sua assessoria, a deputada alegou ao portal que ter discursado poucas vezes desde o início da legislatura não significa baixa participação nas atividades da Assembleia, uma vez que Analice participou de outras sessões, mas sem se manifestar publicamente.

Como exemplo de atuação legislativa fora do plenário, a assessoria citou a presença de Analice nas comissões de Saúde e Infraestrutura. Segundo registros, a deputada foi a três reuniões na comissão de Saúde e a uma na de Infraestrutura. “A atuação da deputada é um pouco diferente, ela tem um perfil diferenciado”, disse a assessora Claudia Funari. A deputada, que está viajando, não pôde atender à reportagem. A reportagem do Jornal na Net também tentou contato com Analice, mas não obteve retorno até o fechamento da matéria.

Outro motivo alegado para justificar a pouca utilização do microfone do Plenário são as frequentes visitas às bases eleitorais. Sua principal base fica na região de Taboão da Serra, na grande São Paulo, onde seu marido, Fernando Fernandes, foi prefeito por dois mandatos. Sua outra base eleitoral fica em Jales, onde nasceu. Segundo a assessoria, como a cidade de Jales fica a 600 quilômetros da capital e não tem aeroporto, a deputada tem de ir de carro, o que lhe consome muito tempo.

'Sem relevância'
De 15 de março a 30 de junho, nas duas únicas vezes em que falou no plenário, Analice prestou homenagens. Em 1º de abril, elogiou iniciativas da administração do governador Geraldo Alckmin (PSDB) e, em 12 de maio, a deputada, que é formada em enfermagem, destacou o Dia do Enfermeiro. Os discursos repetem a atuação parlamentar que teve nos últimos mandatos, quando se empenhou em lembrar aniversários de municípios, criação de associações e fatos religiosos.

Em oito anos (2003-2010), a deputada apresentou 155 proposições. Destas, 91,6% são “sem relevância”, segundo a ONG Transparência Brasil, que classifica como “sem relevância” homenagens, batismo de ruas, de salas e datas comemorativas. Para Analice, as homenagens são relevantes porque demonstram que há um “acompanhamento” da comunidade.

Apenas 8,4% das matérias apresentadas por Analice podem ser consideradas “relevantes”, segundo a ONG, com temas como saúde, segurança e educação. Exemplo disso é a proposta apresentada por ela 10 dias antes do início de seu terceiro mandato. Em 5 de março, Analice apresentou um projeto de lei que prevê a elaboração e divulgação de um banco de dados sobre a violência contra a mulher.

Outro exemplo de matéria considerada pela ONG como “relevante” é o projeto de lei de 2010 que institui o “Dia da Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais”. Analice freqüenta cultos religiosos semanalmente e participa de obras assistenciais da Igreja Adventista do Sétimo Dia.
Mais da metade dos gastos do gabinete de Analice Fernandes é em divulgação com material gráfico e serviços técnicos, como contratação de empresas de comunicação. Nesse quesito foram utilizados R$ 59,2 mil.

Um dos principais investimentos em divulgação é o site da deputada, onde ganha destaque seu marido, pré-candidato à prefeitura de Taboão da Serra em 2012. Presidente do PSDB em Taboão, Fernando Fernandes trabalha atualmente na Secretaria Estadual de Transportes Metropolitanos. Em seu blog na internet, o marido da deputada – que coordenou as duas últimas campanhas da parlamentar - mostra que tem participado ativamente do mandato da mulher, divulgando fotos e informações sobre reuniões com Analice e secretários do governo tucano.

De acordo com a assessoria de imprensa da deputada, a publicidade é essencial para que seus eleitores se mantenham bem informados. “Na região não tem emissora de televisão e rádio. As pessoas só ficam sabendo o que a deputada está fazendo quando ela diz o que está fazendo.”

http://ultimosegundo.ig.com.br/politica/prioridade+da+campea+de+gastos+na+assembleia+de+sp+e+divulgacao/n1597107165492.html

19/01/2018

Taboão da Serra inaugura sede do Corpo de Bombeiros

Já está em operação o novo Posto do Corpo de Bombeiros da cidade de Taboão da Serra. A sede...

16/01/2018

Inauguração do novo quartel do Corpo de Bombeiros de Taboão será dia 19

Nesta sexta-feira, 19, o governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin, a deputada estadual...

01/01/2018

Estado envia R$ 57,5 milhões para investimentos em 126 municípios paulistas

O governador Geraldo Alckmin autorizou nesta quinta-feira (28) o repasse do 15º lote de...

26/12/2017

PSB quer Hugo Prado candidato a deputado estadual e Márcio França a governador

A expressiva liderança do jovem presidente da Câmara Municipal de Embu das Artes, Hugo Prado,...

23/12/2017

Ney Santos cancela carnê do IPTU 2018; prefeitura vai cobrar igual a 2017

O prefeito Ney Santos anunciou em entrevista coletiva nesta sexta-feira (22) o cancelamento do...

22/12/2017

Alckmin libera recursos para Itapecerica, Embu das Artes e Embu-Guaçu

O governador Geraldo Alckmin autorizou nesta quinta-feira, 21, no Palácio dos Bandeirantes, o...

22/12/2017

Moradores de Embu das Artes farão ato contra o aumento do IPTU dia 27

Após receber os carnês de IPTU 2018 com valores elevados pela atualização da Planta Genérica e a...

19/12/2017

TJ acata ADIN do PT e suspende taxa do lixo 2017 de Embu das Artes

O Tribunal de Justiça de São Paulo acatou Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADIN), sugerida...

17/12/2017

Em clima festivo, Câmara de Taboão aprova novo estatuto da GCM

Em clima festivo e com discursos de elogios à Guarda Civil Municipal (GCM), os vereadores de...

15/12/2017

Vereadores comemoram a aprovação do novo estatuto da GCM de Taboão

A presidente da Câmara de Taboão da Serra, Joice Silva (PTB), revelou a satisfação de poder...

20/01/2018

Cajati e São Lourenço da Serra sediam a 24ª e a 25ª unidade do Polo Regional

A primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade do Estado de São Paulo, Lu...

20/01/2018

Governador Geraldo Alckmin sanciona reajuste do salário mínimo paulista

O governador Geraldo Alckmin sancionou, nesta quinta-feira, 18, a Lei nº 16.665, que reajusta em...

20/01/2018

Dois homens são atropelados por caminhão após tentar escalar rampa de acesso

Dois homens ficaram gravemente feridos depois de tentar escalar a rampa de concreto do viaduto...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.