Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Transporte e Trânsito

Câmara de Taboão vai lutar para derrubar Zona Azul

Por Sandra Pereira | 1/08/2011

a1

Arquivo do Jornal na NetVereadores querem "barrar" Zona Azul de Taboão

Os vereadores de Taboão da Serra estão determinados a “brigar” contra a implantação da Zona Azul na cidade. Eles avisam que se o prefeito Evilásio Farias (PSB) ignorar a vontade do Legislativo e vetar o projeto que cancela a implantação da Zona Azul vão derrubar o veto na Câmara. Os vereadores antecipam que a Câmara vai sancionar a revogação da Zona Azul aprovada no dia 28 de junho. A Zona Azul de Taboão prevê a implantação de 1.951 vagas rotativas para veículos e outras 647 para motos.

Inicialmente, a cobrança da Zona Azul iria começar nesta segunda-feira  (1), mas no final da semana a prefeitura informou que a cobrança seria adiada para o próximo dia 8.
Os vereadores ouvidos pela reportagem do Jornal na Net avaliaram que o contrato feito entre a prefeitura e as empresas do consórcio Cellopark e Autoparque do Brasil não é vantajoso para a cidade.

“Quando o projeto chegou à Câmara o prefeito disse que era para disciplinar e democratizar o acesso às vagas nas áreas de centralidade. Mas, da forma como está prevista a implantação isso não vai ocorrer”, critica o vereador José Aparecido Alves, o Cido. 

Os vereadores lembram que a Zona Azul foi aprovada em fevereiro de 2009 mediante o compromisso do prefeito Evilásio Farias de discutir com a Câmara os critérios para a sua implantação. Mas, segundo os vereadores o compromisso não foi mantido, além disso, eles reclamam do valor e os locais onde o estacionamento rotativo será cobrado.

“Acordamos que a Zona Azul seria implantada somente nas áreas de centralidade. Entretanto isso não aconteceu, um exemplo disso é a rua Brasil para Cristo, no Mituzi, onde existem 15 vagas demarcadas”, afirma Wagner Eckstein.

Para ele, a Zona Azul deixou de ser uma medida disciplinadora para se tornar um mecanismo de arrecadação. “O valor da hora ficou acima da média das cidades vizinhas onde a cobrança existe”, observa.

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.