Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

MP abre Inquérito Civil contra Evilásio e Fernando Fernandes na fraude do IPTU em Taboão

Por Sandra Pereira | 27/07/2011

Fernando_Fernandes1

Divulgação - FacebookFernando Fernandes nega que houve baixas de IPTU em seu governo e garante estar tranquilo com investigação 

A Promotoria de Justiça do Patrimônio Público e Social de Taboão da Serra instaurou Inquérito Civil contra o prefeito Evilásio Farias (PSB),  o ex-prefeito Fernando Fernandes (PSDB), e, outros 24 presos acusados de participação no esquema que fraudou em mais de R$ 10 milhões a arrecadação de tributos no município, entre eles quatro vereadores e três secretários municipais. É a primeira vez desde que o escândalo se tornou público que o atual e o ex-prefeito de Taboão aparecem juntos como réus numa investigação sobre o caso. O inquérito pede a apuração com fins de pedir a abertura de ação de Improbidade Administrativa. A empresa Conam também é ré no mesmo processo. 

No Inquérito Civil o Ministério Público pede a apuração de “eventuais atos de improbidade consistente na exclusão de dados de créditos tributários (IPTU) de diversos contribuintes com obtenção de vantagem indevida e prejuízo ao erário”. O pedido de abertura do Inquérito Civil data do dia 04 de julho e é assinado pela promotora Natália Amaral Azevedo, 2ª Promotora de Justiça de Taboão.

A promotora oficiou a Juíza Flávia Oliverio Castellari para que solicite a apresentação de Márcio Renata Carra, preso em flagrante dando baixa indevida em IPTU, com a maior brevidade possível, no dia 10 de agosto às 13 horas para ser ouvido em declarações presentes no Inquérito Civil.

No Inquérito Civil a promotora argumenta que é função institucional do Ministério Público a defesa do Patrimônio Público e Social, incluídas neste a legalidade e moralidade administrativas. 

Também estão arrolados no Inquérito Civil os vereadores presos Carlos Andrade (PV), Arnaldo Clemente dos Santos (PSB), José Luiz Eloy (PMDB) e Natalino José Soares (PP). Além dos ex-secretários municipais Maruzan Corado, Luis Antônio de Lima, e Antônio Roberto Valadão. O ex-funcionário público Márcio Renato Carra, é réu na mesma ação junto com os ex-servidores públicos Rafael da Silva, Bruno Camargo Bolfarini, Turíbio Antônio de Castilho Júnior, Marcelo Pereira Cavalo, Acileide França da Cruz, Edgard Santos Damiani, Marcos Campinas Pimentel, Tereza Letícia Rocha, Tadeo Antônio, Marcelo Marciliano Soares, Luiz Carlos Alburqueque Orlandino, Joaquim Batista de Oliveira Neto, Claudia Pereira dos Santos, Alekssandra Valentin Silva, Celso Santos Vasconcelos, Milton Andrade e João Gilberto Domingues da Paz, o empresário Clomar Zottis e a empresa Conam. 

O outro lado


O prefeito Evilásio Farias preferiu não comentar o fato. Ele informou por meio da assessoria de imprensa da prefeitura de Taboão que só irá se pronunciar sobre o caso depois que for notificado. 

O ex-prefeito Fernando Fernandes também não foi notificado. Mas, ele disse acreditar que o seu nome surgiu na investigação em razão do depoimento de algum dos acusados, que pode ter dado a entender que também ocorreram baixas de IPTU no governo passado. 

Fernando Fernandes afirmou que não pode ser alvo de nenhuma ação de improbidade administrativa já que está fora do governo há mais de sete anos e esse tipo de ação prescreve após cinco anos. 

“Estou tranquilo. Não tenho nada haver com isso. Se tivesse acontecido no meu governo eu teria tomado providências. Na verdade, esse mar de corrupção aconteceu no atual governo e não tem nenhuma relação comigo. Não fui citado e nem notificado. Pelo que sei a promotoria pede a investigação do IPTU a partir de 2005, então como posso ser investigado?”, questiona.



20/06/2018

Pré-candidatura de Aprígio a deputado estadual é oficializada em Taboão da Serra

Em evento realizado no Sindicato dos Metalúrgicos de Osasco e Região em Taboão da Serra, o...

18/06/2018

TaboãoPrev presta contas durante audiência pública na Câmara Municipal

A autarquia municipal TaboãoPrev, responsável pelo fundo de pensão do funcionalismo público,...

18/06/2018

Câmara Municipal de Taboão aprova alteração da alíquota patronal

Os vereadores de Taboão da Serra aprovaram, durante a sessão do último dia 12, um projeto de lei...

17/06/2018

Jones Donizette deixa secretaria para coordenar campanhas

Homem forte do governo do prefeito de Embu das Artes, Ney Santos, o secretário de Tecnologia e...

16/06/2018

Joice Silva, Érica Franquini e Cido da Yafarma recebem título de Embaixadores

A presidente da Câmara de Taboão da Serra, Joice Silva, a vereadora Érica Franquini e o vereador...

15/06/2018

Ex-ministro Marcos Pereira visita Taboão e reforça aliança entre PRB e PSDB

O presidente nacional do PRB, e ex-ministro da Indústria, Comércio Exterior, Marcos Pereira,...

15/06/2018

Vereador Dr. André da Sorriso faz blitz de incentivo à doação de sangue

Nesta quinta-feira  (14) o vereador Dr. André Egídio  e sua equipe promoveram uma blitz de...

14/06/2018

Chuvisco convida população para lançamento de sua pré-candidatura

O ex-prefeito de Itapecerica da Serra, Amarildo Gonçalves, o Chuvisco, realiza o lançamento...

14/06/2018

Aprígio lança pré-candidatura a estadual com a presença de Álvaro Dias

Aprígio anunciará sua pré-candidatura à Assembleia Legislativa de São Paulo durante o I encontro...

14/06/2018

Deputada Analice apresenta PL que garante 30h para a enfermagem

Como vice-presidente da Assembleia, a deputada estadual Analice Fernandes deu entrada em um...

21/06/2018

Corpo aguarda identificação no IML para não ser sepultado como indigente

O corpo de um homem que foi assassinado na última sexta-feira (15) em Juquitiba está sem...

21/06/2018

Educadores participam de reunião pedagógica do Projeto Escola Arteris

O Projeto Escola e o Programa Viva Meio Ambiente, desenvolvidos pela Arteris Régis...

21/06/2018

Campo da Vila Iase começa a ser preparado para implantação do gramado sintético

A Secretaria de Obras, Infraestrutura e Serviços Urbanos da Prefeitura de Taboão serra iniciou...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.